Educação do campo e juventude: problematizações a partir da conflitualidade

Rafael Rossi, Maria Peregrina de Fatima Rotta Furlanetti, Cleiton Aparecido Ferraz, Elen Rosana Ferrato

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/198464445314

Por meio do presente texto iremos expor nossas considerações, partindo da pesquisa que realizamos e dos debates no interior do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação Popular (GEPEP) vinculado ao Departamento de Educação da UNESP/FCT campus de Presidente Prudente – SP, com relação à juventude da educação do campo, como aporte para refletirmos sobre políticas públicas educacionais apropriadas a essa demanda e currículos mais comprometidos com a realidade do campo. Isso, por sua vez, contribui para a identidade em ser “do campo”, e assim, avançarmos metodologicamente na discussão teórica e prática pela promoção de estratégias e debates em caráter mais amplo por uma educação do campo, condizente com seu cotidiano territorializado. É importante atentar-nos para alguns questionamentos: Como entender a juventude que mora no campo como uma juventude do campo? Para atingir essa meta, trabalhamos problematizando o termo conflitualidade junto a essa juventude, pois acreditamos que a luta pela educação do campo se articula intrinsecamente à questão agrária e à luta pela terra, convidando uma abordagem metodológica em educação inovadora e que respeite a cultura e as tradições dos camponeses.


Palavras-chave


Juventude; Conflitualidade; Educação do campo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/198464445314

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc - Prédio 16
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao


ISSN Eletrônico: 1984-6444

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19846444

Qualis/Capes: Educação A1

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação (UFSM) agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY 4.0).

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________

    

SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar