Strategic plan to achieve the SDGs in South Brazil: evidence from the Regional Development Council articulated with the 2030 Agenda

Authors

DOI:

https://doi.org/10.5902/2179460X70586

Keywords:

Strategic development plan, Regional Council, South Brazil, Sustainable development, Sustainability, Regional development

Abstract

The Regional Development Councils (Coredes), created in 1994, have become spaces for discussion of public policies, promotion of governance, and citizen participation in the multiple areas in which the public power operates. In this task, the Councils assume the work of elaborating the strategic plans of regional development. The 28 Coredes of the state of Rio Grande do Sul, Brazil, promote this work responsibility and periodically carry out its evaluation and eventual correction every 10 years, financed by the state government. The last review process, which ended in July 2017, was a process carefully handled by a team of technicians from a university. Universities contribute as articulators to achieve Sustainable Development Goals. This study aims to analyze the methodologies used in this participatory process, the strategies defined, and the proposed projects linked to the 2030 Agenda by the United Nations. From the diagnosis, it was possible to identify the potentialities and challenges for Strategic Development Planning in the region. The following are themes of the Sustainable Development Goals: health, education, infrastructure, and production, among others.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Leila Dal Moro , Imed Business School, Passo fundo, RS, Brazil

Research Professor of the Post-Graduate Program in Administration; Coordinator of the Undergraduate Program in Business Administration with an emphasis on Online Agribusiness; Post-doctorate in Business Administration; PhD in Civil and Environmental Engineering; Master in Civil and Environmental Engineering, Specialist in Environmental Management and Water Resources; Graduated in Public Management.

João Filipe Torres Soares, Universidade de Passo Fundo, Passo Fundo, RS, Brazil

Master in Civil and Environmental Engineering (Infrastructure and Environment), developing research in the area of Environmental Education and Climate Change, Planning and Territorial Management.

Yasmin Gomes Casagranda, Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Campo Grande, MS, Brazil

Post-Doctor, Doctor and Master in Administration. Graduated in Business Administration. Graduated in Accounting. Undergraduate student in Economic Sciences. 

Alana Guadagnin , Imed Business School, Passo fundo, RS, Brazil

Graduated in Letters - Portuguese and English and Respective Literatures, and specialization in School Management.

Giana de Vargas Mores, Imed Business School, Passo fundo, RS, Brazil

Post-doctorate in Business Administration. Doctor and Master in Agribusiness. Specialist in Economics and Business Management and graduated in Economic Sciences. 

References

ANJOS, F. S. Abordagem territorial e desenvolvimento: tópicos sobre a natureza de um debate inacabado. In: BADALOTTI, R. M.; COMERLATTO, D. (Orgs.). Território, territorialidades e estratégias de desenvolvimento regional. Passo Fundo: Ed. IMED, 2016.

ANTONESCU, D. Theoretical approaches of endogenous regional development. MPRA Paper, University Library of Munich, n. 64679, p. 12-21, 2015.

ASHLEY, P. A.; LUZ, A. C. N. (Org.). Políticas públicas e objetivos de desenvolvimento sustentável: relatório de estudos de casos a partir do modelo política, ambiente integral e sociedade – Modelo Pais V.2.0. Niterói: [s.n], 2015. 305 p.

AVENTURA, T. M.; VIEIRA, F. P; KARAMOTO, A. S. F.; GUIMARÃES, G. M. A.; VIEIRA, T. R. A. importância da diversificação da produção para os pequenos produtores rurais. Araraquara: Uniara, 2012.

AWAD, M. M.; SOARES, T. J. F.; ROSA, E.S.; CITTOLIN, M. Atualização do plano estratégico de desenvolvimento regional 2015-2030 / Corede Produção. Passo Fundo: Ed. Universidade de Passo Fundo, 2017.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Emendas Constitucionais de Revisão. Brasília, 5 de outubro de 1988.

Diário Oficial da União, Brasília, 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em: 17 nov. 2021.

BUGS, J. C. Os Coredes e a agenda governamental: uma análise das mudanças do programa dos Coredes nos governos estaduais do Rio Grande do Sul - 1991/2014. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Regional) – Universidade de Santa Cruz do Sul, 2017.

BÜTTENBENDER, O. L.; SIEDENBERG, D. R.; ALLEBRANDT, S. L. Conselhos regionais de desenvolvimento – COREDES/RS: articulações regionais, referenciais estratégicos e considerações crítica. Anais do I Circuito de debates Acadêmicos, IPEA. 2011.

CARGNIN, A. P. Dinâmicas territoriais recentes no Estado do Rio Grande do Sul. (RS 2030: agenda de desenvolvimento territorial). Porto Alegre: FEE, 2014.

CARGNIN, A. P. Políticas de desenvolvimento regional no Rio Grande do Sul: vestígios, marcas e repercussões territoriais. Tese (Doutorado em Geografia) Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. 2011.

CHIARELLO, I. S. A Universidade e seu papel no desenvolvimento regional: contribuições do Proesde. Revista Extensão em Foco, Palotina, v.3. n.1, p. 240-257, 2015.

