A Sociologia da Infância no Brasil: uma área em construção

Anete Abramowicz, Fabiana de Oliveira

Resumo


Este artigo pretende discutir a história da construção do campo da Sociologia da Infância na Europa e nos países anglo-saxões para, a partir daí, propor algumas possibilidades e inflexões teóricas necessárias para se pensar sobre uma Sociologia da Infância no Brasil. A partir de um debate no interior da Sociologia da Infância procurar-se-á entender o que significa falar da criança e da infância a partir da base estabelecida por este campo, que consagra à criança o papel de sujeito e protagonista da história, e dos processos de socialização. Ou seja, a criança é compreendida como sujeito social capaz de se atribuir significados, sentidos e cultura própria e inusitada. O presente artigo visa ainda desenvolver uma reflexão acerca da utilização da Sociologia da Infância no Brasil, pois diferentemente do contexto europeu, nosso país apresenta especificidades que devem ser consideradas a partir deste referencial teórico e metodológico na pesquisa com crianças. A proposta do artigo pauta-se na consideração das diferenças, levando-se em conta a relação entre a questão racial, de gênero, sexualidade e classe social que devem ser pensadas como linhas que atravessam o debate sobre a criança e a infância, a partir delas mesmas. As temáticas da diferença, diversidade e alteridade são essenciais para entendermos o que vem sendo chamado de “cultura da infância”, bem como o entendimento da criança enquanto “ator social”.

Palavras-chave: Sociologia da Infância no Brasil. Criança e infância. Diferenças. Educação Infantil.

Palavras-chave


Childhood Sociology in Brazil; Children and childhood; Differences; Early childhood education.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/198464441602

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc - Prédio 16
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao


ISSN Eletrônico: 1984-6444

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19846444

Qualis/Capes: Educação A1

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação (UFSM) agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY 4.0).

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________

      

SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar