Enraizamento de estacas de diferentes diâmetros em Platanus acerifolia (Aiton) Willdenow.

Rosane Maria Simon Lampert Dias, Elcí Terezinha Henz Franco, Carlos Alberto Dias

Resumo


O presente trabalho teve como finalidade estudar o efeito do ácido indol-3-butírico (AIB) no enraizamento de estacas caulinares de diferentes diâmetros de Platanus acerifolia (Aiton) Willdenow. Para tal, foram utilizadas estacas finas (diâmetro médio 0,94 cm); médias (diâmetro médio de 1,58 cm) e grossas (diâmetro médio 2,75 cm), submetidas a dois tratamentos: T1 (testemunha) e T2 (6000 ppm de AIB em talco). A aplicação da auxina foi por meio de talco na base das estacas, sendo plantadas em substrato constituído de uma mistura de matéria orgânica vegetal, areia grossa de rio e de solo Unidade Santa Maria - Podzólico Bruno-acinzentado ( 1:2:7, v/v ). As estacas foram mantidas em casa de vegetação com sistema de micropulverização. Após 120 dias foram avaliados os seguintes parâmetros: número de estacas enraizadas, número de raízes formadas, comprimento médio das raízes formadas (em cm) e número de folhas. Pela análise dos resultados obtidos, concluiu-se que o tratamento com AIB (6.000 ppm na forma de pó) influenciou significativamente no processo de enraizamento das estacas, sendo as estacas grossas as que apresentaram as melhores respostas. Por isso, são as mais indicadas para a reprodução por estaquia em Platanus acerifolia (Aiton) Willdenow.


Palavras-chave


<i>Platanus acerifolia</i>; AIB; estacas caulinares e enraizamento.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVARENGA, L.R. de & CARVALHO, V.D. de. Uso de substâncias promotoras de enraizamento de estacas de frutíferas. Inf. Agropec., Belo Horizonte, v. 9, n. 101, p. 47-55, maio/1983.

BANZATTO, D.A. & KRONKA, S.N. Experimentação agrícola. São Paulo: FUNEP, 1989. 247 p.

COUTINHO, E.F. et al. Enraizamento de estacas semi-lenhosas de frutíferas nativas da família Myrtaceae com o uso do ácido-indolbutírico. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 11, Petrolina, PE, 1991. Revista Brasileira de Fruticultura, Cruz das Almas, v. 13, n. 1, p. 168-171, 1991.

FACHINELLO, J. C., HOFFMAN, A., NACHTIGAL, J.C., KERSTEN, E., FORTES, G. R. L. Propagação de plantas frutíferas de clima temperado. Pelotas: UFPEL, 1994, 179 p.

HARTMANN, H.T. & KESTER, D.E. Propagación de plantas. México: C.E.C., 1978. 810 p.

HARTMANN, H.T.; KESTER, D.E.; DAVIES JR., F.T. Plant propagation: principles and practices. 5ed. Nova Jersey. Ed. Prentice Hall, 1990. 647 p.

IRITANI, C. ; SOARES, R.V. & GOMES, A. V. Aspéctos morfológicos da ação de reguladores de crescimento em estacas de Araucaria angustifolia ( Bert )O. Ktze. Acta Biológica Paranaense, Curitiba, v. 15, p. 1-20, 1986.

IRITANI, C. ; SOARES, R.V. & GOMES, A. V Aspectos morfológicos da aplicação de reguladores de crescimento nas estacas de Ilex paraguariensis St. Hilaire. Acta Biológica Paranaense, Curitiba, v. 15, p. 21-45, 1986.

JANICK, J. Orientação do crescimento da planta. In: A ciência de horticultura. 2ed. Rio de Janeiro: Freitas Bastos, 1968. Cap. 7, p. 202-237.

