EFICIÊNCIA RELATIVA DE FOSFATOS NATURAIS NA ADUBAÇÃO DE PLANTIO DE MUDAS DE Eucalyptus dunnii MAIDEN E Eucalyptus benthamii MAIDEN ETCAMBAGEM EM SOLO SEM E COM CALAGEM

Luciana Patrícia Rosa Dias, Luciano Colpo Gatiboni, Gustavo Brunetto, Márcia Aparecida Simonete, Bruna Bicaratto

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/1980509817443

O eucalipto possui uma grande exigência de fósforo (P) na fase de implantação do povoamento. Por isso o seu nível crítico de P é mais alto na fase inicial de desenvolvimento, diminuindo com o aumento da idade. O trabalho objetivou avaliar a resposta no crescimento inicial de eucalipto à adubação fosfatada e a eficiência relativa (ER) de fosfatos naturais (FNs) em solos sem e com calagem. Para isso, foram conduzidos, no período de outubro de 2010 a fevereiro de 2011, dois experimentos em casa de vegetação, na Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), em Lages (SC), um com mudas de Eucalyptus dunnii e outro com Eucalyptus benthamii, utilizando os FNs Bayovar, Gafsa e Djebel, além do superfosfato triplo e testemunha (sem P), em um Cambissolo Húmico sem e com calagem. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado em arranjo fatorial 5 x 2 (cinco fontes de P e dois níveis de calagem), com quatro repetições. As plantas foram cultivadas por 110 dias e após a colheita, foram determinados a produção de matéria seca (por diferença de peso úmido e peso seco) e o acúmulo de P no tecido vegetal das diferentes partes da planta (determinado por espectrofotometria em comprimento de onda de 882 nm, após redução do complexo fosfomolibidato com ácido ascórbico). A eficiência relativa dos FNs (%) foi calculada a partir dos dados obtidos de matéria seca de parte aérea e matéria seca total. Para a correlação entre os parâmetros de teor de P acumulado na planta e os teores de P disponível no solo foi aplicado o Teste de Correlação de Pearson (P<0,05). Todas as fontes de P apresentaram comportamento semelhante entre si, mas foram superiores à testemunha, entretanto, o uso destas fontes provocou aumento na produção de matéria seca e no teor de P acumulado na parte aérea das plantas de Eucalyptus benthamii e Eucalyptus dunnii aos 110 dias de crescimento em relação ao tratamento testemunha independente da correção do solo. No solo sem calagem, as ERs médias foram 75, 91 e 94% respectivamente para os FNs Bayovar, Gafsa e Djebel. Para os solos com calagem, as ERs médias foram 65, 24 e 25%, para os mesmos fosfatos. Nos tratamentos sem adição de calcário, a eficiência relativa dos FNs foi maior em comparação aos solos com calagem.


Palavras-chave


adubação fosfatada; variação do pH; crescimento inicial; adubação de base.

Texto completo:

PDF

Referências


ALBUQUERQUE, J. A. et al. Aplicação de calcário e fósforo e estabilidade da estrutura de um solo ácido. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 27, p. 799 - 806, 2003.

ALCARDE, J. C. Fertilizantes. In: NOVAIS et al. Fertilidade do solo. Viçosa: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2007. p. 737 - 768.

BRAGA, N. R.; MASCARENHAS, H. A. A.; BULISANI, E. A.; RAIJ, B.van; FEITOSA, C. T. ; HIROCE, R. Eficiência agronômica de nove fosfatos em quatro cultivos consecutivos de soja. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 15, p. 315-319, 1991.

COMISSÃO DE QUÍMICA E FERTILIDADE DO SOLO. Recomendação de adubação e calagem para os Estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Sociedade Brasileira de Ciências do Solo. 10. ed. Porto Alegre, 2004. 400 p.

ERNANI, P. R. et al. Influência da combinação de fósforo e calcário no rendimento de milho. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 24, n. 3, p. 537 - 544, 2000.

ERNANI, P. R. Química do solo e disponibilidade de nutrientes. Lages, SC: O autor, 2008. 230 p.

FEITOSA, C. T. et al. Determinação preliminar da deficiência relativa de fosfato, para trigo, em casa de vegetação. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 2, n. 3, p. 193-195, 1978.

FRANCO, A. A. Fixação de nitrogênio em árvores e fertilidade do solo. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 19, s/n, p. 253 – 261,1984.

FURTINI NETO, A. E. et al. A acidez do solo, crescimento e nutrição mineral de algumas espécies arbóreas, na fase de muda. Cerne, v. 5, n. 2, p. 1 - 12, 1999.

FURTINI NETO, A. E. et al. Fertilização em reflorestamento com espécies florestais nativas. In: GONÇALVES, J. L. de M.; BENEDETTI, V. (Ed.) Nutrição e fertilização florestal. Piracicaba: IPEF, 2000. p. 351 - 383.

GATIBONI, L. C. et al. Superphosphate and rock phosphates as phosphorus sources for grass-clover pasture on a limed acid soil in southern brazil. Communications in soil science and plant analysis. v. 34, Nos. 17-18, p. 2503-2514, 2003.

