Avaliação dos limites recomendados de pesos de toras manuseadas em atividades de descascamento de madeira.

Nilton Cesar Fiedler

Resumo


O presente estudo foi realizado em uma empresa florestal no norte do Estado da Bahia com o objetivo de analisar os pesos manuseados por trabalhadores em operações de descascamento de madeira e compará-los com os limites recomendados de pesos estabelecidos pelo Instituto Nacional de Segurança e Saúde Ocupacional dos Estados Unidos (NIOSH). O descascamento era realizado com um descascador acoplado na tomada de força de um trator. O abastecimento da mesa receptora de madeira era feito por dois ajudantes. Um terceiro direcionava as toras para o interior do descascador e um quarto recebia as toras descascadas e as direcionava para o solo. Os dados dos pesos manuseados foram obtidos com uma célula de cargas. As distâncias da carga ao corpo, ângulos, deslocamentos e freqüências foram obtidos por medições diretas e um estudo de tempos. As análises foram feitas de acordo com o método do NIOSH. De acordo com os resultados obtidos, o maior peso manuseado pelos ajudantes de descascamento foi encontrado na alimentação do descascador, correspondendo a uma média de 20,3 kgf de peso por tora empurrada. A alta freqüência de alimentação por minuto inviabilizou a realização da operação dessa forma, levando a um limite recomendado de pesos igual a zero.

Palavras-chave


Ergonomia florestal; descascamento de madeira; limites recomendados de pesos

Texto completo:

PDF

Referências


CONAW, P.L. Estatística. São Paulo: Edgard Blucher, 1977. 264 p.

COUTO, H. A. Ergonomia aplicada ao trabalho: o manual técnico da máquina humana. Belo Horizonte: Ergo, 1995, v. 1.

FIEDLER, N. C. Análise de posturas e esforços despendidos em operações de colheita florestal no Litoral norte do Estado da Bahia. Viçosa: UFV, 1998. 103 p. Tese (Doutorado em Ciência Florestal) – Universidade Federal de Viçosa, 1998.

MERINO, E. A. D. Efeitos agudos e crônicos causados pelo manuseio e movimentação de cargas no trabalhador. Florianópolis: UFSC, 1996. 128 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção e Sistemas) – Universidade Federal de Santa Catarina, 1996.

WATERS, T. R.; ANDERSON, V. P.; GARG, A. et al. Revised NIOSH equation for the design and evaluation of manual lifting tasks. Ergonomics, v. 36, n. 7, p. 749-776, 1993.

WATERS, T. R.; ANDERSON, V. P.; GARG, A. Applications manual for the revised NIOSH lifting equation. Cincinnati: U. S. Department of Health Human Services, 1994. 119 p.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/198050981650

Licença Creative Commons