Formação de nível médio em enfermagem: perspectivas na visão de estudantes de pós-graduação

Jouhanna do Carmo Menegaz, Daiana Kloh, Jussara Gue Martini, Kenya Schmidt Reibnitz, Vânia Marli Schubert Backes, Katheri Maris Zamprogna

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/2179769217418

Objetivo: Conhecer a visão de estudantes de mestrado de um programa de pósgraduação em enfermagem da Região Sul do Brasil acerca da formação de nível médio em enfermagem. Método: Estudo qualitativo com abordagem exploratório-descritiva, realizado através de questionário e grupo focal. Os dados foram coletados no mês de junho de 2011 e analisados por meio da proposta operativa de Minayo. Resultados: Surgiram as categorias: Caminhos dos cursos de nível médio em enfermagem; Perfil e formação de docentes dos cursos técnicos; e Perspectivas para formação profissional de nível médio. Destacaram-se avanços na educação de nível médio, aproximação com o Sistema Único de Saúde, assim como necessidade de revisitar a formação docente. Considerações Finais: Apesar de avanços reconhecidos pelos participantes, aponta-se que ainda é necessário ampliar e promover o debate sobre a formação de nível médio em enfermagem para superação da divisão técnica e social do trabalho de enfermagem, estímulo à formação docente e formulação de diretrizes curriculares.

Palavras-chave


Enfermagem; Ensino; Sistema Único de Saúde; Desenvolvimento de pessoal; Educação em enfermagem.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2179769217418