Avaliação da linguagem e aspectos visuais de painéis interpretativos turísticos para geomonumentos e outros elementos geopatrimoniais do COREDE Campanha, RS, Brasil

André Weissheimer de Borba, Milene Ferreira Miletto, Ana Paula Souza Corrêa, Vinícius Lenz Motta, Marta Paula Fischer, Thainara Dalmazo Brunhauser, Renato Pereira Lopes, Felipe Guadagnin

Resumo


Painéis interpretativos são meios de interpretação largamente utilizados em estratégias ligadas ao geopatrimônio, e sua linguagem e aspectos visuais podem ser decisivos para uma boa comunicação com os turistas e a comunidade local. Este trabalho traz uma avaliação de painéis interpretativos preliminares, idealizados para o território do COREDE Campanha, realizada por estudantes do ensino fundamental (séries finais) de uma escola de Caçapava do Sul, os quais analisaram os aspectos gráficos e de conteúdo das interpretações. Com base nessas avaliações, houve mudanças nos tamanhos e cores das fontes do texto escrito, na cor de fundo e nas cores de elementos gráficos específicos, bem como no conteúdo de alguns painéis, especialmente naqueles referentes à temática da paleontologia e da preguiça-gigante.

Referências


ALDRIDGE, D. Mejora de la Interpretación de los Parques y la Comunicación con el Público. UICN (ed.), Segunda Conferencia Mundial sobre Parques Nacionales; Yellowstone y Grand Teton, EE.UU., 18-27 septiembre de 1972. Informe No. 25, 1973.

BAZÁN, H.G. El Mensaje de los Paneles Interpretativos y el Aprovechamiento Turístico y Educativo del Patrimonio Natural. Macla, Revista de la Sociedad Española de Mineralogia, v. 17, p. 57-58, 2013.

BAZÁN, H.G. La Interpretación del Patrimonio como estrategia para la educación y socialización del patrimonio en el medio rural. Monográfico, v. 9, p. 21-40, 2014.

BORBA, A.W.; FIGUEIRÓ, A.S.; GARCIA, T.S.; DOMINGUES, S.A.; SOUZA, L.P.M. Peculiaridades da ‘metade sul’ gaúcha e suas implicações para a geoconservação, o geoturismo e os geoparques. Geonomos, v. 21, n. 2, p. 79-83, 2013.

BORBA, A.W.; SILVA, E.L.; SOUZA, L.P.M.; SOUZA, L.F.; MARQUES, R.V. Relação entre a geodiversidade intrínseca e a estruturação de habitat na escala do geossítio: exemplos na Serra do Segredo e nas Pedras das Guaritas (Caçapava do Sul, RS, Brasil). Pesquisas em Geociências, v. 43, n. 2, p. 183-202, 2016.

DOMINGUES, S.A. Patrimônio geo-mineiro da localidade de Minas do Camaquã (Caçapava do Sul, RS). Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Geografia. Universidade Federal de Santa Maria. 135p. 2016.

HOSE, T. Geoturismo europeo. Interpretación geológica y promoción de la conservación geológica para turistas. In Barettino, D., Vallejo, M. y Gallego, E. (Eds.). Patrimonio Geológico: Conservación y Gestión. Sociedad Geológica de España, Instituto Tecnológico Geominero de España y European Association for the Conservation of the Geological Heritage: Madrid, 1999.

LUZ, F.G.; MOREIRA, J.C. Geoturismo aliado a painéis interpretativos: uma proposta para o Buraco do Padre, Ponta Grossa (PR). Revista Nordestina de Ecoturismo, Aquidabã, v. 3, n. 2, p. 18-30, 2010.

MEIRA, S.A.; BRITO, D.S.; MORAIS, J.O. Interpretação Ambiental e Geodiversidade: Proposta de um Painel Interpretativo sobre o Geossítio Pedra Furada, Parque Nacional de Jericoacoara, Ceará. Espaço Aberto, PPGG-UFRJ, v. 6, n. 2, p. 9-27, 2016.

MORALES MIRANDA, J. La interpretación ambiental y la gestión del medio. In Comunicações e apresentações - I Jornada de Educação Ambiental. Direção Geral de Meio Ambiente. Barcelona, 1983.

MOREIRA, J.C. Interpretative panels about the geological heritage – a case study at the Iguassu Falls National Park (Brazil). Geoheritage, v. 4, p. 127-137, 2012.

MOREIRA, J.C. Geoturismo e Interpretação Ambiental. Ponta Grossa: Editora UEPG, 2014, 157 p.

NOVA SCOTIA. Outdoor Interpretive Signage – Your Guide to Connecting People and Places. Tourism Development ‘How to Guide’, 52 p., 2008, disponível em https://tourismns.ca/sites/default/files/2017-01/interpretive_guide_0.pdf, acesso em 18/12/2018.

RISK, P.H. The Interpretive Talk. In: SHARPE, G. (ed.), Interpreting the Environment, Wiley & Sons. London. 1982.

SELL, J.C. Estradas paisagísticas: estratégia de promoção e conservação do patrimônio paisagístico do pampa Brasil-Uruguai. Tese de Doutorado, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), 2017, 321 p.

TILDEN, F. Interpreting Our Heritage. The University of North Carolina Press, Chapel Hill. North Carolina, 1957.




DOI: https://doi.org/10.5902/2236499437740

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Indexações e Bases Bibliográficas