REGISTRO DA OCORRÊNCIA DE Hypsipyla ferrealis e Hypsipyla grandella (LEPIDOPTERA: PYRALIDAE) EM FRUTOS DE ANDIROBEIRAS (Carapa guianensis, MELIACEAE) EM MACAPÁ – AP, BRASIL

Cristiane Ramos de Jesus-Barros, Ana Cláudia Lira-Guedes, Marcelino Carneiro Guedes, Gabrielly Guabiraba Ribeiro, Elilson De Jesus Barbosa

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/1980509819679

A andirobeira (Carapa guianensis Aubl.) é uma espécie florestal de grande importância para os amazônicos. No Brasil, é frequentemente encontrada nas florestas de várzeas, em toda a bacia amazônica, mas pode ser encontrada também em floresta de terra firme. É uma árvore de uso múltiplo, com grande potencial para o manejo, já que apresenta alta densidade e distribuição agregada. Sua madeira é de alto valor comercial, assim como o óleo extraído de suas sementes, que é visado pelas indústrias de fármacos e cosméticos. No entanto, boa parte do potencial da produção de óleo pode ser perdida por danos às sementes, principalmente os ocasionados por insetos. Dentre eles destacam-se as mariposas: Hypsipyla ferrealis e Hypsipyla grandella. O objetivo do trabalho foi identificar as espécies de lepidópteros que ocorrem em frutos de andirobeiras em uma floresta de várzea em Macapá, Amapá. O estudo foi realizado na Área de Proteção Ambiental da Fazendinha, onde foram inventariadas todas as andirobeiras adultas e produtivas. Foram coletados 67 frutos, de cinco andirobeiras, diretamente da copa das árvores, utilizando técnicas de rapel e/ou uso de esporas. Após avaliar a biometria dos frutos e sementes, foram separadas as sementes sadias das danificadas. As sementes danificadas foram encaminhadas ao Laboratório de Entomologia da Embrapa Amapá, colocadas em bandejas plásticas cobertas com organza e acompanhadas diariamente até a emergência dos insetos adultos. Todos os insetos adultos foram montados, depositados em caixa entomológica e identificados. Dois frutos coletados a 35 m de altura estavam infestados. Obteve-se 21 pupas, dos quais emergiram 18 indivíduos adultos: Hypsipyla ferrealis (11 exemplares) e Hypsipyla grandella (7).


Palavras-chave


broca-da-andiroba; broca-dos-ponteiros; várzea; FLORESTAM.

Texto completo:

PDF

Referências


ABREU, J. C. Distribuição diamétrica, espacial e regeneração natural de andirobeiras (Carapa spp.) na floresta de várzea da APA (Área de Proteção Ambiental) da Fazendinha, Macapá-AP. 2010. 56 f. Monografia (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade do Estado do Amapá, Macapá, 2010.

BECKER, V. O. Microlepidópteros que vivem nas essências florestais no Brasil. Revista Floresta, Curitiba, v. 3, n. 1, p 85-90, jan./abr., 1971.

BOUFLEUER, N. T. Aspectos ecológicos de andiroba (Carapa guianensis Aubl., Meliaceae), como subsídios ao manejo e conservação. 2004. 84 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Manejo de Recursos Naturais) – Universidade Federal do Acre, Rio Branco, 2004.

CRAWLEY, M. J.; GILLMAN, M. P. Population dynamics of cinnabar moth and ragwort in grassland. Journal of Animal Ecology, Oxford, v. 58, p. 1035-1050, Jan./Feb., 1989.

DRUMMOND, J. A.; DIAS, T. C. A. C; BRITO, D. M. C. Atlas das unidades de conservação do Estado do Amapá. Macapá: MMA/SEMA, 2008. 127 p.

FASORANTI, J. O.; GARA, R. I.; GEISZLER, D. R. Laboratory studies on the flight capacity of the mahogany shoot borer, Hypsipylla grandella (Zeler) (Lepidoptera, Pyralidae). Zeitschrift für Angewandte Entomologie, Hamburg, v. 93, p. 182-186, 1982.

FERRAZ, I. D. K. Informativo técnico rede de sementes da Amazônia: Andiroba, Carapa guianensis Aubl. 2003. Versão eletrônica. Disponível em:<(http://www.inpa.gov.br/sementes/sementes_iT2.php)> Acesso em: 04 de julho de 2011.

FERRAZ, I. D. K.; CAMARGO, J. L. C.; SAMPAIO, P. T. B. Sementes e plântulas de andiroba (Carapa guianensis. Aubl. e Carapa procera DC.): aspectos botânicos, ecológicos e tecnológicos. Acta Amazonica, Manaus, v. 32, n. 4, p. 647-661, jan./mar., 2002.

GUEDES, M. C. et al. Produção de sementes e óleo de andiroba em área de várzea do Amapá. In: SEMINÁRIO DO PROJETO KAMUKAIA - MANEJO SUSTENTÁVEL DE PRODUTOS FLORESTAIS NÃO MADEIREIROS NA AMAZÔNIA. 2008, Rio Branco. Anais... Embrapa Acre: Rio Branco, 2008. p 111-120.

HOLL, K. D.; LULLOW, M. E. Effects of species, habitat and distance from edge on post-dispersal seed predation in a tropical rainforest. Biotropica, Washington, v. 29, n. 4, p. 459-468, Jan./March, 1997.

INMET - INSTITUTO NACIONAL DE METEOROLOGIA. Climas. Disponível em <(http://www.inmet.gov.br)> Acesso em 27 de abril de 2010.

JORDÃO, A. L.; SILVA, R. A. Guia de pragas agrícolas para manejo integrado no estado do Amapá. Ribeirão Preto: Holos, 2006. 130 p.

KLIMAS, C. A., KAINER, K. A.; WADT, L. H. O. Population structure of Carapa guianensis in two forest types in the southwestern Brazilian Amazon. Forest Ecology and Management, Amsterdam, v. 250, p. 256–265, May, 2007.

LIMA, A. S. Produção, biometria e germinação de sementes de andirobeiras (Carapa spp.) da APA da Fazendinha, Macapá – AP. 2010. 54 f. Monografia (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade do Estado do Amapá, Macapá, 2010.

NEVES, O. S. C. et al. Crescimento, produção de matéria seca e acúmulo de N, P, K, Ca, Mg e S na parte aérea de mudas de andiroba (Carapa guianensis Aubl.) cultivado em solo de várzea, em função de diferentes doses de fósforo. Revista Árvore, Viçosa, v. 28, n. 3, p. 343-349, jan./jun., 2004.

PINTO, A. A. Avaliação de danos causados por insetos em sementes de andiroba (Carapa guinensis Aubl.) e andirobinha (C. procera) (Meliaceae) na Reserva Florestal Ducke em Manaus, AM. Brasil. 2007. 80 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia, Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2007.

QUERINO, R. B. et al. Predação de sementes de andiroba (Carapa spp.) por Hypsipyla ferrealis Hampson (Lepidoptera, Pyralidae) em Roraima. Boa Vista: Embrapa, 2008. (EMBRAPA: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, n. 5).

RABELO, B. V. Zoneamento ecológico econômico da área sul do Estado do Amapá: Atlas. Macapá: IEPA, 2007. 44 p.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1980509819679

Licença Creative Commons