AVALIAÇÃO DE CONDIÇÕES ERGONÔMICAS EM TRABALHOS REALIZADOS EM RESTAURANTES UNIVERSITÁRIOS

Nicole Schneider, Virgílio José Strasburg

Abstract


As atividades para a produção e fornecimento de refeições devem considerar aspectos relacionados com a saúde dos trabalhadores. O objetivo desse estudo foi o de identificar as condições de trabalho nas atividades de distribuição e higienização de utensílios em restaurantes universitários (RUs). Foi realizado um estudo transversal descritivo observacional em dois RUs de uma universidade pública federal em Porto Alegre/RS. Foram encontradas diferenças no peso das cubas - de 6,9kg a 22,4kg - de acordo com os tipos de preparação e entre o número de reposições. Os funcionários realizaram esforço repetitivo sem troca de função na distribuição e com máximo de trocas de 20% na lavanderia durante o período de 2 horas e 30 minutos. A temperatura do ambiente da lavanderia (higienização de utensílios) excedeu o valor recomendado e o ruído ficou próximo do limite. Quanto ao uso de equipamentos de proteção individual (EPI) os trabalhadores não utilizaram o protetor auricular. As condições físicas da estrutura contribuíram para os resultados encontrados.


Keywords


Ergonomia; Saúde do trabalhador; Refeições coletivas.

References


ABERC. Associação Brasileira das Empresas de Refeições Coletivas. Mercado Real. Disponível em: . Acesso em: 06 fev. 2015.

ABREU, E. S.; SPINELLI, M. G. N.; PINTO, A. M. de S.. Gestão de Unidades de Alimentação e Nutrição: um modo de fazer. 2. ed. São Paulo: Metha, 2007. 318 p.

ACCUWEATHER, [página na Internet]. Porto Alegre (RS): 2013 [atualizado 2013]. Disponível em: . Acesso em 15 jul. 2013.

BARBOSA, L. N.; ALMEIDA, F. Q. A. de. Relato de experiência sobre a avaliação dos riscos ambientais e mapeamento em uma Unidade de Alimentação e Nutrição (UAN) para a promoção da segurança no trabalho. Simbio-Logias, p.1-10, nov. 2008.

BRASIL. Ministério do trabalho. Portaria 3.214, 08 de jun. 1978, atualização 2007. Norma Regulamentadora 17: Ergonomia. Disponível em: . Acesso em 09 out. 2013.

BRASIL. Ministério do Trabalho. Portaria n.º 3.214 de 08 de junho de 1978, atualização 2010. Norma Regulamentadora 6: Equipamento de Proteção Individual (EPI). 2010. Disponível em: . Acesso em 09 out. 2013.

BRASIL. Ministério do Trabalho. Portaria n.º 3.214 de 08 de junho de 1978, atualização 2011. Norma Regulamentadora 15: Atividades e operações insalubres. Disponível em: . Acesso em 09 out. 2013.

CATTANI, A. D.; HOLZMANN, L. Dicionário de trabalho e tecnologia. Porto Alegre: UFRGS, 2006. 358 p.

COLARES, L. G. T.; FREITAS, C. M. de. Processo de trabalho e saúde de trabalhadores de uma unidade de alimentação e nutrição: Entre a prescrição e o real do trabalho. Caderno de Saúde Pública, v. 12, n. 23, p.3011-3020, dez. 2007.

CORDEIRO, R. et al. Exposição ao ruído ocupacional como fator de risco para acidentes do trabalho. Revista Saúde Pública, v. 3, n. 39, p.461-466, 2005.

DIAS, A.; CORDEIRO, R.; CORRENTE, J.E.; GONÇALVES, C.G.O. Associação entre perda auditiva induzida pelo ruído e zumbidos. Caderno de Saúde Pública, v. 1, n. 22, p.63-68, jan. 2006.

HAGEN, M. E. K.; SOLTYS, A. A.; VALMÓRBIDA, J. L.; LOUZADA, M. L. C.; ZANI, V. T. O uso de equipamentos de proteção individual pelos funcionários de unidade de alimentação e nutrição de um hospital público do sul do Brasil. Nutrição Brasil, v. 11, n. 3, p.167-171, 2012.

HAUKKA, E.; LEINO-ARJAS, P.; SOLOVIEVA, S.; RANTA, R.; et al. Co-occurrence of musculoskeletal pain among female kitchen workers. Int. Arch. Occup. Environ. Health, v. 80, p. 141–148, 2006.

ISOSAKI, M.; et al. Prevalência de sintomas osteomusculares entre trabalhadores de um Serviço de Nutrição Hospitalar em São Paulo, SP. Revista Brasileira de Saúde Ocupacional, v. 36, n. 124, p. 238-246, 2011.

KROEMER, K.; GRANDJEAN, E. Manual de Ergonomia: adaptando o trabalho ao homem. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2005. 327 p.

