ATIVIDADE PRÁTICA DE ENERGIAS ALTERNATIVAS COMO MEIO FACILITADOR DE ENSINO DE CIÊNCIAS PARA ALUNOS DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA)

Cícero Jefferson Turbano Ramalho, Gilberto do Nascimento Gasparini, Leandro Carbo, André Berton

Resumo


O presente trabalho discorre sobre utilização de recursos didáticos alternativos como meio facilitador no processo de ensino aprendizagem de Ciências na modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA), enfatizando experimentos e uma gincana lúdica pedagógica, por meio de um método interacionista para construção de conhecimento e de um ser crítico com frequentes interações com objetos e o meio. Essa atividade foi realizada na Escola Municipal Magda Ivana, aos alunos do segundo segmento da EJA fundamental o que foi muito proveitoso, pois os mesmos aprenderam conceitos e práticas que os ajudaram a desenvolver atividades lúdicas pedagógicas, promovendo a interação e colaboração de todos.

Palavras-chave


Ciências; EJA; Energias alternativas; Atividades práticas; Aprendizagem

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Educação de Jovens e Adultos. Ensino Fundamental: Proposta Curricular – 2º Segmento – 5ª a 8ª série. vol. 1. Brasília, 2002. Disponivel em: http://portal.mec.gov.br/secad/arquivos/pdf/eja/propostacurricular/segundosegmento/vol3_matematica.pdf. Acessado em 14/08/2013.

FONSECA, M.C.F.R. A Educação Matemática e EJA. ConstruçãoColetiva:Contribuições à Educação de Jovens e Adultos. Edições MEC / UNESCO, Brasília- F, junho, p 321, 2006

FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia: Saberes Necessários À Prática Educativa. Rio de Janeiro: Paz e Terra, p 143, 1997.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 49ª Ed, Editora Paz e Terra, Rio de JaneiroRJ, p 213, 2010.

LINCOLN, Y. S.; GUBA, E. G. Controvérsias Paradigmáticas, Contradições E Confluências Emergentes. In DENZIN, N K,; LINCOLN, Y. S. 2. Ed. Porto Alegre: Artmed, p. 192, 2006.

MACEDO, Lino; PETTY, Ana L. S.; PASSOS, Norimar C. Aprender Com Jogos e Situações Problema. Porto Alegre: Artmed, p. 120, 2000.

OLIVEIRA, M. K. Jovens e adultos como sujeitos de ensino e aprendizagem. Revista Brasileirade Educação, n. 12, p.73, set/out/nov/dez. 1999.

PIAGET, J. A Linguagem e o Pensamento da Criança. 7. ed. Rio deJaneiro: Editora Fundo de Cultura p 307, 2005.

SANT´ANNA, Ilza Martins; MENEGOLLA, Maximiliano. Didática: Aprender a Ensinar- Técnicas e reflexões pedagógicas para formação de formadores. São Paulo: Loyola, p 126, 2002.

SOUZA, Pedro; BARROS, Marcelo. Jogos Interativos: Uma Possibilidade no Ensino De Ciências Para A Educação De Jovens E Adultos. III Encontro Nacional de Ensino de Ciências da Saúde e do Ambiente, Niterói, 2012. Disponível em www.ensinosaudeambiente.com.br/eneciencias/anaisiiieneciencias/trabalhos/T59.pdf.

VYGOTSKY, L. A Formação Social da Mente: O Desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. 5ª ed. São Paulo: Martins Fontes, p 186, 2007.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236130820459

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.