Avaliação qualitativa do cardápio oferecido aos colaboradores de uma unidade de alimentação e nutrição hospitalar

Luisa Montone Mantovani, Daniela Maria Alves Chaud

Resumo


Este estudo teve por objetivo analisar a qualidade do cardápio do almoço de um mês oferecido aos colaboradores de uma Unidade de Alimentação e Nutrição hospitalar do município de São Paulo pelo método de Avaliação Qualitativa das Preparações do Cardápio. Foram analisados a presença de frutas in natura, fritura, doces, fritura em conjunto com doces, carnes gordurosas, vegetais folhosos, dois ou mais alimentos ricos em enxofre (exceto feijão) e monotonia de cores. Verificou-se a utilização diária de vegetal folhoso e doce, elevada oferta de fritura (96,4%), e, doce em conjunto com fritura (96,4%). Houve baixa oferta de frutas (32,1%), carnes gordurosas (21,4%), alimentos ricos em enxofre (10,7%) e monotonia de cores (3,6%). Os itens relativos à oferta de fruta, fritura e doce foi considerada inadequada devido suas ofertas elevadas, assim, alguns pontos devem ser replanejados, visando a promoção da melhoria dos hábitos alimentares dos colaboradores do hospital.


Palavras-chave


Qualidade dos Alimentos; Serviços de Alimentação; Planejamento de Cardápio; Alimentação coletiva

Texto completo:

PDF

Referências


São-José JFB. Avaliação qualitativa de cardápios em uma Unidade de Alimentação e Nutrição localizada em VitóriaES. Demetra. 2014; 9(4): 975-984.

Viana MB, Monteiro MRP. Avaliação qualitativa das preparações do cardápio em uma unidade produtora de refeições de Belo Horizonte/MG. Nutrição Brasil. 2016; 15(1): 36-41.

Abreu ES, Spinelli MGN. Seleção e Preparo de Alimentos: gastronomia e nutrição. São Paulo: Metha, 2014. 411p.

Oliveira MCM, Melo DS, Santos JAC, Souza LT. Preparações do cardápio de uma unidade de alimentação e nutrição industrial de Vitória da Conquista – BA. Higiene Alimentar. 2016; 30: 38-42.

Silva SMCS, Sílvia M. Cardápio: guia prático para a elaboração. 3.ed. Rio de Janeiro: Roca, 2014.

Proença RPC, Sousa AA, Veiros MB, Hering B. et al. Qualidade nutricional e sensorial na produção de refeições. Florianópolis: Editora da UFSC, 2008. 221p.

Brito LF, Bezerra VM. Avaliação qualitativa das preparações do cardápio de uma Unidade de Alimentação e Nutrição Hospitalar de Vitória da Conquista, Bahia. Brazilian Journal of Food & Nutrition, 2013; 24(2):1-6.

Ramos SA, Souza FFR, Fernandes GCB, Xavier SKP. Avaliação qualitativa do cardápio e pesquisa de satisfação em uma Unidade de Alimentação e Nutrição. Brazilian Journal of Food & Nutrition. 2013; 24(1): 29-35.

Santos IC. Avaliação qualitativa de cardápios de uma Unidade de Alimentação e Nutrição institucional localizada em São Luís – MA. Monografia (Graduação), Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2016.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Guia alimentar para

a população brasileira. 2.ed. Brasília: Ministério da Saúde, 2014. 156p.

Vieira RM, Rosa PA, Cristo TW, Vaz DSS, Machado TWM, Mazur CE. Avaliação qualitativa das preparações oferecidas em um serviço de nutrição e dietética hospitalar. Revista Uniabeu. 2016; 9(23): 151-161.

Prado BG, Nicoletti AL, Faria CS. Avaliação qualitativa das preparações de cardápio em uma unidade de alimentação e nutrição de Cuiabá-MT. Journal of Health Sciences. 2013; 15(3): 219-223.

Resende FR, Quintão DF. Avaliação qualitativa das preparações do cardápio de uma Unidade de Alimentação e Nutrição institucional de Leopoldina-MG. Demetra, 2016; 11(1): 91-98.

Menegazzo M, Fracalossi K, Fernandes AC, Medeiros NI. Avaliação qualitativa das preparações do cardápio de centros de educação infantil. Revista de Nutrição. 2011; 24(2): 243-251.

Philippi ST. Nutrição e Técnica Dietética. 2.ed. Barueri: Manole, 2008. 402p.

Brasil. Ministério do Trabalho e Emprego. Portaria Interministerial n. 66, de 25 de agosto de 2006. Altera os parâmetros nutricionais do Programa de Alimentação do Trabalhador PAT. Diário Oficial da União, Brasília, 28 ago. 2006.

Tavares M, Gonzalez E, Silva MLP, Barsotti RCF, Kumagai EE, Caruso MSF et al. Avaliação da qualidade de óleos e gorduras utilizados para fritura no comércio da região metropolitana da Baixada Santista, estado de São Paulo. Revista do Instituto Adolfo Lutz. 2007; 66(1): 40-44.

Silveira MGG. Prevenção da obesidade e de doenças do adulto na infância. Petrópolis: Editora Vozes, 2015. 2008p.

Teo CRPA, Baldissera L, Rech FRF. Adequação da alimentação ao perfil dos dependentes químicos em uma comunidade terapêutica: um estudo de caso. Revista Eletrônica Saúde Mental Álcool e Drogas. 2011; 7(3): 119-125.

Teichmann IM. Cardápios: técnicas e criatividade. 5.ed. Caxias do Sul: Educs, 2000. 140p.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236583429003

Acessos desde 08/08/2013.

  

 

Saúde (Santa Maria) ∴ revistasaude.ufsm@gmail.com

ISSN 0103-4499 ∴ eISSN 2236-5834 ∴ DOI 10592/22365834

Licença Creative Commons