Produção e distribuição das revistas de jogos de RPG: práticas em mutação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5902/2175497783911

Palavras-chave:

Revistas de RPG. Dragão Brasil. Financiamento coletivo

Resumo

Este artigo tem por objetivo investigar as diferentes estratégias editoriais dos mais longevos periódicos brasileiros voltados para jogos de RPG: Dragão Brasil (desde 1994) e DragonSlayer (2005-2013). A popularidade dos jogos de tabuleiro evidencia um contexto de mudanças editoriais e econômicas que caracteriza a convergência dos mercados da informação e do entretenimento na contemporaneidade. A partir de um estudo de caso (BRAGA, 2008), buscamos demonstrar como a produção editorial, que começou nas páginas das revistas, evoluiu para diferentes produtos independentes, em um contexto transmidiático (JENKINS, 2015) que se sustenta por financiamento coletivo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paula de Souza Paes, Unibersidade Federal da Paraíba (UFPB)

Professora do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Pesquisadora no Programa PDCTR-PB, com bolsa CNPq/Fapesq-PB. Termo de Outorga nº 3294/2021, Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (FAPESQ). Doutora em Comunicação pela Université Grenoble Alpes (França).

 

Diogo de Almeida Camelo, Unibersidade Federal da Paraíba (UFPB)

Mestrando em Jornalismo no Programa de Pós-graduação em Jornalismo da UFPB.

Referências

ALCARAZ, F. T. Impacto de las TIC en las industrias culturales. Eptic, n. 15, p. 104-114, 2013.

ANDERSON, C. A cauda longa: do mercado de massa para o mercado de nicho. 3 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2006.

BRAGA, J. L. Comunicação, disciplina indiciária. MATRIZes, n. 2, p. 73-88, 2008. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/matrizes/article/view/38193/40936. Acesso em 14 dez. 2022.

BOUQUILLON, P. The industrial paradigms of culture and communication and their contribution in the transformations in the symbolic goods industries. Les Enjeux de l'information et de la communication, n. 17/3A, 2017, p. 27-38.

CASSARO, M. Revistas de RPG. [Entrevista concedida a] Rodrigo Campos e Arusha Kelly. Rádio Retropunk #71. Curitiba: Retropunk Publicações, 25 abr. 2023. Podcast. Disponível em: https://open.spotify.com/episode/1MnlYGSJ7T03L6gNbFh1yS. Acesso em: 26 abr. 2023.

CASSARO, M. História do RPG no Brasil: Marcelo Cassaro [Dragão Brasil, 3d&T, Tormenta etc]. [Entrevista concedida a] Rafael Carneiro Vasques. YouTube, 19 jan. 2021. 1 vídeo (02:06:59). Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=_mTPsCn2p0g. Acesso em: 8 abr. 2022.

CAPUTO. G. Venda de e-books cresce consolidando hábitos na pandemia. Veja. 17 maio. 2021. Disponível em: https://veja.abril.com.br/cultura/venda-de-e-books-cresce-consolidando-habito-da-pandemia/. Acesso em: 4 nov. 2022.

FEITOSA, S. A. ; BELOCHIO, V. C. Noções introdutórias: teorias, comunicação e indústria criativa. In: GUIMARÃES E SILVA, M.; GUINDANI, F. (Orgs.). Quatro relações entre comunicação e indústria criativa. 1 ed. Jaguarão: CLAEC, 2018, v. 1, p. 59-80.

FELINTO, E. Crowdfunding: entre as multidões e as corporações. Comunicação, mídia e consumo, v. 9 n. 26, p. 137-150, 2012.

FINE, G. A. Shared fantasy: role-playing games as social worlds. Chicago: The University of Chicago Press, 1983.

FRAGA, A. M. Livros e revistas para jogar RPG (1980-2000): da importação às primeiras edições nacionais. Dissertação (mestrado em filosofia). Orientador: Rogério Monteiro de Siqueira. Universidade de São Paulo. São Paulo, 2022. 204 p.

GORDON, R. Convergence defined. Online Journalism Review, 23 nov. 2003. Disponível em: http://www.ojr.org/ojr/business/1068686368.php Acesso em: 2 jan. 2018.

HENRIQUE, A. Mercado de jogos no Brasil deve atingir US$ 2,3 bilhões em 2021. Olhar Digital. 5 maio. 2021. Disponível em: https://olhardigital.com.br/2021/05/05/games-e-consoles/mercado-de-jogos-no-brasil-2021-pesquisa/. Acesso em: 18 mar. 2023.

