Análise da mudança organizacional a partir da regionalização na Cooperativa Unicred Centro-Oeste

Paula Brum de Lima, Deise Graziele Dickel, Gilnei Luiz de Moura

Resumo


As constantes mudanças que ocorrem no mundo dos negócios impõem às organizações um rápido movimento para mudança organizacional, buscando maior eficiência nos processos e melhores resultados. O estudo da mudança organizacional se faz, então, uma ferramenta para o aperfeiçoamento das empresas em meio a este cenário compreendendo a necessidade de constante adaptação ao ambiente em que estão inseridas. Diante disto, o presente trabalho teve como objetivo descrever o processo de mudança organizacional desencadeado pela regionalização de três cooperativas para a formação da Cooperativa de Crédito Unicred Centro-Oeste, analisando as mudanças ocorridas na estrutura organizacional, nas lideranças e nos processos internos. Para tanto, realizou-se uma pesquisa descritiva e qualitativa por meio de um estudo de caso. Os resultados apontaram os motivos que levaram a mudança, as modificações ocorridas nas lideranças, nos processos internos que foram informatizados e na estrutura organizacional incorporando as três cooperativas singulares. Os resultados da mudança foram avaliados como muito positivos pelos gestores.

Palavras-chave


Mudança Organizacional, Cooperativa de Crédito, Liderança, Estrutura, Processos

Texto completo:

PDF

Referências


AGRÍCOLA SUPERIOR Y RURAL Anales. Panamá: Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), 1999.

ALIANÇA COOPERATIVA INTERNACIONAL – ACI. Disponível em . Acesso em 09 de dezembro de 2015.

ASSUNÇÃO, M. A. & MENDES, P. J. V. (2000). Mudança e Gestão de Processo em Organização Pública. Anais do Congresso Internacional del CLAD, Santo Domingo: CLAD, p. 14.

BARBOSA, C. A.; ZILBER, M. A.; e TOLEDO, L. A. A aliança estratégica como fator de vantagens competitivas em empresas de ti – um estudo exploratório. RAI - Revista de Administração e Inovação, São Paulo, v. 6, n. 1, p. 30-49, 2009.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011, 229 p.

BRAGA, M. J.; PEREIRA, J. R.; CANÇADO, A. C., VIEIRA, N. S.; CARVALHO, D. M.; CETTO, V. M.; RIGO, A. S. Tirando a Máscara: Princípios Cooperativistas e Autenticidade das Cooperativas. Viçosa, UFV, 2002 (Relatório Final de Pesquisa, CNPq)

CHADDAD, F. R. Cooperativas no agronegócio do leite: mudanças organizacionais e estratégicas em resposta à globalização. Organizações Rurais & Agroindustriais, vol. 9, núm. 1, pp. 69-78, 2007.

CHIAVENATO, I. Os Novos Paradigmas: Como as Mudanças Estão Mexendo com as Empresas. 1. ed. São Paulo: Atlas, 1996.

COSTA, R. A. T.; COSTA, N. A. C. Habilidades e competências do líder na gestão contemporânea. Revista de Administração Geral, Macapá, v.1, n.2, p. 84-100, Ago. /Dez. 2015.

DICKEL, D. G.; SILUK, J. C. M. Análise e melhoria de processos operacionais em cooperativas: Uma abordagem estatística. RGC, Santa Maria, v.2, n.4, Págs. 35-44, jul./dez. 2015.

DOMINGOS, S. G. Influência dos Fatores de Capacidade Organizacional na Percepção de Mudanças. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações) - Universidade de Brasília (UnB), Brasília, 2009.

DOWBOR, L. e LOPES, C. Riscos e oportunidades em tempos de mudanças. São Paulo: Intituto Paulo Freire, 2010.

FONSECA, J. J. S. Metodologia da Pesquisa Científica. Fortaleza: UEC, 2002. Apostila

GIL, A. C. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. 4 ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GOULART, P. A. R. Contexto e atitudes na mudança organizacional: um estudo realizado em duas empresas de Brasília. (Monografia de Graduação). Universidade de Brasília, Brasília, 2011.

HUBER, G. P.; GLICK, W. H. Sources and Forms of Organizational Change. In: Organizational change and redesign. New York: Oxford University Press, 1995.

