Lignificação em calo de Eucalyptus grandis W. Hill ex Maiden

Hulda Rocha e Silva, Heber dos Santos Abreu, Desiane Amaral de Deus

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/1980509810538

Este estudo objetivou verificar o processo de lignificação em calos de Eucalyptus grandis W. Hill ex Maiden, desenvolvidos em meio Murashige e Skoog (1962) (MS), com diferentes concentrações dos reguladores de crescimento: ácido 2,4 Diclorofenoxiacético (2,4-D) (4,53; 11,32; 22,65; 45,30; 90,60 μM) e cinetina (KIN-6-furfurilaminopurina) (0; 2,32; 4,65; 11,62; 23,25 μM). O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado com 5 (cinco) repetições, sendo cada unidade experimental constituída por 5 (cinco) frascos, contendo cada um três segmentos clonais, perfazendo-se 25 tratamentos. Os resultados foram estatisticamente avaliados e indicaram que concentrações mais altas de lignina foram associadas a uma concentração maior de 2,4 Diclorofenoxiacético (2,4-D) em relação à cinetina (KIN-6- furfurilaminopurina) e que o 2,4 Diclorofenoxiacético (2,4-D), quando usado na ausência de cinetina (KIN- 6-furfurilaminopurina), em concentrações mais baixas, pode estimular de forma mais intensa a lignificação, do que quando usado na ausência de cinetina em concentrações mais altas. Os resultados indicaram, ainda, que calos muito oxidados e menos friáveis, estão relacionados a tratamentos onde a concentração de lignina é de mediana a alta.


Palavras-chave


calo; cinetina (KIN-6-furfurilaminopurina); ácido 2,4–diclorofenoxiacético (2,4-D); lignificação

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, A.; CELEDÓN, P. A. F.; LABATE, C. A. O Proteoma da Madeira. Revista Biotecnologia Ciência e Desenvolvimento, v.9, n. 36, jan./jun. 2006.

ANDRADE, M. W. et al. Micropropagação da aroeira (Myracrodruon urendeuva Fr. All). Ciênc. Agrotec., Lavras, v. 24, n. 1, p. 174-180, jan./mar. 2000.

BRUCE, R. J.; WEST, C. A. Elicitation of lignin biosynthesis and isoperoxidase activity by pectic fragments in suspension cultures of Castor bean. Plant Physiology, v. 91, p. 889-897, 1989.

CALDAS, L. S.; HARADASAN, P.; FERREIRA, M. E. Meios nutritivos. In: TORRES, A. C.; CALDAS, L. S. ed. Técnicas e aplicações de cultura de tecidos de plantas. Brasília: ABCTB/EMBRAPA-CNPH, 1990. 433 p.

CORDEIRO, I. M. C. C. et al. Efeito de bap sobre a proliferação de brotos in vitro de schizolobium amazonicum huber ex ducke (paricá). Revista Cerne, Lavras, v. 10, n. 01, p.118-124, 2004.

COSTA, A. S. Sustentabilidade da produção de Alecrimpimenta (Lippia sidoides Cham.): micropropagação visando à conservação in vitro. 2006. 70 f. Dissertação (Mestrado em Agroecossistemas)- Universidade Federal de Sergipe, Sergipe.

GASPAR, T. et al. Plant hormones and plant growth regulator in plant tissue culture In Vitro Cellular Development Biology – Plant, v. 32, p. 272-289, 1996.

GEORGE, E. F.; SHERRINGTON, P. D. Plant Propagation by Tissue Culture. Eversley: Exegetics, 1984. 709 p.

GUERRA, M P.; TORRES, A. C.; TEIXEIRA, J. B. Embriogênese Somática e Sementes Sintéticas. In: TORRES, A. C.; CALDAS, L. S.; BUSO, J. A. (eds.). Culturas de Tecidos e Transformação Genética de Plantas. Brasília, Embrapa-CBAB. 1999, v.2. p. 533-568.

GUIMARÃES, C. S.; LACORTE, C.; BRASILEIRO, A. C. M. Transformação genética em espécies florestais. Revista Ciência Florestal, Santa Maria, v. 13, n. 1, p. 167-178, 2001.

HIGUCHI, T. Lignin structure and morphological distribution in plant cell walls. In: KIRK, T. K; HIGUCHI, T.; CHANG, H. (Ed). Lignin biodegradetion: microbiology, chemistry and potential applications. Boca Raton, 1980. v. I, p. 02.

KÄRKÖNEN, A. Plant tissue cultures as models for tree physiology:somatic embryogenesis of Tilia cordata and lignin biosynthesis in Picea abies suspension cultures as case studies. 2001. 89 f. Dissertação (Mestrado em Fisiologia Vegetal)- University of Helsinki, Helsinki, 2001.

KLAHOLD, C.A. et al. Resposta da soja (Glycine max (L.) Merrill) à ação de bioestimulante. Acta Ciência Agronômica., Maringá, v. 28, n. 2, p. 179-185, Apr./June, 2006.

MONTEIRO, M. B. O. Modulação do processo de lignificação por aplicação de ácido jasmônico e ácido 2,4 diclofenociacético em Eucalyptus urophylla S.T. Blake. 2005. 77 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia vegetal)- Departamento de Produtos Florestais, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2005.

MONTEIRO, M. B. O.; PEREIRA, R. P. W.; ABREU, H. S. Bioquímica da lignificação. Floresta e Ambiente, Seropédica, v. 11, n. 2, p. 48 - 57 ago./dez. 2004.

MURASHIGE, T.; SKOOG, F. A. A revised medium for rapid growth and bioassays with tabaco tissue cultures. Physiologia Plantarum, Copenhagen, v. 15, n. 3, p. 473-497, 1962.

PEREIRA, R.P.W. Atenuação do processo de lignificação em Eucalyptus grandis (Hill ex Maiden) por GA3 e BAP. 2005. 63 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia Vegetal)- Departamento de Produtos Florestais, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, 2005.

SAEG - Sistema para Análises Estatísticas. Versão 9.1: Fundação Arthur Bernardes - UFV - Viçosa, 2007.

SANTOS, E. K. Totipotência celular e cultura de tecidos vegetais. In: FREITAS, L. B.; BERED,F. Genética e evolução vegetal. Porto Alegre: Ed UFRGS, 2003. p. 415-444.

SATO, A.Y. et al. Controle de contaminação e oxidação na micropropagação do pau d¢alho (Gallesia gorazema moq.). Agropecuária Técnica, v. 25, n. 2, p. 65-70, 2004.

SILVA, L.C. et al. Meio nutritivo, reguladores de crescimento e frio no estabelecimento in vitro de mirtilo (Vaccinium ashei Reade) cv. Delite. R. Bras. Agrociência, Pelotas, v. 12, n. 4, p. 405-408, out/dez, 2006.

SIMOLA, L. K.; LEMMETYINEN, J.; SANTANEN, A. Lignin release and photomixotrophism in suspension cultures of Picea abies. Physiol. Plant, Copenhagen, v. 84, p. 374-379, 1992.

SOUSA, K.C.A. Atenuação do processo de lignificação por 2,4- D em células de Eucalyptus urophylla S.T. Blake em suspensão. 2007. 62 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia Vegetal)-Departamento de Produtos Florestais, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, 2007.

TREWAVAS, A. How do plant growth substances work? Pl. Cell and Env., v. 4, p. 203-228, 1981.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1980509810538

Licença Creative Commons