Efeito da estratificação em substrato esterilizado na qualidade sanitária de sementes de Ilex paraguariensis

Gabriela Fernanda Souza, Luciana Magda de Oliveira, Lenita Agostinetto, Louise Zago Puchale, Alexandra Cristina Schatz Sá

Resumo


A estratificação das sementes de Ilex paraguariensis A. St.-Hill. (erva-mate) em areia úmida por períodos de quatro a seis meses é uma prática comum em viveiros, utilizada para a superação de dormência das mesmas. Entretanto, este processo pode apresentar difícil controle fitossanitário, devido ao elevado grau de umidade e a grande concentração de sementes no mesmo local. Assim, objetivou-se verificar a influência da estratificação em areia autoclavada na qualidade sanitária de sementes de erva-mate. Sementes de quatro lotes foram submetidas à estratificação em areia úmida autoclavada, durante três e seis meses, tendo sua sanidade avaliada em meio BDA ao final destes períodos, assim como em sementes que não passaram por estratificação. Ao final do período de estratificação, as sementes apresentaram aspecto superficial escurecido, o que pode estar ligado à ação dos fungos na degradação do endocarpo das mesmas. Foram identificados: Fusarium graminearum, F. oxysporum, F. guttiforme, Paecilomyces sp., Aspergillus sp., Penicillium sp. Já Aureobasidium melanogenum, Trichoderma sp., Curvularia  sp., Rhizopus sp., Alternaria sp., Cladosporium sp. e Bipolaris sp. tiveram menores ocorrências. Observou-se a redução de Fusarium graminearum, F. oxysporum, F. guttiforme, Aspergillus sp. e Penicillium sp. após a estratificação em areia autoclavada e o gênero Paecilomyces somente foi observado aos 180 dias de estratificação, podendo estar relacionado com a degradação do endocarpo de sementes de Ilex paraguariensis.


Palavras-chave


Erva-mate; Superação de dormência; Patologia de sementes

Texto completo:

PDF

Referências


BARNETT, H. L.; HUNTER, B. B. Illustred genera of imperfect fungi. 3. ed. Minnesota: Burgess Publishing Company, 1972.

BASSO, T. P.; GALLO, C. R.; BASSO, L. C. Atividade celulolítica de fungos isolados de bagaço de cana-de-açúcar e madeira em decomposição. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.45, n.11, p.1282-1289, 2010.

BARBOSA, L. G.; ANGELOTTI, F.; PINHEIRO, G. S.; DANTAS, B. F.; SANTOS, R. M.; SANTANA, C. V. S. Micoflora de sementes de aroeira (Myracrodruon urundeuva Fr. All) submetidas a diferentes temperaturas. In: IV Workshop de Sementes e Mudas da Caatinga, 2014. Anais... Petrolina: Embrapa Semiárido, p. 23-27, 2014.

BEWLEY, J. D.; BRADFORD, K. J.; HILHORST, H. W. M.; NONOGAKI, H. Seeds: Physiology of development, germination and dormancy. 3. ed. New York: Springer, 2013.

BRASIL. Regras para análise de sementes. Brasília: Mapa/ACS, 2009. 399 p.

CLIMATE. Dados Climáticos para cidades mundiais. Disponível em:Acesso em: 09 de set. 2016.

CROCE, D. M. da; FLOSS, P. A. Cultura da erva-mate no Estado de Santa Catarina. Florianópolis: Epagri, 1999. 81 p.

CUQUEL, F. L.; CARVALHO, M. L. M.; CHAMMA, H. M. C. P. Avaliação de métodos de estratificação para a quebra de dormência de sementes de erva-mate. Sciencia Agrícola, Piracicaba, v. 51, n. 3, p.415-421, 1994.

CYSNE, A. Q.; SOUZA, M. G.; LIMA, W. A. A. Fungos associados a sementes híbridas interespecíficas de dendê em função da assepsia e do beneficiamento. Amazonian Journal, v. 58, n. 4, p. 372-378, 2015.

DANIEL, O. Erva-mate: Sistema de produção e processamento industrial. Dourados: Editora UFGD, 2009. 288 p.

FERREIRA, D. F. Análises estatísticas por meio do Sisvar para Windows versão 4.0. In: REUNIÃO ANUAL DA REGIÃO BRASILEIRA DA SOCIEDADE INTERNACIONAL DE BIOMETRIA, 45, 2000. Anais... São Carlos, SP: SIB, p. 255-258, 2000.

FOWLER, J. A. P.; BIANCHETTI, A. Dormência em sementes florestais. Embrapa Florestas, Documentos 40, p. 1–27, 2000.

GRIGOLETTI JUNIOR, A.; AUER, C. G. Doenças da erva-mate: identificação e controle. Colombo: Embrapa – CNPF, 1996.

GRIGOLETTI JUNIOR, A.; ZANON, A.; AUER, C. G.; FOWLER, J. A. P. Efeito de fungicidas aplicados nas sementes, na emergência de plântulas de erva-mate (Ilex paraguariensis St. Hil.). Boletim de Pesquisa Florestal. Colombo, n. 39, p.31-39, jul./dez. 1999.

LOPES, A. M.; VITORINO, L. C.; CASTRO, C. F. S.; NASCIMENTO, J. P. L.; SOUCHIE, E. L. Primeiro relato da ocorrência de Paecilomyces formosus e Paecilomyces parvisporus no Brasil. Revista Brasileira de Biociências, Porto Alegre, v. 14, n.4, p. 215-224, 2016.

MARCOS FILHO, J. Fisiologia de sementes de plantas cultivadas. Piracicaba: FEALQ, 2005

MUNSELL soil color charts: with genuine Munsell color chips. Rev. ed. Grand Rapids: Munsell Color, v.1, 2009.

PINHEIRO, G. S.; ANGELOTTI, F.; BARBOSA, L. G.; FERNANDES, H. A.; DANTAS, B. F. Micoflora Fúngica de sementes de umburana-de-cheiro (Amburana cearenses (Arr. Cam.) A.c Smith). In: IV Workshop de Sementes e Mudas da Caatinga, 2014. Anais... Petrolina: Embrapa Semiárido, p. 137-140, 2014.

POLETTO, I.; MUNIZ, M. F. B.; CECONI, D. E.; POLETTO, T. Aspectos epidemiológicos da podridão-de-raízes da erva-mate (Ilex paraguariensis). Ciência Florestal, Santa Maria, v. 25, n. 2, p. 281-291, abr.-jun., 2015.

ZANON, A. Produção de sementes de erva-mate. Curitiba: Embrapa – CNPF, Circular Técnica, 16, 1988. 8 p.

ZAUZA, E. Â. V.; ALFENAS, A. C.; MAFIA, R. C. Esterilização, preparo de meios de cultura e fatores associados ao cultivo de fitopatógenos. In: ALFENAS, A.C.; MAFIA, R. C. Métodos em fitopatologia. Viçosa: Ed. UFV, 2007. p. 23-52.

WEITZEL, M. M. V. S. Fungos de armazenamento. In: SOAVE, J.; WETZEL, M. M. S. Patologia de Sementes. Campinas: Fundação Cargill, 1987. p. 260-275.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1980509833194