Aplicabilidade clínica das intervenções de enfermagem de uma terminologia para assistência no processo de amamentação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5902/2179769268259

Palavras-chave:

Alojamento Conjunto, Amamentação, Estudos Transversais, Terminologia Padronizada em Enfermagem, Processo de Enfermagem

Resumo

Objetivo: analisar a aplicabilidade clínica das intervenções de enfermagem do subconjunto terminológico da Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem (CIPE®) para assistência à mulher e à criança em processo de amamentação. Método: estudo transversal. Dados coletados pela observação, sistemática e não participativa, durante os cuidados às puérperas em uma maternidade. Participaram puérperas e seus recém-nascidos; enfermeiras e técnicos em enfermagem. Utilizado instrumento com as 213 intervenções do subconjunto. Resultados: em 15 observações, 24 intervenções foram prescritas e observadas, como examinar as mamas da mãe; 77 não prescritas e observadas, como estimular amamentação em livre demanda; e 112 não foram observadas e nem prescritas, como reforçar as vantagens da amamentação. Conclusão: as intervenções do subconjunto da CIPE® são aplicáveis em alojamento conjunto. Identificou-se deficiência na prescrição e avaliação das intervenções de enfermagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Odette Moura dos Santos, Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Enfermeira. Especialista em cuidado intensivos neonatal e pediátrico e mestranda em Tecnologia em Saúde pelo Programa de Pós-Graduação em Tecnologia em Saúde da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Curitiba. Paraná.

Fernanda Broering Gomes Torres, Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Enfermeira. Mestre e doutoranda em Tecnologia em Saúde pelo Programa de Pós-Graduação em Tecnologia em Saúde da Pontifícia Universidade Católica do Paraná.

Denilsen Carvalho Gomes, Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Enfermeira. Doutora em Tecnologia em Saúde pelo Programa de Pós-Graduação em Tecnologia em Saúde da Pontifícia Universidade Católica do Paraná.

Cândida Caniçali Primo, Universidade Federal do Espírito Santo

Enfermeira. Doutora em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Professora do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Espírito Santo.

Marcia Regina Cubas, Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Enfermeira. Doutora em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo. Professora do Programa de Pós-Graduação em Tecnologia em Saúde da Pontifícia Universidade Católica do Paraná.

Referências

International Council of Nurses (ICN). Guidelines for ICNP catalogue development [Internet]. Geneva (CH): International Council of Nurses; 2017 [cited 2020 Sept 23]. Available from: https://www.icn.ch/sites/default/files/inline-files/Guidelines%20for%20ICNP%20Catalogue%20Development%202018.pdf

Clares JWB, Freitas MC, Guedes MVC, Nóbrega MML. Construction of terminology subsets: contributions to clinical nursing practice. Rev Esc Enferm USP. 2013;47(4):965-70. doi: 10.1590/S0080-623420130000400027

Primo CC, Resende FZ, Garcia TR, Duran ECM, Brandão MAG. ICNP® terminology subset for care of women and children experiencing breastfeeding. Rev Gaúcha Enferm. 2018;39:e2017-0010. doi: 10.1590/1983-1447.2018.2017-0010

Passinho RS, Primo CC, Fioresi M, Nóbrega MML, Brandão MAG, Romero WG. Elaboration and validation of an ICNP® terminology subset for patients with acute myocardial infarction. Rev Esc Enferm USP. 2019;53:e03442. doi: 10.1590/S1980-220X2018000603442

Caniçali Primo C, Brandão MAG. Interactive theory of breastfeeding: creation and application of a middle-range theory. Rev Bras Enferm. 2017;70(6):1191-8. doi: 10.1590/0034-7167-2016-0523

Liang YW, Chang HF, Lin YH. Effects of health-information-based diabetes shared care program participation on preventable hospitalizations in Taiwan. BMC Health Serv Res. 2019;19(1):890. doi: 10.1186/s12913-019-4738-1

Ferreira LL, Chiavone FBT, Bezerril MS, Alves KYA, Salvador PTCO, Santos VEP. Analysis of records by nursing technicians and nurses in medical records. Rev Bras Enferm. 2020;73(2): e20180542. doi: 10.1590/0034-7167-2018-0542

Querido DL, Christoffel MM, Nóbrega MML, Almeida VS, Andrade M, Esteves APVS. Terminological subsets of the International Classification for Nursing Practice: an integrative literature review. Rev Esc Enferm USP. 2019;53:e03522. doi: 10.1590/S1980-220X2018030103522

Malta M, Cardoso LO, Bastos FI, Magnanini MM, Silva CM. STROBE initiative: guidelines on reporting observational studies. Rev Saúde Pública. 2010;44(3):559-65. doi: 10.1590/s0034-89102010000300021