GAVA, J. L. Efeito comparativo de fontes e doses de fósforo em plantios de eucalipto. Relatório Técnico da Companhia Suzano de Papel e Celulose, 2003. 25 p.

GONÇALVES, J. L. M. Recomendações de adubação para Eucalyptus, Pinus e espécies típicas da Mata Atlântica. Documentos Florestais, Piracicaba, n. 15, p. 1-23, 1995.

HOROWITZ, N.; MEURER, E. J. Eficiência agronômica de fosfatos naturais. In: YAMADA, T.; ABDALA, S. R. S. Fósforo na agricultura brasileira. Piracicaba: Potafos, 2004. p. 665 - 682.

KAMINSKI J, PERUZZO G., Eficácia de fosfatos naturais reativos em sistemas de cultivo. Fonte: Núcleo Regional Sul da Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, Santa Maria - RS, 1997. 31p. (Boletim Técnico n. 3)

LEAL, P. G. L. et al. Biomassa e conteúdo de nutrientes em Eucalyptus grandis influenciados pela aplicação de fosfatos naturais em solos de cerrado. Revista Árvore, Viçosa, v. 12, p. 165-182,1988.

MEHLICH, A. Determination of P, Ca, Mg, K, Na and NH4 by North Carolina Soil Testing Laboratoris. Raleigh: University of North Carolina, 1953. Mimeografado.

MEHLICH, A. Mehlich 3 soil test extractant: A modification of Mehlich 2 extractant. Communications in Soil Science and Plant Analysis, New York, v. 15, p. 1409-1416, 1984.

MOEDA, S.; BOGNOLA, I. A.; Efeito da calagem, do fosfato natural de Gafsa e superfosfato triplo no crescimento inicial e na absorção de fósforo em Eucalyptus dunnii. Pesquisa Florestal Brasileira, Colombo, PR. v. 31, n. 68, p. 355-361, out/dez. 2011.

MURPHY, J. RILEY, J. P. A modified single solution method for the determination of phosphate in natural waters. Analytica Chimica Acta, Oxford, v. 27, p. 31-36, 1962.

NOVAIS, R. F.; RÊGO, A. K.; GOMES, J. M. Níveis críticos de fósforo para eucalipto. Revista Árvore, v. 6, n. 1, p. 29-37, 1982.

NOVAIS, R. F.; SMYTH, T. J. Fontes minerais de fósforo. In: NOVAIS, R. F.; SMYTH, T. J. Fósforo em solo e planta em condições tropicais. Viçosa: UFV, 1999. p. 123 - 164.

RAIJ, B. van; CABALA-ROSARD, P; LOBATO, E. Adubação fosfatada no Brasil: apreciação geral, conclusões e recomendações. In: OLIVEIRA, A; LOURENÇO, S; GOEDERT, W. J. (Ed.). Adubação fosfatada no Brasil. Brasília, DF: EMBRAPA-DID, 1982. p. 9-28. (EMBRAPA-DID. Documentos, 21).

RAMOS, S. J. et al. Biomass production and phosphorus use of forage grasses fertilized with two phosphorus sources. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 33, p. 335-343, 2009.

RESENDE, A. V. et al. Fontes e modos de aplicação de fósforo para o milho em solo cultivado da região do Cerrado. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 30, p. 453-466, 2006.

REZENDE, G. V. et al. Aplicação de fosfatos naturais em plantios de Eucalyptus grandis W. Hill ex Maiden. Revista Árvore. Viçosa, v. 6, p.74-83, 1982.

ROBINSON, J. S.; SYERS, J. K. A critical evaluation of the factors influencing the dissolution of Gafsa phosphate rock. Journal of Soil Science, Oxford, v. 41, p. 597-605, 1990.

SAS Institute Inc® 2003 SAS Ver. 9.1 . 3 SAS Institute Inc.: Cary, NC, USA. Lic. UDESC.

SCHOLEFIELD, D. et al. A comparison of triple superphosphate and Gafsa ground rock phosphate fertilizers as P-sources for grass – clover swards on a poorly-drained acid clay soil. Nutr. Cycl. Agroecosyst., v. 53, p. 147-155, 1999.

SILVA, F. C.; RAIJ, B. V. Disponibilidade de fósforo em solos avaliada por diferentes extratores. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 34, p. 267-288, 1999.

SILVA, C. A., RANGEL, O. J. P., BELIZÁRIO, M. H. Interação calagem-adubação fosfatada e sua influência nos níveis críticos de P e crescimento do euclipto. Scientia Forestalis, n. 73, p. 63-72, mar. 2007.

TEDESCO, M. J. et al. Análise de solo, plantas e outros materiais. Porto Alegre, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1995. 174 p.

TRAN, T. S. et al. Evaluation of Mehlich-III extractant to estimate the available P in Quebec Soils. Communications in Soil Science and Plant Analysis, v. 21, n. 1, p. 1-28, 1990.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1980509817443

Licença Creative Commons