LIMA, S. M. V.; BRESSAN, C. L. Mudança organizacional: uma introdução. In: LIMA, S. M. V. (Ed.). Mudança Organizacional: teoria e gestão. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2003.

LINES, R. The Structure and Function of Attitudes Toward Organizational Change. Human Resource Development Review, 4, 8-32, 2005.

MATOS, T. G. C. R. Gestão ambiental: um estudo das mudanças organizacionais na companhia catarinense de águas e saneamento. Dissertação (Mestrado Profissional em Administração) – Curso de Mestrado Profissional em Administração da Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2011.

MINAYO, M. C. S. (Org.). Pesquisa Social: Teoria, Método e Criatividade. Petrópolis: Vozes, 2001.

NADLER, D. A.; SHAW, R.B.; WALTON, A.E. Discontinuous Change: leading organizational transformation. San Francisco: The Jossey-Bass Management Series, 1994.

NEIVA, Elaine Rabelo. Metodologia para Avaliação da Mudança Organizacional. In: LIMA, Suzana Maria Valle et al. Mudança organizacional: teoria e gestão. Rio de Janeiro: FGV, 2003.

PAGNUSSATT, Alcenor. Guia do Cooperativismo de Crédito – Organização, Governança e Políticas Corporativas. Porto Alegre: Editora Sagra Luzzatto, 2004.

PORRAS, J. I.; ROBERTSON, P. J. Organizational development: theory, practice, research. In: DUNETE, M. D.; HOUGH, L. M. (Eds.). Handbook of organizational Psycology, p. 719-822. Palo Alto: Consultant Psychology Press, 1992.

PORTAL BRASIL COOPERATIVO – Disponível em: . Acesso em 08 de dezembro de 2015.

PORTAL UNICRED CENTRO-OESTE RS – Disponível em: . Acesso em 08 de Dezembro de 2015.

PRADELLA, S. Gestão de Processos: uma Metodologia Redesenhada para a Busca de Maior Eficiência e Eficácia Organizacional. Revista Gestão & Tecnologia, Pedro Leopoldo, v. 13, n. 2, p. 94-121, mai./ago. 2013.

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA - Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Lei Nº 5.764, de 16 de dezembro de 1971.Disponível em: . Acesso em: 08 de Dezembro de 2015.

RONDEAU, Alain. Transformer L’organisation Comprendre les Forces que Façonnent L’organisation Et Le Travail. Gestion, v. 24, n. 3, 1999.

SENNETT, R. The corrosion of character: the personal consequences of work in the new capitalism. New York: Norton, 1998.

SILVA, José S. El Cambio de Época, el Modo Emergente de Producción de Conocimiento y los Papeles Cambiantes de la Investigación y Extension en la Academia del Siglo XXI. In: CONFERENCIA INTERAMERICANA DE EDUCACIÓN

SINGER, P. Introdução à Economia Solidária. São Paulo, Editora Fundação Perseu Abramo, 2002, 130p

SOUZA SILVA, José de. A Mudança de Época e o Contexto Global Cambiante: Implicações para a Mudança Institucional em Organizações de Desenvolvimento. In: LIMA, Suzana Maria Valle et al. Mudança organizacional: teoria e gestão. Rio de Janeiro: FGV, 2003.

RODRIGUES, A.; ASSMAR, E. M.; JABLONSKY. Psicologia Social. 18 edição, Petrópolis: Editora Vozes, cap. 3, 1999.

SHERE, K. D. Managing cultural changes in your organization. The Journal of the Quality Assurance Institute, v.18, n. 2, 2006.

UNICRED CENTRO-OESTE RS. Estatuto Social – Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Médicos e Demais Profissionais da Saúde da Região Centro-Oeste do RS LTDA. Reformado e consolidado em Assembleia Geral Extraordinária em 01.fev.2013.

VASCONCELLOS, E.; HEMSLEY, J. R. Estrutura das organizações. São Paulo: Pioneira, 2008.

WOOD JR., T. Mudança Organizacional. 5ª ed. São Paulo: Atlas, 2009.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2359043222221

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. 

     

   

   

 

ISSN Eletrônico: 2359-0432

ISSN Impresso: 2446-7103