Efeito de diferentes substratos na germinação de Chroma pyramidale (Cav. ex Lam.) Urb. (Bombacaceae).

Fabrízia de Oliveira Alvino, Breno Pinto Rayol

Resumo


O objetivo deste trabalho foi analisar o efeito de diferentes substratos na germinação de Ochroma pyramidale (Cav. ex Lam.) Urb. (Bombacaceae). O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado com três tratamentos (substratos) e quatro repetições de 25 sementes. Foram testados os seguintes substratos: areia + vermiculita (1:1); vermiculita e, areia + serragem (1:1). Foi avaliado o efeito dos substratos pelo percentual de germinação das sementes, tempo médio de germinação e índice de velocidade de germinação (IVG). Houve diferença significativa entre os tratamentos em todas as variáveis observadas. As sementes, quando acondicionadas em vermiculita, apresentaram a maior taxa de germinação, maior velocidade e menor tempo de germinação.


Palavras-chave


<i>Ochroma pyramidale</i>; pau-de-balsa; sementes; substratos; germinação

Texto completo:

PDF

Referências


ALIGAZA, R.L.; MELLO, V.D.C.; SANTOS, D.S.B. & IRIGON, D.L. Avaliação de testes de vigor em sementes de feijão e suas relações com a emergência em campo. Revista Brasileira de Sementes, Brasília, v. 12, n. 2, p. 44-58, 1990.

ALVES, E.U.; PAAULA,R.C.OLIVEIRA,A.P;BRUNO,R.L.A;DINIZ,A.A. Germinação de sementes de Mimosa caesalpiniaefolia Benth. em diferentes substratos e temperaturas. Revista Brasileira de Sementes, v. 24, n. 1, p. 169-178, 2002.

ANDRADE, A.C.; SOUZA, A.F.; RAMOS, F.N. PEREIRA, T.S.; CRUZ, A.P.M. Germinação de sementes de jenipapo: temperatura, substrato e morfologia do desenvolvimento pós-seminal. Pesquisa Agropecuária Brasileira. v. 35, n. 3, p. 609-615, 2000.

ANDRADE, A.C.; SOUZA, A.F.; RAMOS, F.N. PEREIRA, T.S. efeito do substrato e da temperatura na germinação e no vigor de sementes de cedro – Cedrela odorata L. (Meliaceae). Revista Brasileira de Sementes, v. 16, n. 1, p. 34-40, 1994.

BARBOSA, J.M.; BARBOSA, L.M.; SILVA, T.S.; FERREIRA, D.T.L. Influência do substrato, da temperatura e do armazenamento sobre germinação de sementes de quatro espécies nativas. Ecossistema, Espírito Santo do Pinhal, v. 10, p. 46-54, 1985.

BRASIL. Regras para análise de sementes. Brasília : Ministério da Agricultura e da Reforma Agrária, 1992. 365p.

CAVALLARI, D.A.N.; WETZEL, M.M.V. da S.; BATISTA, L.A.R. Substrato e temperatura na germinação de sementes de Gmelina arborea Roxb. Revista Brasileira de Sementes, v. 14, n. 1, 1992.

CAVALCANTE, J.A.M. Avaliação de diferentes substratos na germinação e no desenvolvimento vegetativo do açaizeiro (Euterpe oleracea Mart.) - Arecaceae. 2004. 50f. Dissertação (Mestrado em Botânica Tropical) – Universidade Federal Rural da Amazônia e Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém, 2004.

FANTI, S. C.; PEREZ, S.C.J. Influência do substrato e do envelhecimento acelerado na germinação de olho-de-dragão (Adenanthera pavonina L. – Fabaceae). Revista Brasileira de Sementes, v. 2, n. 2, p. 135-141, 1999.

FIGLIOLIA, M.B.; OLIVEIRA, E.C.; PIÑA-RODRIGUES, F.C.M. Análise de sementes. In: AGUIAR, I.B.; PIÑA-RODRIGUES, F.C.M.; FIGLIOLIA, M.B (Coord.). Sementes florestais tropicais. Brasília: ABRATES, 1993. p.137-174.

GARCIA, A.; VIEIRA, R.D. Germinação, armazenamento e tratamento fungicida de sementes de seringueira (Hevea brasiliensis Muell. Arg.). Revista Brasileira de Sementes, v. 16, n. 2, p. 128-133, 1994.

LIMA, de D.; GARCIA, L.C. Avaliação de métodos para o teste de germinação em sementes de Acacia mangium Willd. Revista Brasileira de Sementes, v. 18, n. 2, p. 180-185, 1996.

LABOURIAU, L. G. A germinação de sementes. Washington: Organização dos Estados Americanos. Programa Regional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, 1983. (Série Biologia. Monografia.) 24p.

MAGUIRE, J. D. Speed of germination: aid in selection and evaluation for seedling emergence and vigor. Crop Science, v. 1, p. 176-177, 1962.

MARTINS, C.C.; NAKAGAWA, J.; BOVI, M.L. Efeito da posição da semente no substrato e no crescimento inicial das plântulas de palmito-vermelho (Euterpe espiritosantensis Fernandes – Palmae). Revista Brasileira de Sementes. v. 21, n. 1, p.164-173, 1999.

NETTO, D. A. M. Germinação de sementes de pau-de-balsa (Ochroma pyramidale (CAV) Urb.)- Bombacaceae. Revista Brasileira de Sementes. v. 16, n. 2, p. 159-162, 1994.

PINTO, A. M.; INOUE, M.T.; NOGUEIRA, A.C. Conservação e vigor de sementes de pau-de-balsa (Ochroma pyramidale). Acta Amazônica, v. 34, n. 2, p. 233-236, 2004.

ROSA, L. S. & OHASHI, S.T. Influência do substrato e do grau de maturação dos frutos sobre a germinação do pau-rosa (Aniba rosaeodora Ducke). Revista de Ciências Agrárias, n. 31, p. 49-55, 1999.

SCALON, S.P.Q.; ALVARENGA, A.A.; DAVIDE, A.C. Influência do substrato, temperatura, umidade e armazenamento sobre a germinação de sementes de paupereira (Platycyamus regnelli Benth). Revista Brasileira de Sementes, Brasília, v. 15, n.1, p.143-146, 1993.

VARELA, V.P.; FERRAZ, I.D.K. Germinação de sementes de pau de balsa. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 26, n. 10, p.1685-1689, 1991.

VASQUEZ-YANES, C. Studies on the germination of seeds of Ochroma lagopus Sw. Turrialba, v. 24, n. 2, p. 176-179, 1974.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/198050981937

Licença Creative Commons