Avaliação do Ciclo de Vida de sistemas de tratamento de efluentes urbanos utilizando Microalgas e Wetlands Construídos

Naira Dell'Osbel, Ênio Leandro Machado

Resumo


Desenvolver o saneamento de águas residuárias de forma descentralizada significa pesquisar a carência de quase 50% dos municípios brasileiros. Neste sentido a principal finalidade deste estudo foi o uso da Avaliação do Ciclo de Vida para aplicação dos sistemas integrados de reator anaeróbio, Wetlands Construídos (WCs) de fluxo vertical/horizontal e Microalgas (MA). A unidade funcional foi definida como 1.200 m3 de efluente tratado durante 20 anos e a fronteira do sistema foi delimitada pela entrada do esgoto bruto no reator UASB até a partida do efluente final tratado para o corpo receptor. O estudo de ACV utilizou o programa SimaPro® 8.04 e o método Impact 2002+. Para as categorias de impacto nas etapas de construção e operação foram aplicados a Normalização, Caracterização, Ponderação e Inventário de Rede dos dados obtidos. Desta forma foi possível a identificação dos principais itens para o desenvolvimento ambiental sustentável destes sistemas, sendo que foram identificados os maiores impactos na fase de construção (92,3%) relacionados a utilização de polietileno de alta densidade (32,8%), areia (27,2%) e policloreto de vinila (18,8%). Já na fase de operação o maior impacto foi a utilização de energia elétrica no sistema Microalgas Pré-Wetlands devido a dependência de recursos não renováveis.


Palavras-chave


Avaliação do Ciclo de Vida; Efluente Doméstico; Wetlands Construídos; Microalgas

Texto completo:

PDF HTML

Referências


BRASIL. NBR ISO 14040: Gestão ambiental - Avaliação do ciclo de vida - Princípios e estrutura. Rio de Janeiro, 2009.

BRASIL. NBR ISO 14044: Gestão Ambiental – Avaliação do Ciclo de Vida – Requisitos e Orientações. Rio de Janeiro, 2009.

CAMPOLINA, J. M.; SIGRIST, C. S. L.; MORIS, V. A. S. Uma revisão de literatura sobre softwares utilizados em estudos de Avaliação do Ciclo de Vida. Universidade Federal de São Carlos - Campus Sorocaba, SP. Revista do Centro de Ciências Naturais e Exatas – UFSM Santa Maria Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental da UFSM Santa Maria

e-ISSN 2236 1170 - V. 19, n. 2, mai-ago. p 735-750 – 2015.

COROMINAS J. et. al. Life cycle assessment applied to wastewater treatment: State of the art. Disponível em journal homepage: www.elsevier.com/locate/watres. Elsevier, 2013.

COSTA, M. P. S. Avaliação do potencial de plantas nativas do Brasil no tratamento de esgoto doméstico e efluentes industriais em wetlands construídos. Campinas, SP: [s. n.], 2004.

DINIS, M. A.; MONTEIRO, A.; BOAVENTURA, R. Tratamento de águas residuais: o papel das microalgas. Revista da faculdade de ciência e tecnologia, Porto, v. 1, p. 41-54, 2004.

FUCHS V. J.; MIHELCIC, J. R.; GIERKE J. S.; Life cycle assessment of vertical and horizontal flow constructed wetlands for wastewater treatment considering nitrogen and carbon greenhouse gas emissions. Water Reserarc, 45 pg. 2073 - 2081, 2011.

GARFÍ, M.; FLORES, L.; FERRER, I. Life Cycle Assessment of wastewater treatment systems for small communities: Activated sludge, constructed wetlands and high rate algal ponds. Journal of Cleaner Production 161, pg. 211 e 219, 2017.

GEORGIN, J.; LAZZARI, L.; CABRAL, J. C.; MARANGONI, L. D. Brasil: O acesso universal ao saneamento básico. Revista Monografias Ambientais - REMOA v.13, n.4, p.3649-3654 set-dez., 2014.

GUTIERREZ, Katia G. Análise e Gerenciamento de Impactos Ambientais no Tratamento de Esgoto Doméstico mediante Avaliação de Ciclo de Vida. Tese (Doutorado) - Programa de Pós-graduação em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2014.

IPCC - Intergovernmental Panel on Climate Change. Adoption and acceptance of the “2013 supplement to the 2006 guidelines: wetlands”. Accepted Report. Thirty-seventh session of the IPCC. Georgia, 14 - 18 October 2013.

LOPES, Thaís A. S. Avaliação do ciclo de vida de uma ETE composta por Reator UASB seguido de Wetlands Construídos. 2014. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal da Bahia, Escola Politécnica, Salvador, 2014.

LOSPSIK, K. Life cycle assessment of small-scale constructed wetland and extended aeration activated sludge wastewater treatment system. International Journal Environmental Science and Technology. DOI 10.1007/s13762-012-0159-y, 2013.

LUTTERBECK, C. A., KIST, L. T., LOPEZ, D. R., ZERWES, F. V., & MACHADO, Ê. L. (2017). Life cycle assessment of integrated wastewater treatment systems with constructed wetlands in rural areas. Journal of Cleaner Production, 148, 527–536. doi:10.1016/j.jclepro.2017.02.024.

MACHADO, A. P.; URBANO, L.; BRITO, A. G.; JANKNECHT, P.; SALAS, J. J.; NOGUEIRA, R. Life cycle assessment of wastewater treatment options for small and decentralized communities. Water Science & Technology Vol. 56, No. 3, pg. 15–22, 2007.

PHILIPPI, L. S.; SEZERINO, P. H. Aplicação de sistemas tipo wetlands no tratamento de águas residuárias: utilização de filtros plantados com macrófitas. Florianópolis: Editora do Autor, 2004.

PHILIPPI, L. S.; SEZERINO, P. H. Aplicação de sistemas tipo wetlands no tratamento de águas residuárias: utilização de filtros plantados com macrófitas. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2007.

PIEKARSKI, C. M.; LUZ, L. M.; ZOCCHE, L.; FRANCISCO, A. C. Métodos de Avaliação de Impactos do Ciclo de Vida: Uma Discussão para Adoção de Métodos nas Especificidades Brasileiras. Revista Gestão Industrial. Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR, 2012.

SILVA, E. A.; NETO, J. M. M. Impactos ambientais da produção de garrafas de polietileno numa indústria de Teresina-PI. Departamento de Recursos Hídricos, Geotecnia e Saneamento Ambiental, Universidade Federal do Piauí – UFPI, Teresina, PI, Brasil, 2015.

SOARES, Rosa de Jesus B. Avaliação das Possibilidade de Tratamento de um Efluente Piscícola Marinho por Microalgas. Dissertação (Mestrado em Hidrobiologia) - Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, Departamento de Zoologia e Antropologia Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, Porto, 2000.

SOUSA, Catarina V. Microalgas: do tratamento de efluentes para a biorrefinaria. Dissertação (Mestrado em Energia e Bioenergia) - Universidade Nova de Lisboa, Faculdade de Ciências e Tecnologia, 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236130835929

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.