Saberes que se Encontram: reflexões sobre uma experiência de troca com Mestre Biu Alexandre

Luciana Hartmann, Rita de Almeida Castro

Resumo


Este artigo tem como objetivo refletir, a partir da experiência vivenciada pelas autoras, sobre os diálogos e as trocas entre saberes acadêmicos e saberes tradicionais proporcionados pela atuação do Mestre Biu Alexandre, do Cavalo Marinho de Condado/PE, como um dos professores da disciplina Artes e Ofícios dos Saberes Tradicionais, que vem sendo ministrada na Universidade de Brasília desde 2010 como parte do Projeto Encontro de Saberes.


Palavras-chave


Saberes tradicionais; Cavalo Marinho; Tradição; Brincadeira; Epistemologia

Texto completo:

PDF

Referências


ABREU, Joana. Catirina, o Boi e sua Vizinhança - elementos da performance dos folguedos populares como referência para os processos de formação do ator. Dissertação (Mestrado em Artes), Instituto de Artes da Universidade de Brasília, 2006.

ACSELRAD, Maria. Viva Pareia! A arte da brincadeira ou a beleza da safadeza: uma abordagem antropológica da estética do Cavalo Marinho. Dissertação de Mestrado em Antropologia, UFRJ/IFCS, Rio de Janeiro, 2002.

CARVALHO, José Jorge de. Metamorfoses das tradições performáticas afro-brasileiras: de patrimônio cultural a indústria do entretenimento. In: FUNARTE--‐IPHAN. Celebrações e saberes da cultura popular: pesquisa, inventário, crítica, perspectivas. Brasília: CNFCP, 2004. p. 65-83.

_____ . Por que e como Apoiar as Culturas Populares. In: Hamilton Faria; Ricardo Lima. (Org.). F

omento, Difusão e Representação das Culturas Populares. São Paulo; Brasília: Instituto Pólis; Ministério da Cultura, 2006, p. 12--‐28.

_____ . Espetacularização e Canibalização das Culturas Populares na América Latina. In: Ari Pedro. (Org

.). Latinidade da América Latina. Enfoques socioantropológicos. São Paulo: Editora Hucitec, 2008, p. 265-292.

HASTRUP, Kirsten. Anthropological knowledge incorporated: discussion. In: HASTRUP, K; HERVIK, Peter (orgs.) Social Experience and Anthropological Knowledge London: Routledge, 1994.

LAVE, J. Teaching, as Learning. Practice. Mind, Culture, and Activity. v.3, n.3, 1996, p. 149-164.

LAVE, Jean, WENGER, Etienne. Situated Learning. Cambridge: Cambridge University Press (CUP), 1991.

LEWINSOHN, Ana Caldas. O Ator Brincante: no contexto do Teatro de Rua e do Cavalo Marinho. Dissertação (Mestrado em Artes). UNICAMP, 2009.

OLIVEIRA, Érico José Souza de. A Roda do Mundo Gira: um olhar sobre o Cavalo Marinho Estrela de Ouro (Condado - PE). Recife: Ed. SESC, 2006.

OLIVEIRA, Mariana Silva. O Jogo da Cena do Cavalo Marinho: Diálogos entre Teatro e Brincadeira. Dissertação (Mestrado em Teatro), Centro de Letras e Artes, Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2006.

RABETTI, Beti. Memória e Culturas do popular no teatro: o típico e as técnicas. O Percevejo – Teatro e Cultura Popular. Ano 8, n. 8, 2000, p. 3-18.

TENDERINI, Helena Maria. Na Pisada do Galope: Cavalo Marinho na fronteira traçada entre Brincadeira e Realidade. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social). Universidade Federal de Pernambuco, 2003.

SCHECHNER, Richard. Performance Theory. New York and London: Routledge, 1988.

TIBAJI, Alberto. Teatro, valor e pluralidade: rumo a uma política e a uma estética do

popular. In: RABETII, Beti (org.). Teatro e Comicidades 3: facécias, faceirices e divertimentos. Rio de Janeiro: 7Letras, 2010. p: 13-21.

TURNER, Victor. The Anthropology of Performance. 2a. ed. New York: PAJ Publications, 1992.

ZUMTHOR, Paul. A Letra e a Voz -­­ a “literatura”medieval. Tradução de Amálio pinheiro e Jerusa Pires Ferreira. São Paulo: Companhia das Letras, 1993.

_____. Performance, Recepção, Leitura. Tradução de Jerusa Pires Ferreira e Suely Fenerich. São Paulo: EDUC, 2000.

CAVALO Marinho Estrela de Ouro. Direção Jomar Jr.; produção José Saturnino de Araújo. Recife: ADCE Produções, 2007.




DOI: https://doi.org/10.5902/198373487123

 
 
 
DOI: Digital Object Identifier 10.5902/19837348

Qualis B1

Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 4.0 (CC BY 4.0).

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 (CC BY 4.0).

Acessos a partir de 17/09/2015

CopySpider - Software Anti-plagio