Índice de diversidade para entomofauna da bracatinga (Mimosa scabrella Benth.).

Ervandil Corrêa Costa, Dionisio Link, Liliana D. de Medina

Resumo


No período de abril de 1983 a setembro de 1984, efetuou-se o levantamento da entomofauna da bracatinga, em Almirante Tamandaré, PR. Os levantamentos foram efetuados quinzenalmente em copas de talhões com 8, 42 e 60 meses de idade, através da rede de copa e, de seus respectivos sub-bosques com rede de varredura. Para o cálculo do índice de diversidade utilizou-se a fórmula  alfa = (S-1)/log N. Para a tabulação dos dados, optou-se pelas ordens Homoptera, Hemíptera e Coleóptera que apresentaram maior consistência quali-quantitativa. De acordo com os resultados obtidos ficou evidenciado que com o aumento da idade da planta e de seu respectivo sub-bosque ocorre um aumento concomitante e gradativo da diversidade das espécies. Com relação aos dois ecossistemas estudados o sub-bosque apresentou um valor  maior  para  o  índice de diversidade e no que se refere a diversidade das espécies entre famílias, separadamente, Chrysomelidae destacou-se com o mais alto  índice para o ecossistema formado pelas copas e, entre os diferentes sub-bosques destacou-se a família Curculionidae.


Palavras-chave


diversity index, insect fauna, Mimosa scabrella.

Texto completo:

PDF

Referências


CARVALHO, A.O.R. de. Análise faunística de coleópteros coletados em plantas de Eucalyptus uruphylla S.T. Blake e Eucalyptus saligna SM. Piracicaba: ESALQ, 1984. 105p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo, 1984.

CARRANO MOREIRA, A. F. Análise faunística de Scolytidae em comunidades florestais no Estado do Paraná. Recife: UFRPE, 1985. 90p. Dissertação (Mestrado Entomologia) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, 1985.

LINK, D. Abundância relativa e fenologia de alguns Scarabaeoidea fototáticos, na zona de campo de Santa Maria, RS (Coleoptera). Curitiba: UFPR, 1976. 79p. Tese (Doutorado em Entomologia) - Universidade Federal do Paraná, 1976.

MARGALEF, R. Diversidad de especies en las comunidades naturales. Publnes. Inst. Biol. Apli., Barcelona, n.6, p.59-72, 1951.

MARQUES, E.N. Indices faunísticos e grau de infestação por Scolytidae em madeira de Pinus sp. Curitiba: UFPr, 1989. 103p. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná, 1989.

SILVEIRA NETO, S. et al. Manual de ecologia de insetos. São Paulo: Ceres, 1976. 419p.

TERBORGH, J. On the nation of favorablenes in plant ecology. American Naturalist., n.107, p.441-561, 1973.




DOI: https://doi.org/10.5902/19805098285

Licença Creative Commons