Practice as a Curricular Component in a Mathematics Undergraduate Course: a case study at differential and integral calculus

Paulo Roberto Barbosa, Livia Carolina Vieira, Graziela Marchi Tiago

Abstract


This work aims to discuss the insertion of the Practice as a Curricular Component (PCC) in a Mathematics Undergraduate course of one Federal Institute of Education, Science and Technology, addressing some works developed and planned more specifically for the discipline of Differential and Integral Calculus. Nowadays, the legislation for initial teacher training at undergraduate courses is established by Resolution no. 2/2015 of the CNE / CP of July 1, 2015, which in article 13, among others, establishes that these courses must have at least 3,200 hours of effective academic work, these being at least 400 hours of PCC. In this way, studies focused on the training practices that are being offered are essential for understanding and improving these PCC applied to undergraduate courses developed at the Federal Institutes. Among the perspectives reached are the possibility of applying these activities in basic education and the training of reflective teachers, concerned with properly aligning practice and theory.

Keywords


Mathematics; Practice as a curricular compont; Differential and integral calculus

References


BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Resolução CNE/CP nº. 1/2002, de 18 de fevereiro de 2002a. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena. Disponível em . Acesso em: 01 set. 2016.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Resolução CNE/CP nº. 2/2002, de 19 de fevereiro de 2002b. Institui a duração e a carga horária dos cursos de licenciatura, de graduação plena, de formação de professores da Educação Básica em nível superior. Disponível em . Acesso em 01 set. 2016.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Parecer CNE/CES nº. 15/2005, de 13 de maio de 2005. Solicitação de esclarecimento sobre as Resoluções CNE/CP nº. 1/2002, que institui Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena, e nº. 2/2002, que institui a duração e a carga horária dos cursos de licenciatura, de graduação plena, de Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior. Disponível em . Acesso em: 25 jun. 2017.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Resolução CNE/CP nº. 2/2015, de 1º. de julho de 2015. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura) e para a formação continuada. Disponível em . Acesso em 08 de nov. 2015.

BRASIL. Lei no. 11.892, de 29 de dezembro de 2008. Institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia e dá outras providências. Disponível em . Acesso em 08 nov. 2015.

FIORENTINI, D.; LORENZATO, S. Investigação em Educação Matemática - percursos teóricos e metodológicos. 2 ed. Campinas: Autores Associados, 2012.

LUDKE, M.; ANDRÉ, M. E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986.

PEREIRA, V. M. C. Cálculo no ensino médio: uma proposta para o problema de variabilidade. 2009, 182 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Matemática) - Instituto de Matemática, Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ, Rio de Janeiro.

REZENDE, W. M. O ensino de cálculo: dificuldades de natureza epistemológica. 2003, 450 f. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo - USP, São Paulo.

SCHÖN, D. A. Educando o Profissional Reflexivo: um novo design para o ensino e a aprendizagem. Trad. Roberto Cataldo Costa. Porto Alegre: Artmed, 2000, 256p.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2179460X31977

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Copyright (c) 2019 Ciência e Natura

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.