Vivências e significados da Consulta do Enfermeiro em puericultura: análise à luz de Wanda Horta

Cheila Karei Siega, Edlamar Kátia Adamy, Beatriz Rosana Gonçalves de Oliveira Toso, Denise Antunes de Azambuja Zocche, Elisangela Argenta Zanatta

Resumo


Objetivos: analisar os significados atribuídos à Consulta do Enfermeiro em puericultura na Atenção Primária à Saúde à luz da Teoria de Wanda Horta e conhecer as vivências desses profissionais acerca da sua operacionalização. Método: pesquisa-ação com 15 enfermeiros atuantes na Atenção Primária à Saúde. Dados coletados por entrevistas semiestruturadas, organizados, considerando a análise de conteúdo e interpretados à luz da Teoria. Resultados: revelaram-se três categorias: história pregressa e atual da criança e sua família; Etapas para a implementação do cuidado sistematizado e Dificuldades para realizar a Consulta do Enfermeiro em puericultura na Atenção Primária à Saúde. Conclusão: em suas vivências os enfermeiros relatam dificuldades que culminam na fragmentação da Consulta, entretanto, a significam como oportunidade para conhecer a criança e família na sua integralidade. A operacionalização sistemática da Consulta em puericultura proporciona o empoderamento profissional, qualificação da assistência e fortalecimento da profissão como ciência do cuidado.


Palavras-chave


Processo de enfermagem; Cuidado da criança; Atenção primária à saúde; Teoria de enfermagem

Referências


Malaquias TSM, Gaíva MAM, Higarashi IH. Perceptions of the family members of children regarding well-child check-ups in the family health care strategy. Rev Gaúch Enferm. 2015;36(1):62-8. doi: 10.1590/1983-1447.2015.01.46907

Vieira DS, Santos NCCB, Nascimento JA, Collet N, Toso BRGO, Reichert APS. Nursing practices in child care consultation in the Estratégia Saúde da Família. Texto Contexto Enferm. 2018;27(4):e4890017. doi: 10.1590/0104-07072018004890017

Conselho Federal de Enfermagem (COFEN). Resolução nº 358 de 2009. Dispõe sobre a Sistematização da Assistência de Enfermagem e a implementação do processo de enfermagem em ambientes públicos ou privados, em que ocorra o cuidado profissional de Enfermagem [Internet]. 2009 [acesso em 2018 dez 10]. Disponível em: http://www.cofen.gov.br/resoluo-cofen-3582009_4384.html

Diniz IA, Cavalcante RB, Otoni A, Mata LRF. Perception of primary health care management nurses on the nursing process. Rev Bras Enferm. 2015;68(2):182-9. doi: 10.1590/0034-7167.2015680204i

Horta WA. Processo de Enfermagem. São Paulo: EPU; 1979.

Góes FGB, Silva MA, Paula GK, Oliveira LPM, Mello NC, Silveira SSD. Nurses’ contributions to good practices in child care: an integrative literature review. Rev Bras Enferm. 2018;71(Suppl 6):2808-17. doi: 10.1590/0034-7167-2018-0416

Ministério da Saúde (BR), Secretaria de Atenção Básica à Saúde, Departamento de Atenção Básica. Saúde da Criança: crescimento e desenvolvimento. Brasília (DF): Ministério da Saúde; 2012. (Cadernos de Atenção Básica; 33).

Walsh A, Barnes M, Mitchell AE. Nursing care of children in general practice settings: roles and responsibilities. J Adv Nurs. 2015;71(11):2585-94. doi: 10.1111/jan.12735

Faller TT, Toso BRGO, Viera CS, Baggio MA. A consulta de enfermagem em puericultura na Estratégia Saúde da Família. Rev Varia Scientia [Internet]. 2018 [acesso em 2020 maio 15];4(2):137-47. Disponível em: http://saber.unioeste.br/index.php/variasaude/article/view/19656/13688

Gaiva MAM, Monteschio CAC, Moreira MDS, Salge AKM. Child growth and development assessment in nursing consultation. Av Enferm. 2018;36(1):9-21. doi: 10.15446/av.enferm.v36n1.62150

Monteschio CAC, Gaíva MAM, Moreira MDS.The nurse faced with early weaning in child nursing consultations. Rev Bras Enferm. 2015;68(5):869-75. doi: 10.1590/0034-7167.2015680515i

Thiollent M. Metodologia da pesquisa-ação. 18ª ed. São Paulo: Cortez; 2011.

Minayo MCS. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis: Vozes; 2016.

Bardin L. Análise de conteúdo. Ed. rev. e ampl. São Paulo: Edições 70; 2016.

Almeida ER, Moutinho CB, Carvalho SAS, Araújo MRN. Report about the construction of a nursing protocol in childcare in primary care. Rev Enferm UFPE On Line [Internet]. 2016 [cited 2018 Dec 10];10(2):683-91. Available from: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/view/11006

Oberklaid F, Baird G, Blair M, Melhuish E, Hall D. Children’s health and development: approaches to early identification and intervention. Arch Dis Child. 2013;98(12):1008-11. doi: 10.1136/archdischild-2013-304091

Reichert APS, Rodrigues PF, Cruz TMAV, Dias TKC, Tacla MTGM, Collet N. Mothers’ perception about the relationship with nurses in the child consultation. Rev Enferm UFPE On Line [Internet]. 2017 [cited 2020 May 15];11(2):483-90. Available from: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/view/11965

Furtado MCC, Mello DF, Pina JC, Vicente JB, Lima PR, Rezende VP. Nurses’ actions and articulations in childcare in primary health care. Texto Contexto Enferm. 2018;27(1):1-11. doi: 10.1590/0104-07072018000930016

Krauzer IM, Adamy EK, Ascari RA, Ferraz L, Trindade LL, Neiss M. Nursing care systematization in primary care: what do the nurses say? Cienc Enferm (En Línea). 2015;21(2):31-38. doi: 10.4067/S0717-95532015000200004

Hagos F, Alemseged F, Balcha F, Berhe S, Aregay A. Application of nursing process and its affecting factors among nurses working in mekelle zone Hospitals, Northern Ethiopia. Nurs Res Pract. 2014; 2014:675212. doi: 10.1155/2014/675212

Gavalote HS, Zandonade E, Garcia ACP, Freitas PSS, Seidl H, Contarato PC, et al. The nurse’s work in primary health care. Esc Anna Nery Rev Enferm. 2016;20(1):90-8. doi: 10.5935/1414-8145.20160013

Damasceno SS, Nóbrega VM, Coutinho SED, Reichert APDS, Toso BRGDO, Collet N. Children’s health in Brazil: orienting basic network to Primary Health Care. Ciênc Saúde Colet. 2016;21(9):2961-73. doi: 10.1590/1413-81232015219.25002015

Adamy EK, Zocche DAA, Almeida MA. Contribuição do processo de enfermagem para construção identitária dos profissionais de Enfermagem. Rev Gaúch Enferm. 2020;41(Spec No):e20190143. doi: 10.1590/1983-1447.2020.20190143

Viana DMS, Nogueira CA, Araújo RS, Vieira RM, Rennó HMS, Oliveira VC. A educação permanente em saúde na perspectiva do enfermeiro na Estratégia Saúde da Família. Rev Enferm Cent Oeste Min [Internet]. 2015 [acesso em 2018 dez 10];5(2):1658-668. Disponível em: http://www.seer.ufsj.edu.br/index.php/recom/article/view/470




DOI: https://doi.org/10.5902/2179769241597

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Este site está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.