Caracterização Ambiental por Meio do Mapeamento Temático Utilizando Sistemas de Informação Geográfica no Alto Camaquã – RS

Roberta Aparecida Fantinel, Ewerthon Cezar Schiavo Bernardi, Varlen dos Santos Nassinhack, Ana Caroline Paim Benedetti

Abstract


O estudo objetivou caracterizar o território do Alto Camaquã, a partir do mapeamento temático utilizando Sistemas de Informação Geográfica. A metodologia consistiu na importação e processamento de imagens SRTM e imagens do satélite Landsat 8, no aplicativo SPRING 5.1.8. Os resultados permitiram evidenciar que a classe temática “floresta” é a mais significativa da área de estudo com 8.491,43 km2, sendo explicada pelo aumento de empresas de silvicultura, a classe “campo” possui a segunda maior área com 8.259,02 km2, seguido do “solo exposto” (5.586,05 km2), “água” (609,70 km2) e área urbana com (31,25 km2). As áreas de altitudes ficaram entre (100 – 150m), (150 – 200m), (200 – 250m), (250 – 300m) e a altitude (300 – 350m) ocupam a maior parte da extensão territorial (86,30%) caracterizado por campo e solo exposto.

Keywords


Clinografia, Hipsometria, Sensoriamento Remoto, Uso e Cobertura da Terra.



DOI: https://doi.org/10.5902/2179460X21677

Copyright (c) 2016



Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.