Programa de humanização no pré natal e nascimento: indicadores e práticas das enfermeiras

Anaê Pavanatto, Luciane Maria Schmidt Alves

Resumo


Doi: 10.5902/2179769211329

Objetivo: conhecer os indicadores de atendimento às gestantes de um município do interior do estado do Rio Grande do Sul, por meio do PHPN, enfatizando os indicadores de processo disponibilizados no SISPRENATAL, como também reconhecer as práticas do profissional enfermeiro das Estratégias de Saúde da Família (ESF) deste município. Método: estudo documental e exploratório, descritivo, com abordagem de análise qualitativa. Integram o estudo os dados das gestantes presentes no SISPRENATAL e das entrevistas com as enfermeiras. Resultados: o estudo apontou indicadores de assistência ao pré-natal inadequados, bem como inconsistência entre as falas das enfermeiras e os dados do Sistema. Considerações finais: apesar de as enfermeiras referirem facilidades para trabalhar com o Programa, os registros no SISPRENATAL são baixos, com prováveis falhas nas anotações das gestantes, ocasionando prejuízo financeiro para este município e dificultando a qualificação da assistência.


Palavras-chave


Cuidado pré-natal; Enfermagem; Atenção primária à saúde.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/2179769211329



Licença Creative Commons
Este site está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.