EVOLUÇÃO E CONCENTRAÇÃO DA PRODUÇÃO DE LENHA E CARVÃO VEGETAL DA SILVICULTURA NO BRASIL

Flávio José Simioni, José Mauro Magalhães Ávila Paz Moreira, Arlei Luiz Fachinello, Claudio Cesar de Almeida Buschinelli, Marilia Ieda da Silveira Folegatti Matsuura

Resumo


O uso de lenha e carvão vegetal produzido a partir de plantios florestais tem apresentado tendências de crescimento na matriz energética brasileira. Essas fontes de energia renováveis têm sido foco de estudos e políticas públicas, visando à reestruturação das cadeias produtivas para o suprimento da demanda. O objetivo desse trabalho foi analisar a dinâmica mercadológica da lenha e carvão vegetal da silvicultura no Brasil, considerando a evolução da produção e dos preços, a concentração da produção e sua localização geográfica nos municípios e estados brasileiros. Utilizou-se como base de dados, a produção e o valor da produção municipal, obtidos junto ao Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e da Pesquisa da Extração Vegetal e Silvicultura (PEVS), considerando o período entre os anos 2001 e 2011. A taxa de crescimento da produção, a curva de Lorenz, o índice de Gini e a distribuição espacial em mapas da produção de lenha e carvão vegetal no Brasil foram as ferramentas de análise utilizadas. Os principais resultados evidenciam uma concentração da produção de lenha nos três estados do Sul do Brasil e do carvão vegetal em Minas Gerais. O aumento dos preços indica que a demanda não está sendo suficientemente suprida, sobretudo nos estados em que a produção ainda é insipiente.


Palavras-chave


florestas energéticas; carvão; lenha; polo de produção florestal.

Texto completo:

PDF

Referências


AFONSO JUNIOR, P. C.; OLIVEIRA FILHO, D.; COSTA, D. R. Viabilidade econômica de produção de lenha de eucalipto para secagem de produtos agrícolas. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v. 26, n. 1, p. 28-35, jan./abr. 2006.

ASSOCIAÇÃO MINEIRA DE SILVICULTURA. Florestas energéticas no Brasil: demandas e potencialidades. Belo Horizonte: AMS, 2009. Disponível em: . Acesso em: 19 dez. 2013.

BRITO, J. O. Carvão vegetal no Brasil: questões econômicas e ambientais. Estudos Avançados, São Paulo, v. 4, n. 9, p. 221-227, 1990.

CASTRO, R. R. et al. Rentabilidade econômica e risco na produção de carvão vegetal. Cerne, Lavras, v. 13, n. 4, p. 353-359, 2007.

COELHO JUNIOR, L. M. et al. Análise longitudinal dos preços do carvão vegetal, no estado de Minas Gerais. Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 30, n. 3, p. 429-438, 2006.

CORREIA, J. D. et al. [Cartografia]. Revista cartografia e cadastro, Lisboa, n. 5, p. 69-73, dez. 1996.

EMPRESA DE PESQUISA ENERGÉTICA (Brasil). Balanço energético nacional 2015: relatório síntese-ano base 2014. Rio de Janeiro: EPE, 2015. Disponível em: . Acesso em: 13 set. 2015.

EMPRESA DE PESQUISA ENERGÉTICA (Brasil). Balanço energético nacional 2014: ano base 2013. Rio de Janeiro: EPE, 2014. Disponível em: . Acesso em: 13 set. 2015.

FEDERAÇÃO DA AGRICULTURA E PECUÁRIA DO ESTADO DE MATO GROSSO. Diagnóstico de florestas plantadas do Estado de Mato Grosso. Cuiabá: Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea), 2013.

FONTES, A. A. A cadeia produtiva da madeira para energia. 2005. 148 f. Tese (Doutorado em Ciência Florestal) – Programa de Pós-Graduação em Ciência Florestal, Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2005.

HOFFMANN, R. Estatística para economistas. São Paulo: Thomson Pioneira, 2006.

INDÚSTRIA BRASILEIRA DE ÁRVORES. Relatório IBÁ 2015. Brasília: IBÁ, 2015. Disponível em: . Acesso em: 13 set. 2015.

IBGE. Latitude e longitude dos municípios brasileiros. [2013]. Disponível em: Acesso em: 1 set. 2013.

IBGE. Pesquisa da Extração Vegetal e da Silvicultura (PEVS). Disponível em: Acesso em: 30 jan. 2013.

IPEA. IPEADATA - Índice Geral de Preços: disponibilidade interna (IGP-DI). Disponível em: . Acesso em: 16 set. 2013.

PEREIRA, T. et al. Análise de viabilidade econômica de uma plantação de eucalipto no Pará –Amazônia- Brasil. Observatorio de la Economía Latinoamericana, Málaga, n. 159, 2011. Disponível em: . Acesso em: 7 ago. 2015.

REZENDE, J. B.; SANTOS, A. C. A cadeia produtiva do carvão vegetal em Minas Gerais: pontos críticos e potencialidades. Viçosa: EPAMIG, 2010. 80 p. (Boletim Técnico, 95).

REZENDE, J. L. P. et al. Análise econômica de fomento florestal com eucalipto no estado de Minas Gerais. Cerne, Lavras, v. 12, n. 3, p. 221-231, 2006.

SANTOS, S. F. O. M.; HATAKEYAMA, K. Processo sustentável de produção de carvão vegetal quanto aos aspectos: ambiental, econômico, social e cultural. Produção, São Paulo, v. 22, n. 2, p. 309-321, 2012.

SIMIONI, F. J.; HOEFLICH, V. A. Cadeia produtiva de biomassa de origem florestal no planalto sul de Santa Catarina. Floresta, Curitiba, v. 39, n. 3, p. 501-510, 2009.

SIMIONI, F. J.; HOEFLICH, V. A. Cadeia produtiva de energia de biomassa na região do planalto sul de Santa Catarina: uma abordagem prospectiva. Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 34, n. 6, p. 1091-1099, 2010.

SOARES, N. S. et al. Competitividade da cadeia produtiva da madeira de eucalipto no Brasil. Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 34, n. 5, p. 917-928, 2010.

UHLIG, A. Lenha e carvão vegetal no Brasil: balanço oferta-demanda e métodos para a estimação do consumo. 2008. 156 f. Tese (Doutorado em Energia) - Programa Interunidades de Pós-Graduação em Energia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1980509827758

Licença Creative Commons