Crítica e perspectiva filosófica do sapere aude kantiano no Instituto Federal do Pará: o retrocesso do novo ensino médio

Tomaz Martins da Silva Filho

Resumo


O artigo reflete sobre a importância do discurso filosófico como pensamento reflexivo a partir do conceito de  aufklärung kantiano em uma instituição de ensino. Trata-se de resultados parciais de pesquisa em andamento na coordenação de pesquisa do campus Conceição do Araguaia –PA.  Tem como metodologia pesquisa bibliográfica de abordagem qualitativa. Tem como objetivo ressaltar as garantias de pensamento autônomo, portanto, liberdade de expressão e uso público da razão no Instituto Federal, tendo em vista a formação do pensamento autônomo e os entraves para o estabelecimento desde provocados pela lei nº 13.415, de 16 de fevereiro de 2017 e das Diretrizes do IFPA dela decorrente.  Percebe-se como discussões que não há crítica, nem autocrítica sem autonomia. A lei que reformula o novo ensino médio prioriza o saber tecnológico em detrimento do saber humano. O IFPA em comunhão com esse pensamento meramente tecnocrático cria as Diretrizes para Reorganização dos Cursos Técnicos na Forma Integrada do IFPA. Como considerações finais percebe-se que o documento cerceia a autonomia de pensamento proporcionada pelas humanidades. Priva os alunos de amplo conhecimento filosófico e sociológico. É um disciplinamento da criticidade do aufklärung.  

 


Palavras-chave


Filosofia; Currículo; Liberdade; Aufklärung; Sapere aude

Texto completo:

pdf

Referências


BARBOSA, Evandro. COSTA, Thaís Cristina Alves. Metodologia e Prática de Pesquisa em Filosofia. NEPFIL, Pelotas. 2015.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei nº 13.415, de 16 de fevereiro de 2017. Altera as Leis nos 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, e 11.494, de 20 de junho 2007, que regulamenta o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, a Consolidação das Leis do Trabalho - CLT, aprovada pelo Decreto-Lei no 5.452, de 1o de maio de 1943, e o Decreto-Lei no 236, de 28 de fevereiro de 1967; revoga a Lei no 11.161, de 5 de agosto de 2005; e institui a Política de Fomento à Implementação de Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral. Disponível em: http://www. planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2017/Lei/L13415.htm. Brasília, 2017.

IFPA. Diretrizes para Reorganização dos Cursos Técnicos na Forma Integrada do IFPA. Disponível em http://proen.ifpa.edu.br. Belém, 2018.

IFPA. Documento Base: Estratégias para Fortalecimento da Educação Profissional Integrada ao Ensino Médio no Contexto da Lei 13.415/2017. Disponível em http://proen.ifpa.edu.br. Belém, 2017.

JAEGER, WERNER. Paidéia: A Formação do Homem Grego. Trad. Artur M. Parreira. Martins Fontes, São Paulo. 1995.

KANT, Immanuel. Resposta à Pergunta: O Que é Esclarecimento. Textos Seletos. Tradução Floriano de Sousa Fernandes. 8ª ed. Petrópolis: Editora Vozes. 2012a. Pg. 63- 71.

KANT, Immanuel. Sobre a pedagogia. Trad. João Tiago Proença. Lisboa: Edições 70, 2012b.

KANT, Immanuel. Crítica da Razão Pura. Trad. e notas de Fernando Costa Mattos. Petrópolis, RJ: Vozes; Bragança Paulista, SP: Editora Universitária São Francisco, 2012c.

KANT, Immanuel. Lógica. Trad. De Gottlob Benjamin Jasche de Guido Antônio de Almeida. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1992.

MORIN, Edgar. A noção de sujeito. In: SCHNITMAN, Dora Fried. (org.). Novos Paradigmas, Cultura e Subjetividade. Porto Alegre. Artes médicas. 1996.

WEBER, Demétrio. MEC vai propor reforma curricular do ensino médio. Disponível em: https://oglobo. globo.com/sociedade/educacao/mec-vai-propor-reforma-curricular-do-ensino-medio-5813672. 16/08/2012 21:14. Acesso em: 15-06-18.




DOI: https://doi.org/10.5902/2448065734592

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

A Revista Digital de Ensino de Filosofia - REFilo agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

_____________________________________________________________