JACINTO, G. A. D. Vídeos do impresso: formatos e rotinas produtivas no Diário de Pernambuco e Jornal do Commercio. Dissertação (mestrado em jornalismo). Orientadora: Paula de Souza Paes. João Pessoa. Centro de Comunicação, Turismo e Artes. Universidade Federal da Paraíba. 2019. 226 p.

JENKINS, H. Cultura da convergência. Tradução de Susana Alexandria. 2 ed. São Paulo: Editora Aleph, 2015.

KIRKPATRICK, G. The formation of gaming culture: UK gaming magazines, 1981-1995. Nova York: Palgrave Macmillan. 2015.

MacCALLUM-STEWART, E.; STENROS, J.; BJÖRK, S. The impact of role-playing games on culture. In: ZAGAL, J. P.; DETERDING, S. (Eds.) Role-playing game studies: transmedia foundations. Nova York: Routledge, 2018. (p. 172-187).

MEDEIROS, K. A. C.; BARCELLOS, J. D. Revistas de videogames: um breve histórico sobre a compreensão da identidade gamer. Animus 一 Revista Interamericana de Comunicação Midiática. v. 21, n. 45. p. 245-268. 2022. Disponível em: https://doi.org/10.5902/2175497765377. Acesso em: 12 jul. 2022.

MESQUITA, S. A. M. Das masmorras à Tormenta: a jornada editorial do RPG no Brasil. 2015. Orientador: Jean Pierre Chauvin. Monografia (graduação em comunicação social com habilitação em editoração). Escola de Comunicação e Artes, São Paulo, USP. 2015.

MIÈGE, B. Les industries culturelles et créatives face à l’ordre de l’information et de la communication. Grenoble: Presses universitaires de Grenoble. 2017.

MIÈGE, B. La numérisation en cours de la société. Points de repères et enjeux. Grenoble: Presses universitaires de Grenoble, 2020.

PERTICOZ, L.; DESSINGES, C. Du télé-spectateur au télé-visionneur. Les séries télévisées face aux mutations des consommations audiovisuelles. Études de communication, n. 44, 2015. Disponível em: http://journals.openedition.org/edc/6309. Acesso em: 6 maio. 2022.

SALAVERRÍA, R.; GARCÍA-AVILÉS, J.; MASIP, P. Concepto de convergencia periodística. In: LÓPEZ GARCÍA, X.; PEREIRA FARIÑA, X. (Orgs). Convergencia digital. Reconfiguración de los medios de comunicación en España. Santiago de Compostela: Servicio Editorial de la Universidad de Santiago de Compostela, 2010. p. 41-64.

SALAVERRÍA, R.; NEGREDO, S. Periodismo integrado: convergencia de medios y reorganización de redacciones. Barcelona: Sol90Media, 2008.

SANTOS, A. P; PONTES, F. S; PAES, P. S. Financiamento coletivo aplicado ao jornalismo: uma classificação das iniciativas financiadas no Catarse. Revista Pauta Geral - Estudos em Jornalismo. v. 5, n. 1, p. 67 - 85, jan./jul., 2018. Disponível em: https://revistas2.uepg.br/index.php/pauta/article/view/12012. Acesso em: 25 ago. 2022.

SCALZO, M. Jornalismo de revista. 4ª Ed. São Paulo: Contexto, 2011.

SCHWAAB, R. T.; TAVARES, F. M. B. O tema como operador de sentidos no jornalismo de revista. Revista Galáxia, São Paulo, n. 18, p.180-193, dez. 2009.

THUILLAS, O; WIART, L. Plateformes alternatives et coopération d’acteurs: quels modèles d’accès aux contenus culturel? tic&société, n. 13.1-2, 2019, p. 13-41.

TREVISAN, J. M. A VOLTA DA DRAGÃO BRASIL | Anão News. Entrevista concedida a Stephan Martins - Stephinha. YouTube, 28 out. 2016. 1 vídeo (00:08:22). Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=_VfK6YASo2w. Acesso em: 3 maio. 2022.

TRINDADE, J. C. Aventuras para todos. Um guia rápido para a inclusão e acessibilidade em mesas de RPG. Dragão Brasil. a. 17, e. 165, maio 2021, p. 76-77. Porto Alegre: Jambô. 2021.

Downloads

Publicado

01-12-2023

Como Citar

de Souza Paes, P., & de Almeida Camelo, D. (2023). Produção e distribuição das revistas de jogos de RPG: práticas em mutação. Animus. Revista Interamericana De Comunicação Midiática, 22(49). https://doi.org/10.5902/2175497783911

Edição

Seção

Convergência e Distribuição Multiplataforma: reconfigurações da indústria criativa