Safari K, Saeed AA, Hasan SS, Moghadadam-Banaem L. The effect of mother and newborn early skin-to-skin contact on initiation of breastfeeding, newborn temperature and duration of third stage of labor. Int Breastfeed J. 2018;13(1):32. doi: 10.1186/s13006-018-0174-9

Rollins NC, Bhandari N, Hajeebhoy N, Horton S, Lutter CK, Martines JC, et al. Why invest, and what it will take to improve breastfeeding practices? Lancet. 2016;387:491-504. doi: 10.1016/S0140-6736(15)01044-2

Silva CM, Pellegrinelli ALR, Pereira SCL, Passos IR, Santos LC. Práticas educativas segundo os "dez passos para o sucesso do aleitamento materno" em um banco de leite humano. Ciênc Saúde Colet. 2017;22(5):1661-71. doi: 10.1590/1413-81232017225.14442015

Coca KP, Pinto VL, Westphal F, Mania PNA, Abrão ACFV. Bundle of measures to support intrahospital exclusive breastfeeding: evidence of systematic reviews. Rev Paul Pediatr. 2018;36(2):214-20. doi: 10.1590/1984-0462/;2018;36;2;00002

Rocha GP, Oliveira MCF, Ávila LBB, Longo GZ, Cotta RMM, Araújo RMA. Condicionantes da amamentação exclusiva na perspectiva materna. Cad Saúde Pública. 2018;34(6):e00045217. doi: 10.1590/0102-311X00045217

Nascimento JSG, Pires FC, Pereira LA, Borges FCM, Silva TCS. Processo de orientação para amamentar: a desarticulação da educação realizada à beira do leito. Rev Atenção Saúde. 2017;15(54):13-20. doi: 10.13037/ras.vol15n54.4759

Emidio SCD, Oliveira VRRF, Carmona EV. Mapping of nursing interventions on breastfeeding establishment in a neonatal unit. Rev Eletrônica Enferm. 2020;22:61840. doi: 10.5216/ree.v22.61840

Cirico MOV, Shimoda GT, Oliveira RNG. Healthcare quality in breastfeeding: implementation of the nipple trauma index. Rev Gaúcha Enferm. 2016;37(4):e60546. doi: 10.1590/1983-1447.2016.04.60546

Carreiro JA, Francisco AA, Abrão ACFV, Marcacine KO, Abuchaim ES, Coca KP. Breast feeding difficulties: analysis of a service specialized in breastfeeding. Acta Paul Enferm. 2018;31(4):430-8. doi: 10.1590/1982-0194201800060

Dias JS, Vieira TO, Vieira GO. Factors associated to nipple trauma in lactation period: a systematic review. Rev Bras Saúde Matern Infant, 2017;17(1):27-42. doi:10.1590/1806-93042017000100003

Barreto JJS, Coelho MP, Lacerda LCX, Fiorin BH, Mocelin HJS, Freitas PSS. Nursing records and the challenges of the implementation in the assistance practice. Rev Min Enferm. 2019;23:e-1234. doi: 10.5935/1415-2762.20190082

Pinto VRS, Ferreira SCM. Computerized tool to calculate nursing quality indicators: a methodological research. Online Brazilian J Nurs. 2014;13:382-5. doi:10.5935/1676-4285.20144745

Soares CR, Peres HHC, Oliveira NB. Processo de Enfermagem: revisão integrativa sobre as contribuições da informática. J Health Inform [Internet]. 2018 out-dez [acesso em 2021 set 27]; 10(4):112-8. Disponível em: http://www.jhi-sbis.saude.ws/ojs-jhi/index.php/jhi-sbis/article/view/550/342

Witten C, Claasen N, Druger HS, Coutsoudis A, Grobler H. Psychosocial barriers and enablers of exclusive breastfeeding: lived experiences of mothers in low-income townships, North West Province, South Africa. Int Breastfeed J 2020,15:76. doi: 10.21203/rs.2.19148/v3

Primo CC, Nunes BP, Lima EFA, Leite FMC, Pontes MB, Brandão MAG. Which factors influence women in the decision to breastfeed? Invest Educ Enferm. 2016;34(1):198-217. doi: 10.17533/udea.iee.v34n1a22

Primo CC, Mocelin HJS, Zavarize TB, Lima EFA, Brandão MAG. A percepção da mulher sobre os espaços para amamentar: suporte na teoria interativa de amamentação. REME Rev Min Enferm. 2019;23:e-1161. doi:10.5935/1415-2762.20190109

Publicado

2022-07-26 — Atualizado em 2022-07-27

Versões

Como Citar

Santos, O. M. dos, Torres, F. B. G., Gomes, D. C., Primo, C. C., & Cubas, M. R. (2022). Aplicabilidade clínica das intervenções de enfermagem de uma terminologia para assistência no processo de amamentação. Revista De Enfermagem Da UFSM, 12, e31. https://doi.org/10.5902/2179769268259 (Original work published 26º de julho de 2022)

Edição

Seção

Artigos Originais