LIMA, R. C.; VICTORA, C. G.; AGNOL, M. M. D.; FACCHINI, L. A.; FASSA, A. G. Percepção de exposição a cargas de trabalho e riscos de acidentes em Pelotas, RS. Revista de Saúde Pública, v. 33, n. 2, p. 137-146, 1999.

LOURENÇO, M. S.; MENEZES, L. F. Ergonomia e alimentação coletiva: Análise das condições de trabalho de uma Unidade de Alimentação e Nutrição. In: Congresso Nacional de Excelência em Gestão, 4., 2008, Rio de Janeiro, 2008. Não paginado.

MARCONDELLI, P.; COSTA, T. H. M.; SCHMITZ, B. A. S. Nível de atividade física e hábitos alimentares de universitários do 3º ao 5º semestres da área da saúde. Revista de Nutrição, v. 21, n. 1, p. 39-47, 2008.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Metodologia Científica. 5.ed. São Paulo: Editora Atlas, 2009.

MASCULO, F. S.; VIDAL, M. C. (Org.). Ergonomia: Trabalho adequado e eficiente. Rio de Janeiro: Elsevier/ABREPO, 2011. 648 p.

MATOS, C. H.; PROENÇA, R. P. C. Condições de trabalho e estado nutricional de operadores do setor de alimentação coletiva: um estudo de caso. Revista de Nutrição, v. 16, n. 4, p. 493-502, 2003.

MEDEIROS, L. B. Ruído: Efeitos extra-auditivos no corpo humano. 33 f. Monografia (Especialização) - Centro de Especialização em Fonoaudiologia Clínica, Porto Alegre, 1999.

MENDES, R. Patologia do trabalho. 2. ed. São Paulo: Atheneu, 2003.

QUINTILIO, M. S. V.; ALCARÁS, P. A. S.; MARTINS, L. S. Avaliação do ruído ocupacional em um restaurante num município do Mato Grosso do Sul. Colloquium Exactarum, v. 4, n. 1, p.27-32, 2012.

PEHKONEN, I.; TAKALA, E-P.; KETOLA, R.; VIIKARI-JUNTURA, E.; et al. Evaluation of a participatory ergonomic intervention process in kitchen work. Applied Ergonomics, v. 40, n. 1, p. 115-123, 2009.

RUCAY, P.; FUSELLIER, C.; GARNIER, L.; MOISAN, S.; RIPAULT, B.; et al. Le bruit dans un service de restauration collective hospitalière. Archives des Maladies Professionnelles et de l'Environnement, v. 71, n. 6, p. 882-887, 2010.

SANTANA, Â. M. C. A produtividade em Unidades de Alimentação e Nutrição: aplicabilidade de um sistema de medida e melhoria da produtividade integrando a ergonomia. 255 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2002.

UFRGS. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Restaurantes Universitários. Disponível em: . Acesso em: 27 out. 2014.

VILLAROUCO, V.; ANDRETO, L. Avaliando desempenho de espaços de trabalho sob o enfoque da ergonomia do ambiente construído. Produção, v. 18, n. 3, p.523-539, 2008.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236117018088



DEAR AUTHORS,

PLEASE, CHECK CAREFULLY BEFORE YOUR SUBMISSION:

- IF ALL AUTHORS "METADATA" (ORCID, LINK TO LATTES, SHORT BIOGRAPHY, AFFILIATION) WERE ADDED,

- THE CORRECT IDIOM YOUR SECTION,

- IF THE HIGHLIGHTS WERE ADDED,

- IF THE GRAPHIC ABSTRACTS WAS ADDED,

- IF THE REVIEWERS INDICATION WAS DONE,

- IF THE REFERENCES FORMAT ARE CORRECT(ABNT)

- IF THE RESOLUTION YOUR FIGURES (600 DPI) ARE SUITABLE

*******************************

PREZADOS AUTORES,

POR FAVOR, VERIFIQUE ATENTAMENTE ANTES DA SUBMISSÃO: 
- SE OS METADADOS (ORCID, LINK PRO LATTES, CURTA BIOGRAFIA E AFILIAÇÃO) DE "TODOS" OS AUTORES FORAM ADICIONADOS, 
- IDIOMA, 
- SE OS HIGHLIHTS FORAM ADICIONADOS, 
- SE O GRAPHICAL ABSTRACT FOI ADICIONADO, 
- SE A INDICAÇÃO DOS REVISORES FOI FEITA, 
- SE O FORMATO DAS REFERÊNCIAS ESTÁ ADEQUADO (ABNT) 
- SE A RESOLUÇÃO SUAS FIGURAS (600 DPI) ESTÁ ADEQUADA.

 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

 

**************************************************

WE ARE ON FACEBOOK! (You are our guest!)

 

Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/22361170

Contact: reget.ufsm@gmail.com

...................................................................................


Accesses since 19/06/2012

...................................................................................

Sponsors: