Cinema e incorporações: reflexões e possibilidades educativas

Rodrigo Ferrari, Monica Fantin

Resumo


Neste artigo apresentamos uma pesquisa sobre as possibilidades de ampliar a compreensão da relação entre cinema e educação a partir dos fenômenos e mecanismos da percepção e da cognição numa dimensão corporal, que estamos denominando de incorporações. O objetivo é especificar novas possibilidades e discutir novos limites teóricos e didáticos do ensino aprendizagem do cinema através das incorporações. Para isso, realizamos um estudo teórico e uma pesquisa aplicada articulando a didática e o cinema em diálogo com a mídia-educação. Entre as considerações, identificamos uma trilha fértil de novas possibilidades para ensinar e aprender cinema, a partir do cruzamento dos pontos de vista cognitivo, estético, cultural, social e político considerando o corpo como sujeito da percepção e da cognição. 

 

Enviado em: 29 de junho de 2017.

Aprovado em: 13 de julho de 2017.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1983734828785

 
 
 
DOI: Digital Object Identifier 10.5902/19837348

Qualis B1

Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0.

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.

Acessos a partir de 17/09/2015