MILTON SANTOS EM “UM MUNDO GLOBALIZADO?”

Adriana Gomes Venâncio

Resumo


Este artigo pretende discutir algumas idéias de Milton Santos a respeito da globalização, os impactos que esse fenômeno vem trazendo para as relações econômicas/sociais das comunidades atingidas por ela, e de como essa influência pode servir de impulso para uma reorganização histórica, em que educação e ciência possam auxiliar na reconstrução de novos parâmetros para a humanidade, não apenas no âmbito social, mas também no econômico e político. Segundo Milton Santos[1], para que a mudança social e política aconteçam nessas sociedades globalizadas, serão ainda necessárias duas outras grandes mutações: a mutação tecnológica (quando sua utilização for democratizada a serviço do homem) e a mutação filosófica da espécie humana (capaz de atribuir um novo sentido à existência de cada pessoa e também do planeta). Tendo como pressuposto essa visão geral, pensamos que a conquista de um mundo mais humano passa também por uma educação e uma ciência que atuem na promoção da tão necessária liberdade cidadã.


Palavras-chave


Globalização

Texto completo:

PDF




 

Revista Sociais e Humanas (ISSN online 2317-1758)

Universidade Federal de Santa Maria | Centro de Ciências Sociais e Humanas

Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.

E-mail: revistaccsh@gmail.com | Telefone: (55) 32208522


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.