GIS APLLIED OF A RECOVERY OF DEGRADED AREA FROM NA URBAN RIVERINE SYSTEM OF SEMIARID (MOSSORÓ/RN)

Anderson Adailson da Silva, Milton Araújo de Lucena Filho, Renato de Medeiros Rocha

Abstract


The use of geotechnologies in projects and activities becomes increasingly necessary in view of the requirements of the environmental field for more satisfactory results and clearer, and less costly in terms of finance and time. Geotechnologies through GIS is a tool that presents the possibility of analysis and management of degraded areas. The results were based upon the information set forth in the project “Live Edge” and the use of Arcgis 10.2.2 software for data entry and analysis and generation of information. Identified 56 areas for recovery, and the classes of land cover and land use: farming, building, exposed soil, vegetation and wetland. Presented the possibility of entering alphanumeric information for each area by the attribute table. This work aimed to present the applicability of using a geographic information system (GIS) in the management of reclamation in the study stretch of the River Apodi-Mossley in the town of Mossley / RN environment.

Keywords


GIS; Degraded Area; Management

References


BARBOSA, C. C. F.; CORDEIRO, J. P.; CÂMARA, G.; FREITAS, U. M. Integração de objetos e campos geográficos em uma álgebra de mapas. Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – INPE 2015. Disponível em: http://www.dpi.inpe.br/geopro/trabalhos/gisbrasil99/algebra_mapas/

BORGES, J.G. Sistemas de apoio à decisão em planejamento em recursos naturais e ambiente. Revista Florestal, Lisboa, v.9, n.3, p.37-44, 1996.

CARDOSO, D. B. O. S.; QUEIROZ, L. P. Caatinga no contexto de uma metacomunidade: evidências da biogeografia, padrões filogenéticos e abundância de espécies leguminosas. In: CARVALHO, C. J. B; ALMEIDA, E. B. (Org.). Biogeografia da América do Sul: padrões e processos. São Paulo: Roca, 2010.

DUARTE, P. A. Fundamentos de Cartografia. 3. ed. Florianópolis: ED. UFSC, 2008.

FARIAS, J. F.; BORGES, F.R.; SILVA, E.V.; RODRIGUEZ, J.M. M. Compartimentação geoecológica e propostas de planejamento ambiental em escala municipal no semiárido brasileiro. Geografia e Ordenamento do Território, n.2, p. 97-115, 2012.

FITZ, P. R. Geoprocessamento sem complicação. São Paulo: Oficina de Textos, 2008.

GREGÓRIO, M. N.; ALVES, F. P.; SILVA, D. L. Uso do geoprocessamento no monitoramento de controle de erosão em área de instabilidade de encostas: barragem Barra de Guabiraba-PE. In: V Simpósio Brasileiro de Ciências Geodésicas e Tecnologias da Geoinformação. Recife - PE, 12 - 14 de Nov de 2014.

MALVEZZI, R. Semi-Árido: uma visão holística. Brasília: Confea, 2007.

MARTINS, S. V. Recuperação de área degradada. Viçosa/MG: Aprenda Fácil, 2009.

NASCIMENTO, C.E.S. Comportamento invasor da algarobeira Prosopis juliflora (Sw) DC. nas planícies aluviais da caatinga. Tese doutoral. Recife: Universidade Federal de Pernambuco/Programa de Pós-Graduação em Biologia Vegetal, 2008.

NUNES, E. Geografia física do Rio Grande do Norte. Natal: Imagem Gráfica, 2006.

PEREIRA JUNIOR, E. R. et al. Geoprocessamento aplicado a fiscalização de áreas de proteção legal: o caso do município de Linhares – ES. In: XAVIER-DA-SILVA, J.; ZAIDAN, R. T. (Orgs.). Geoprocessamento e análise ambiental. 5 ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2011.

PIRES, J. S. R.; SANTOS, J. E.; PIRES, A. M. Z. C. R. Gestão biorregional: uma abordagem conceitual para o manejo de paisagens. In SANTOS, J. E.; CAVALHEIRO. PIRES, J. S. R.; OLIVEIRA, C. H.; PIRES, A. M. C. R. (Org.). Faces da polissemia da paisagem: ecologia, planejamento e percepção. São Carlos: RIMA, 2004. Volume I.

PRIMACK, R.B. & E. RODRIGUES. Biologia da Conservação. Londrina, E. Rodrigues, 2001.

RICKLEFS, R.E. A Economia da natureza. 6 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2010.

RODRIGUEZ, J. M. M.; SILVA, E. V.; CAVALCANTI, A. P. B. Geoecologia de paisagens: uma visão geossistêmica da análise ambiental. Fortaleza: Ed. UFC, 2007.

ROQUE, A.A.; DE MEDEIROS ROCHA, R.; LOIOLA, M.I.B. Uso e diversidade de plantas medicinais da Caatinga na comunidade rural de Laginhas, município de Caicó, Rio Grande do Norte (nordeste do Brasil). Rev. Bras. Pl. Med., Botucatu, v.12, n.1, p.31-42, 2010.

SIMÃO JÚNIOR, R. Uso do SIG como ferramenta de auxílio na recuperação de áreas degradadas. Dissertação (Mestrado). Escola de Engenharia de São Carlos. Universidade de São Paulo, São Paulo-SP, 2001.

TORCHETTO, N. L. et al. O uso do Quantum Gis (QGIS) para caracterização e delimitação de área degrada por atividade de mineração de basalto no município de Tentente Portela (RS). REGET - V. 18 n. 2 Mai-Ago. 2014, p.710-717.

TRICART, J. Ecodinâmica. Rio de Janeiro: IBGE/SUPREN, 1997.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2179460X24832

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Ciência e Natura

EISSN  2179-460X

ISSN 0100-8307

DOI 10.5902

 

contador de visitas
Access since January, 18th, 2013.


Licença Creative Commons

This work is licensed under a

 Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International (CC BY-NC-ND 4.0).