Os professores de geografia das escolas públicas do Gama - DF frente ao processo de formação continuada: uma leitura analítica dos anos 2017 e 2018

Maciel Pereira da Silva, Cristina Maria Costa Leite, Jean Volnei Fernandes

Resumo


Este artigo decorre de investigação, desenvolvida ao longo dos anos de 2017 e 2018, a respeito do olhar dos docentes de Geografia das escolas públicas do Gama/DF e sua participação no processo de formação continuada, bem como da política de fomento, desenvolvida pela Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal / SEEDF, em relação ao referido processo. O professor, ao longo da vida profissional, deve ter a oportunidade contínua de participar de cursos de formação continuada. Estes teriam por fim revisitar conceitos, refletir acerca do contexto escolar, reelaborar teorias. Assim, no intuito de evidenciar a problematização deste trabalho, indagamos: a SEEDF oferece cursos de formação continuada em Geografia? O professor de Geografia participa de cursos de formação continuada? No olhar do professor de Geografia, os cursos oferecidos contribuem para o aperfeiçoamento da sua prática diária? Utilizou-se a pesquisa qualiquantitativa com a aplicação de questionários semiabertos. Foram pesquisados vinte professores de quatro escolas públicas do Gama-DF, no decorrer dos anos de 2017 e 2018. Todos os docentes consideraram ser importante participar de cursos de formação continuada. A grande maioria dos sujeitos da pesquisa participou dessa modalidade de curso nos últimos anos. A SEEDF possui política de incentivo a participação em cursos de formação continuada, porém os docentes consideram-nas insuficientes.


Texto completo:

HTML PDF

Referências


APPLE, Michael W. A educação pode mudar a sociedade? Petrópolis: vozes, 2017

BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO (BID). Profissão: professor na América Latina: Por que a docência perdeu prestígio e como recuperá-lo? Washington, D. C.: Banco Interamericano de Desenvolvimento, 2018.

CUNHA, M.I. Lugares de formação: tensões entre a academia e o trabalho docente. In: DALBEN, A.I.L.F. et al. (Orgs.). Convergências e tensões no campo da formação e do trabalho docente. Belo Horizonte: Autêntica, 2010. p.129-49.

DISTRITO FEDERAL. Lei nº 5.515, de 03 de outubro de 2013. Reestrutura a carreira Magistério Público do Distrito Federal. Brasília: Diário Oficial do Distrito Federal, 2013, p. 1 – 7.

HUBERMAN, Michael, O ciclo de vida profissional dos professores. In: NÓVOA, Antônio. Vidas de Professores. 2 ed. Portugal: Porto Editora, 1995.

LEFEVRE, Fernando e LEFEVRE, Ana Maria Cavalcanti. Discurso do Sujeito Coletivo: representações sociais e intervenções comunicativas. In: Texto Contexto Enferm: Florianópolis, abr-jun; 2014; pág. 502-7.

LUCARELLI, Elisa.Teoria y práctica en la universidad. La innovación en las aulas. Buenos Aires, Editora Mino e Dávilla, 2009.

PIMENTA, Selma Garrido. Formação de professores: saberes da docência e identidade do professor. in: Nuances, Vol. III, setembro de 1997.

PIRES, L. M.. Da formação inicial ao exercício da profissão docente: entre desafios, perspectivas e práticas no cotidiano do professor de Geografia. In: Revista Brasileira de Educação Geográfica, Campinas, v. 2, n. 4, p. 15 – 39, jul/dez., 2012.

PONTUSCHKA, N. N.; LOPES, C. S.. O conhecimento pedagógico do conteúdo na prática profissional de professores de geografia. GEOUSP – Espaço e Tempo, São Paulo, v. 19, n. 1, p. 076 - 092, 2015.

PONTUSCHKA, N. N. et al. Para ensinar e aprender Geografia. Editora Cortez, São Paulo, 2007.

SHULMAN, Lee S. Conocimiento y enseñanza: fundamentos de la nueva reforma. Profesorado. Revista de Currículum y Formación de Profesorado. v.9, n.2, Granada, España, 2005, pp.1-30.

SILVA, A. B. e OLIVEIRA, S. R. L. Docência em Geografia: alguns elementos acerca do processo de formação. In: ALVES, A. O. e KHAOULE, A. M. K. (Orgs). A Geografia no cenário das políticas públicas educacionais. Goiânia: Alfa, 2017.

SILVA, G. E. R. da.Valparaíso de Goiás-GO: migração e dinâmica socioespacial -1995/2010. Dissertação de mestrado. Goiânia. UFG, 2012. 195f.




DOI: https://doi.org/10.5902/2236499435375

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Indexações e Bases Bibliográficas