Liming and phosphate fertilizecalagem e adubação fosfatada no crescimento de mudas de Mimosa caesalpiniifolia Benth. em latossolo vermelho-amarelor on growth of Mimosa caesalpiniifolia Benth. seedlings in red-yellow latosol

Raimundo Tomaz da Costa Filho, Sérgio Valiengo Valeri, Mara Cristina Pessôa da Cruz

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/198050988442

O presente trabalho teve por objetivo avaliar os efeitos da adição de calcário e adubo fosfatado na produção de mudas de sabiá (Mimosa caesalpiniifolia Benth.) sem acúleos, em ambiente protegido. Plântulas com 10 dias de idade foram transferidas para sacos de plástico contendo 2,0 kg de Latossolo Vermelho-Amarelo distrófico psamítico, coletado na camada de 40 a 70 cm. O experimento foi conduzido no município de Teresina – PI, no período de julho a outubro de 2008, em ambiente protegido por tela com 50 % de retenção de luz. Foram usadas duas doses de calcário (com e sem calcário) e cinco doses de fósforo, combinadas em esquema fatorial 2 x 5. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso com quatro repetições e cada parcela continha três mudas. A quantidade de calcário foi calculada para elevar a saturação por bases a 50 % com o uso de calcário e as doses de fósforo foram 0, 30, 60, 90 e 120 mg kg-1 de P. Foi cultivada uma muda por saco de plástico, com as dimensões de 10 x 23 cm. As variáveis avaliadas nas mudas foram: altura, diâmetro a 1,0 cm do coleto, área foliar, número de folhas e matéria seca da parte aérea e raízes. Nas condições do solo estudado, a calagem não é necessária para produção de mudas de sabiá. A aplicação de, em média, 72 a 107 mg kg-1 de P obtém-se, respectivamente, de 90 a 100 % dos máximos rendimentos de altura, diâmetro, área foliar, biomassa da parte aérea e raízes.

Palavras-chave


sabiá; espécie madeirável; fertilização; calcário

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, J. A.; TORRENT, J.; BARRÓN, V. Cor de solo, formas de fósforo e adsorção de fosfatos em Latossolos desenvolvidos de basalto do extremo-sul do Brasil. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 27, n. 6, nov./dez., p. 985-1002, 2003.

ARTUR, A. G.; CRUZ, M. C. P.; FERREIRA, M. E. Esterco bovino e calagem para formação de mudas de guanandi. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 42, n. 6, p. 843-850, jun. 2007.

BAPTISTA, J. G. Geografia física do Piauí. Teresina: COMEPI. 1981. 182p.

BARBOSA, J. C.; MALDONADO JÚNIOR, W. AgroEstat: sistema para análises estatísticas de ensaios agronômicos, versão 1.1.0.626, 2011. Jaboticabal: FCAV - Departamento de Ciências Exatas, 2011.

BASTOS, E. A.; ANDRADE JÚNIOR, A. S. Dados agrometeorológicos para o município de Teresina, PI (1980-2004). Teresina: Embrapa Meio-Norte, 2006. 36 p.

BRAGA, F. A. et al. Exigências nutricionais de quatro espécies florestais. Revista Árvore, Viçosa, v. 19, n. 1, p. 18-31, 1995.

BRAGA, R. Plantas do nordeste, especialmente do Ceará. 3. ed. Mossoró: ESAM 1976, p. 435-436 (ESAM Coleção Mossoroense, 42).

CARNEIRO, J. G. A. Produção e controle de qualidade de mudas de espécies florestais. Curitiba: UFPR-FUPEF, 1995. 451p.

CECONI, D. E. et al. Crescimento de mudas de açoita cavalo (Luehea divaricata Mart.) sob influência da adubação fosfatada. Revista Cerne, Lavras, v. 12, n. 3, p. 292-299, jul./set. 2006.

CHAVES, L. F. C. et al. Crescimento de mudas de jacarandá da Bahia (Dalbergia nigra (Vell.) Fr. Allem.) em resposta a inoculação com fungos micorrízicos vezículo-arbusculares em diferentes níveis de fósforo no solo. Revista Árvore, Viçosa, v. 19, n. 1, p. 32-49, 1995.

CRUZ, C. A. F. et al. efeito de macronutrientes sobre o crescimento e qualidade de mudas de canafístula cultivadas em latossolo vermelho-amarelo distrófico. Revista Árvore, Viçosa, v. 35, n. 5, p. 983-995, set./out. 2011.

DIAS, L. E.; ALVAREZ, V. H. V.; JUCKSCH, I. Formação de mudas de taxi-branco (Sclerolobium paniculatum Vogel em resposta a calcário e fósforo. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 26, n. 1, p. 69-70, 1991.

EMBRAPA, Centro nacional de pesquisa de solo. Sistema brasileiro de classificação de solos. 2. ed. Rio de Janeiro, 2006. 412 p.

EMBRAPA. Centro nacional de pesquisa de solo. Manual de métodos de análise do solo. 2. ed. Rio de Janeiro, 212 p. 1997.

FERNANDES, L. A. et al. Crescimento inicial, níveis críticos de fósforo e frações fosfatadas em espécies florestais. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 35, n. 6, p. 1191-1198, jun. 2000.

FERNÁNDEZ R., I. E. et al. Reversibilidade de fósforo não-lábil em solos submetidos à redução microbiana e química. ii - extrações sucessivas do fósforo pela resina de troca aniônica. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 32, n. 6, nov./dez., p. 2319-2330, 2008.

