Análise e melhoria de processos operacionais em cooperativas: Uma abordagem estatística

Deise Graziele Dickel, Julio Cezar Mairesse Siluk

Resumo


O negócio cooperativo tem ganhado espaço na economia atual com vistas à proporcionar alianças entre os cooperados e maior impacto social junto à sociedade. Muitos agricultores têm se unido em cooperativas com o intuito de valorizar ainda mais seus produtos frente ao mercado e a formação de indústrias de beneficiamento tem se mostrado bastante frutífera. Estas indústrias transformam a matéria-prima comum dos produtores em uma gama maior de produtos, agregando valor e obtendo maior lucratividade, além de desenvolver a região em que está inserida. Neste sentido, o objetivo deste trabalho é analisar estatisticamente resultados obtidos nos processos operacionais que visam a distribuição e devolução dos produtos de uma cooperativa do Rio Grande do Sul, com vistas á geração de subsídios para a melhoria destes processos. Dentre os problemas mais críticos encontrados estão deficiências nos processos de transporte e armazenamento e na emissão de notas fiscais, gerando grande número de devoluções.

Palavras-chave


Cooperativas, processos operacionais, estatística descritiva

Texto completo:

PDF

Referências


ANTONIALLI, L. M. Influência da mudança de gestão nas estratégias de uma cooperativa agropecuária. Rev. adm. contemp. vol.4 n.1 Curitiba Jan./Apr. 2000.

BARBETA, P. A.; REIS, M. M.; BORNIA, A. C. Estatística para cursos de engenharia e informática. São Paulo: Atlas, 2004.

BERETTA, S. Unleashing the integrationn potential of ERP system. Business Process Management Journal, v. 8, n. 3, p. 254-277, 2002.

BIJMAN, J.; ILIOPOULOS, C. Farmers’ cooperatives in the EU: policies, strategies and organization. Annals of Public and Cooperative Economics 85: 4 2014, pp. 497–508.

BRUSSELAERS, J.; POPPE, K.; AZCARATE, T. G. Do policy measures impact the position and performance of farmers’ cooperatives in the EU? Annals of Public and Cooperative Economics 85:4 pp. 531–553, 2014.

DAVENPORT, T. H. Process inovation. Boston: Harvard Business School Press, 1993.

GIL, A. C. Gestão de pessoas. São Paulo: Atlas, 2001.

GONÇALVES, J. E. L. Processo, que processo? Revista de administração de empresas, v. 40, n. 4, p. 8-19, Out./Dez. 2000.

JESTON, J.; NELIS, J. Business process management: practical guidelines to successful implementations. Oxford: Elsevier, 2006.

IRITANI, D. R. et al. Análise sobre os conceitos e práticas de gestão por processo: revisão sistemática e bibliometria. Gest. Prod. vol.22 no.1 São Carlos Jan./Mar. 2015.

LARSON, R; FARBER, B. Estatística Aplicada. 4 ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2010.

MALHOTRA, N. K. Pesquisa de marketing: uma orientação aplicada. 4ed. Porto Alegre: Bookman, 2006.

MORI, P. A. Community and cooperation: the evolution of cooperatives towards new models of citizens’ democratic participation in public services provision. Annals of Public and Cooperative Economics. 85:3, pp. 327–352, 2014.

MÜCKENBERGER, E. et al. Gestão de processos aplicada à realização de convênios internacionais bilaterais em uma instituição de ensino superior pública brasileira. Produção, v. 23, n. 3, p. 637-651, jul./set. 2013.

OLIVEIRA, S. B. Qualificando os processos de sua organização. In: VALLE, R.; OLIVEIRA, S. B. (Org.). Análise e modelagem de processos de negócio: foco na notação BPMN (Business Process Modeling Notation). São Paulo: Atlas, 2009.

PÁDUA, S. I. D. Estudo sobre a aplicação do método de avaliação do modelo de processo de negócio do EKD. Produção, v. 22, n. 1, p. 155-172, jan./fev. 2012.

RICHARDSON, R. J. Pesquisa social: métodos e técnicas. 3. ed. São Paulo: Atlas S. A., 1999.

SILVA, E. M. da; GONÇALVES, V.; MUROLO, A. C. Estatística para cursos de: economia, administração e ciências contábeis. 3. ed. São Paulo: Atlas S. A., 1999.




DOI: https://doi.org/10.5902/2359043218680

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. 

     

   

   

 

ISSN Eletrônico: 2359-0432

ISSN Impresso: 2446-7103