DINÂMICA DA CONCENTRAÇÃO DAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE CELULOSE QUÍMICA (1990 – 2010)

Thiago Ramos Costa, Rosalina Zefanias Mahanzule, Giovanna Paiva Aguiar, João Carlos Garzel Leodoro da Silva

Resumo


O presente estudo objetivou verificar a dinâmica da concentração e da desigualdade das exportações brasileiras de celulose química. Foram utilizados dados secundários de valor e volume das exportações brasileiras, no período compreendido entre 1990 e 2010, do qual foram calculados os índices: razão de concentração (CR4 e CR8), Herfindahl-Hirschman (HHI) e Gini. Para o índice de desigualdade de Gini e os índices de concentração CR4 e CR8, os anos 2001, 2002 e 2003, respectivamente, marcaram o fim da queda dos níveis de desigualdade e de concentração. O índice HHI teve comportamento similar, porém, em 2006 registrou-se o valor mais baixo. A partir deste período, os índices apresentaram tendência de crescimento, mas não atingiram os patamares do início do período.  De forma geral, os resultados demonstraram a redução das concentrações das exportações, assim como o acréscimo do número de parceiros comerciais. Houve aumento, tanto do valor exportado, como do volume e do preço unitário, no período. Os índices calculados são variáveis associadas à capacidade de competição das indústrias e com base nos resultados indicam que o setor de celulose nacional se tornou mais competitivo ao longo do período. 

Palavras-chave


índice de concentração; Herfindahl-Hirschman; Gini.

Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CELULOSE E PAPEL. [web site]. [2011]. Disponível em: . Acesso em: 15 mar. 2013.

CÂMARA, L. A. A concentração da propriedade agrária no Brasil. Boletim Geográfico, Rio de Janeiro, n. 77, p. 516-528, 1949.

CARVALHO, G. R. et al. Exportações mundiais de leite e derivados e analise da concentração entre 2002 e 2007. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA E SOCIOLOGIA RURAL, 47., 2009, Porto Alegre. Anais... Porto Alegre: [s. n.], 2009.

CAVES, R. E. American industry, structure, conduct and performance. Englewood Cliffs: Prentice Hall, 1982. 306 p.

COELHO JUNIOR, L. M. et al. Analysis of the Brazilian cellulose industry concentration (1998–2007). Cerne, Lavras, v. 16, n. 2, p. 209-216, 2010.

FEIJÓ, C. A.; CARVALHO, P. G. M.; RODRIGUES, M. S. Concentração industrial e produtividade do trabalho na indústria de transformação nos anos 90: evidências empíricas. Economia, Brasília, v.4, n. 1, p. 19-52, jan./jun. 2003.

HOFFMANN, R. Estatística para economistas. São Paulo: Biblioteca Pioneira de Ciências Sociais, 2006. 432 p.

KON, A. Economia industrial. São Paulo: Nobel, 1994. 212 p.

MARTINS, F. G.; ROCHA, C. H.; BARROS, A. P. Concentração na Indústria de transporte rodoviário interestadual e internacional de passageiros. In: CONGRESSO DA ANPET, 18., 2004, Florianópolis. Anais... Florianópolis: [s. n.], 2004. v. 2. p. 1373-1384.

MEDEIROS, N. H.; OSTROSKI, D. A. Competitividade e concentração de mercado: uma análise da avicultura nas mesorregiões Oeste e Sudoeste paranaense. In: CONGRESSO DA SOBER, 44., 2006, Fortaleza. Anais... Fortaleza: SOBER, 2006. p. 1-17.

MELVILLE, N.; GURBAXANI, V.; KRAEMER, K. The productivity impact of information technology across competitive regimes: The role of industry concentration and dynamism. Decision Support Systems, Irvine, v. 43, p. 229-242, 2007.

MENDES, J. T. G. Economia agrícola. Curitiba: ZNT, 1998. 458 p.

MONTEBELLO, A. E. S. Análise da Evolução da Indústria Brasileira de Celulose no Período de 1980 a 2005. 2006. 115 f. Dissertação (Mestrado em Economia Aplicada) - Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2006.

NOCE, R. et al. Concentração das exportações no mercado internacional de madeira serrada. Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 29, n. 3, p. 431-437, 2005.

NOCE, R. et al. Medida da desigualdade do mercado internacional de compensado. Cerne, Lavras, v. 13, n. 1, p. 107-110, 2007.

RESENDE, M. Medida de concentração industrial: uma resenha. Análise Econômica, Porto Alegre, v. 11, p. 24-33, 1994.

SANTOS, M. A. S.; SANTANA, A. C. Concentração e poder de mercado das empresas de artefatos de madeira do Estado do Pará. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, 23., 2003, Ouro Preto. Anais... Ouro Preto: [s. n.], 2003.

SILVA, Z. A. G. P. G. Análise econômica da concentração no uso de madeira tropical pelo setor de marcenarias de Rio Branco, Estado do Acre, 1996. Scientia Forestalis, Piracicaba, n. 64, p. 48-58, 2003.

SOARES, T. S. et al. Concentração no consumo de madeira e estrutura de mercado do setor moveleiro do município de Ubá/MG. Revista Científica Eletrônica de Engenharia Florestal, Garça, v. 4, n. 7, 2006.

UNITED NATIONS COMMODITY TRADE STATISTICS DATABASE. UNComtrade. [2011]. Disponível em: . Acesso em: mar. 2013.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1980509835316

Licença Creative Commons