FURTINI NETO, A. E. et al. Acidez do solo, crescimento e nutrição mineral de algumas espécies arbóreas, na fase de muda. Cerne, Lavras, v. 5, n. 2, p. 1-12, 1999.

GAHOONIA, T. S.; RAZA, S.; NIELSEN, N. E. Phosphorus depletion in the rhizosfere as influenced by soil moisture. Plant and Soil, Dordrecht, v. 159, n. 2, p. 213-218, 1994.

GOMES, K. C. O. et al. Crescimento de mudas de garapa em resposta à calagem e ao fósforo. Revista Árvore, Viçosa, v. 32, n. 3, p. 387-394, maio/jun. 2008.

GOMES, K. C. O. et al. Influência da saturação por base e do fósforo no crescimento de mudas de angico-branco. Revista Árvore, Viçosa, v. 28, n. 6, p. 785-792, nov./dez. 2004.

GONÇALVES, C. A.; FERNANDES, M. M.; ANDRADE, A. M. Celulose e carvão vegetal de Mimosa caesalpiniifolia Benth. (sabiá). Floresta e Ambiente, Seropédica, v. 6, n. 1, p. 51-58, jan./dez. 1999.

JACOMINE, P. K. T. Levantamento exploratório-reconhecimento de solos no estado do Piauí. Rio de Janeiro: EMBRAPA-SNLCS/SUDENE-DRN. 1986. 782 p.

KÖPPEN, W. Das geographische system der klimate. Handbuch of klimatologie, Berlin: Bortraeger, 1949.

LIMA, L. S. H.; FRANCO, E. T. H.; SCHUMACHER, M. V. Crescimento de mudas de Euterpe edulis Martius em resposta a diferentes doses de fósforo. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 18, n. 4, p. 461-470, out./dez. 2008.

LORENZI, H. Árvores brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas nativas do Brasil. 3. ed. Nova Odessa: Instituto Plantarum, 2000. 351 p.

MACKAY, A. D.; BARBER, S. Soil moisture effect on root growth and phosphorus uptake by corn. Agronomy Journal, Madison, v. 77, p. 519-523, 1985.

MALAVOLTA, E. Elementos de nutrição mineral de plantas. São Paulo: Agronômica Ceres, 1980. 254 p.

MALAVOLTA, E. Manual de calagem e adubação das principais culturas. São Paulo: Agronômica Ceres, 1987. 496 p.

MELLO, A. H. et al. Influência de substratos e fósforo na produção de mudas micorrizadas de Acacia mearnsii De Wild. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 18, n. 3, p. 321-327, jul./set. 2008.

MENDES, B. V. Sabiá (Mimosa caesalpiniifolia Benth.): valiosa forrageira arbórea e produtora de madeira das caatingas. Mossoró: ESAM, 1989. 31 p. (Coleção Mossoroense, 660 Série B).

NOVAIS, R. F.; NEVES, J. C. L.; BARROS, N. F. Ensaio em ambiente controlado. In: OLIVEIRA, A. J.; GARRIDO, W. E.; ARAÚJO, J. D.; LOURENÇO, S. (Coord.). Métodos de pesquisa em fertilidade do solo. Brasília: Embrapa-SEA, 1991. p.189-253. (Embrapa-SEA. Documentos, 3).

RAIJ, B. van. Fertilidade do solo e adubação. São Paulo: Agronômica Ceres, Associação Brasileira para a Pesquisa da Potassa e do Fósforo, 1991. 343 p.

RAMALHO, P. E. Sabiá Mimosa caesalpiniifolia. Colombo: Embrapa Florestas, nov. 2007. 10 p. (Circular técnica, 135).

REIS, M. G. F. et al. Exigências nutricionais de mudas de Jacarandá da Bahia (Dalbergia nigra (Vell.) Fr. Allem. Produzidas em dois níveis de sombreamento. Revista Árvore, Viçosa, v. 21, n. 4, p. 63-471, 1997.

RESENDE, A. V. et al. Crescimento inicial de espécies florestais de diferentes grupos sucessionais em resposta a doses de fósforo. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 34, n. 11, p. 2071-2081, nov. 1999.

RIBASKI, J. et al. Sabiá (Mimosa caesalpiniifolia): árvore de múltiplo uso no Brasil. Colombo: Embrapa Florestas, 2003. 4 p. (Comunicado técnico, 104).

SCHUMACHER, M. V.; CECONI, D. E.; SANTANA, C. A. Influência de diferentes doses de fósforo no crescimento de plantas de canafístula (Peltophorum dubium (Sprengel) Taubert. Boletim de Pesquisa Florestal, Colombo, n. 47, p. 99-114, jul./dez. 2003

SOUZA, P. H. et al. Influência da saturação por bases do substrato no crescimento e qualidade de mudas de Machaerium nictitans (Vell.) benth. Revista Árvore, Viçosa, v. 32, n. 2, p. 193-201, mar./abr. 2008.

TUCCI, C. A. F. Disponibilidade de fósforo em solos da Amazônia. 1991. 142 f. Tese (Doutorado em Solos e Nutrição de Plantas) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 1991.

VALERI, S. V.; PUERTA, R.; CRUZ, M. C. P. Efeitos do fósforo do solo no desenvolvimento inicial de Genipa americana L. Scientia Florestalis, Piracicaba, n. 64, p. 69-77, dez. 2003.

VENTURIN, R. P. et al. Efeito da relação Ca:Mg do corretivo no desenvolvimento e nutrição mineral de mudas de aroeira (Myiracroduon urundeuva Fr. All.). Cerne, Lavras, v. 6, n. 1. p. 30-39, 2000.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/198050988442

Licença Creative Commons