LEONEL, S. et al. Efeito da aplicação de fitorreguladores e ácido bórico em estacas de jabuticabeira ( Myrciaria cauliflora. Berg. ). Revista Brasileira de Fruticultura, Cruz das Almas, v. 13, n. 3, p. 219-222, out. 1991.

LEONEL, S. et al. Enraizamento de estacas de acerola ( Malpighia glabra, Linn. ) Revista Brasileira de Fruticultura, Cruz das Almas, v. 13, n. 3, p. 213-217, out. 1991.

LEONEL, S.; RODRIGUES, J.D. Efeito da época de estaquia, fitorreguladores e ácido bórico no enraizamento de estacas de porta-enxertos de videira. Sci. Agric., Piracicaba, v. 50, n. 1, p. 33-39, fev./maio, 1993.

LIMA, A.C.S. et al. Estudos sobre o enraizamento de estacas de acerola ( Malpighia glabra L. ). Revista Brasileira de Fruticultura, Cruz das Almas, v. 14, n. 1, p. 7-13, 1992.

MIDDLETON, W. et al. The role of leaves in auxin and boron-dependent rooting of stem cuttings of Phaseolus aureus Roxb. New Phytologist, v. 84, p. 251-259, 1980.

MISRA, A.K., JAUHARI, O S. Root induction in layers and stem cuttings for Morus alba L. and Zizyphus mauritiana Lam., with special reference to plant growth regulators. Indian J. Hort., Bangalore, n. 27, p. 141-146, 1970.

ONO, E.O. et al. Enraizamento de estacas de Platanus acerifolia, tratadas com auxinas. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 29, n. 9, p. 1373-1380, set. 1994.

ONO, E.O, RODRIGUES, J.D. & PINHO, S.Z. Estudo da influência da época de coleta dos ramos, no enraizamento de estacas caulinares de café ( Coffea arabica L. cv “Mundo Novo” ). Sci. Agric. Piracicaba, v. 49, n. 1, p. 29-35, 1992.

ONO, E.O, RODRIGUES, J.D. & RODRIGUES, S.D. Interações entre auxinas e boro no enraizamento de estaca de camélia. Revista Brasileira de Fisiologia Vegetal, v. 4, n. 2, p. 107-112, 1992.

RIBEIRO, A.A. & JOSÉ, A.R.S. Efeitos do fitohormônio IBA no enraizamento de estacas de romãzeira. Revista Brasileira de Fruticultura, Cruz das Almas, v. 13, n. 1, p. 157-159, out. 1991.

REITZ, R. Platanaceas. In: Flora Ilustrada Catarinenese. Itajaí, dez. 1984.

ROSA, L. dos S. Influência de diferentes concentrações de ácido-indol-3-butírico e do tamanho da estaca na formação de raízes adventícias em Carapa guianensis Aubl. In: 1ºCONGRESSO FLORESTAL PANAMERICANO E 7º CONGRESSO FLORESTAL BRASILEIRO. Anais... SBS - SBEF: set. 1993, p. 432-434.

SILVA, I.C. Propagação vegetativa, aspectos morfo-fisiológicos. Itabuna: CEPLAC, 1985. BoletimTécnico, v. 4, p. 1-26.

SIMÃO, S. Manual de fruticultura. São Paulo: Editora Agronômica “Ceres”, 1971.

SOUZA, F.X. de, et al. Enraizamento de estacas de caule juvenil “Anão-precoce” ( Anacardium occidentale L. ). Revista Brasileira de Fruticultura, Cruz das Almas, v. 14, n. 3, p. 59-65, 1992.

VÁLIO,I.F.M. Auxinas. In: FERRI, M.G. Fisiologia Vegetal 2. São Paulo: E.P.U., 1979.p. 39-79.

WEAVER, R.J. Reguladores del crescimiento de las plantas en la agricultura. 2.ed. Barcelona: Trillas, 1982. 540 p.

WAREIG, P. F. Plant Growth substances. New York, 1982. 683 p.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19805098390

Licença Creative Commons