A crítica de Nietzsche à moral da compaixão de Schopenhauer em "Aurora": o desprezo de si como artimanha de condenação do indivíduo

Jelson Roberto de Oliveira

Resumo


Pretende-se analisar a crítica de Nietzsche à moral da compaixão no que tange ao critério de negação de si como seu fundamento. Centrar-se-á, nesse artigo, nos dois primeiros livros de Aurora, obra que forma o chamado segundo período do pensamento nietzschiano e que, nessa perspectiva, é parte do processo de rompimento e distanciamento em relação à filosofia schopenhauriana.

Palavras-chave


Eu; Desprezo de si; Egoísmo; Compaixão; Amor ao próximo

Texto completo:

PDF

Referências


NIETZSCHE, Friedrich. Além de Bem e Mal. Prelúdio a uma Filosofia do Futuro. Trad. Paulo César de Souza. São Paulo: Cia. das Letras, 2. ed., 2002.

NIETZSCHE, Friedrich. Aurora. Reflexões sobre os preconceitos morais. Trad. Paulo César de Souza. São Paulo: Cia. das Letras, 2004.

NIETZSCHE, Friedrich. Genealogia da Moral. Uma polêmica. Trad. Paulo César de Souza. São Paulo: Cia. das Letras, 2002.

NIETZSCHE, Friedrich. Humano, Demasiado Humano. Um livro para espíritos livres. Vol. I. Trad. Paulo César de Souza. São Paulo: Cia. das Letras, 2000. (Vol. I e II)

NIETZSCHE, Friedrich. Humano, Demasiado Humano. Um livro para espíritos livres. Vol. II. Trad. Paulo César de Souza. São Paulo: Cia. das Letras, 2008.

NIETZSCHE, Friedrich. Sämtliche Briefe. Kritische Studienausgabe (KSB). Herausgegeben von Giorgio Colli und Mazzino Montinari. München/Berlin/New York: dtv/Walter de Gruyter & Co., 1986. (8 Bänden).

NIETZSCHE, Friedrich. Sämtliche Werke. Kritische Studienausgabe (KSA). Herausgegeben von Giorgio Colli und Mazzino Montinari. München/Berlin/New York: dtv/Walter de Gruyter & Co., 1988. (15 Einzelbänden).

SCHOPENHAUER, Arthur. O mundo como vontade e como representação. 1° Tomo. Tradução, apresentação, notas e índices de Jair Barboza. São Paulo: Editora UNESP, 2005.

SCHOPENHAUER, Arthur. Sobre o fundamento da moral. Trad. Maria Lúcia Cacciola. São Paulo: Martins Fontes, 1995




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2179378634120

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Voluntas: Revista Internacional de Filosofia

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial-Compartilha Igual 4.0 Internacional.