COSTA, R. M.; FEIX, R. D. Aglomerações industriais e agroindustriais do Rio Grande do Sul. In: OLICHER, W. A. et al. (Orgs.). Panorama socioeconômico e perspectivas para a economia gaúcha. Porto Alegre: FEE, 2014.

DI PIETRO, M. S. Z. Direito administrativo. São Paulo: Atlas, 2003.

DIAS, M. C. A.; MELO, I. B. N. de; MARQUES, S. C. M. Programa município verde azul e suas possibilidades para a gestão ambiental descentralizada em municípios de grande porte. In: Silva, A. L. C. et al. (Orgs.). Gestão ambiental e sustentabilidade. Tupã: ANAP, 2015.

FEE. FUNDAÇÃO DE ECONOMIA E ESTATÍSTICA – RS. Perfil socioeconômico: Corede produção. 2016. Disponível em: https://www.fee.rs.gov.br/perfilsocioeconomico/coredes/detalhe/?corede=Produ%E7%E3o. Acesso em: 8 fev. 2020.

FIORI, T. P. Economia e política do desenvolvimento regional no Rio Grande do Sul. In: MONTEIRO NETO, A.; CASTRO, C. N.; BRANDÃO, C. A. (Orgs.). Desenvolvimento regional no Brasil: políticas, estratégias e perspectivas. Rio de Janeiro: IPEA, 2017.

FUNDAÇÃO ESTADUAL DE PROTEÇÃO AMBIENTAL HENRIQUE LUIZ ROESSLER - FEPAM. U20 - PASSO FUNDO. Porto Alegre, 2017. Disponível em: http://www.fepam.rs.gov.br/qualidade/bacia_uru_passofundo.asp. Acesso em: 29 nov. 2021.

GAVRIILIDIS, G.; METAXAS, T. Strategic planning and city/regional development: review, analysis, critique and applications for Greece. MPRA Paper, [S.l], n. 81131, 2017 Disponível em: https://mpra.ub.uni-muenchen.de/81131/. Acesso em: 29 nov. 2021.

GODECKE, M. V.; MAURÍCIO, G. N. (Orgs.). Guia para planos ambientais municipais. Pelotas: Santa Cruz, 2015.

GOES, G. A.; LEMOS, G. O.; MORALES, A. G. Gestão ambiental na liderança política: encaminhamentos para um consumo sustentável. In: Silva, A. L. C. et al. (Orgs.). Gestão ambiental e sustentabilidade. Tupã: ANAP, 2015.

GONÇALVES, R. R.; BRAATZ, J.; MORAES, G. I. Infraestrutura de transportes no Rio Grande do Sul e desenvolvimento regional. Inovação, sustentabilidade e desenvolvimento no RS, 2016.

HAMMES, I. M. Plano estratégico de desenvolvimento do Rio Grande do Sul 2015-2030: perspectivas estratégicas das regiões funcionais. Lajeado: Ed. da Univates, 2017.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. IBGE. Pernambuco e Alagoas têm as maiores taxas de desemprego no 2º trimestre. 2017. Disponível em: https://ibge.gov.br/. Acesso em: 25 nov. 2021.

LEE, N.; KOTLER, P. Social marketing: influencing behaviors for good. Los Angeles: Sage Publications, 2019.

LIMA, R. S.; SINHORETTO, J; BUENO, S. A gestão da vida e da segurança pública no Brasil. Revista Sociedade e Estado, Brasília, v. 30, n. 1, p. 123-144, 2015.

LODDON MALLEE REGIONAL STRATEGIC PLAN 2015-18. About the Loddon Mallee region. [S.l.], 2015. Disponível em: https://www.rdv.vic.gov.au/__data/assets/pdf_file/0004/1663618/Loddon_Mallee_RSP-1-Web.pdf. Acesso em: 18 dez. 2021.

MARZELLI, S. Land resources in the Alps and instruments supporting their sustainable management as a matter of regional environmental governance. Procedia Social and Behavioral Sciences, [s.l.], v. 14, p. 141-155, 2011.

MAYNARD, I. F. N; CRUZ, M. A. S; GOMES, L. J. Aplicação de um índice de sustentabilidade na bacia hidrográfica do rio Japaratuba em Sergipe. Ambiente & Sociedade, São Paulo, v. 20, n. 2, p. 207-226, 2017.

OLIVEIRA, M. D. et al. Cidadania, meio ambiente e sustentabilidade. Caxias do Sul: Educs. 2017.

ONU. ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS. The millennium development goals report., United Nations, 2015. ISBN 978-92-1-101320-7. Disponível em: https://www.un.org/millenniumgoals/2015_MDG_Report/pdf/MDG%202015%20rev%20(July%201).pdf. Acesso em: 9 fev. 2020.

REMUSSI, R.; FERNANDES, A. M.; BIEGELMEYER, U. H.; CRACO, T.; MOTTA, M. E. V. Consumo de energia proveniente de hidrelétricas no meio rural brasileiro: uma visão sustentável. Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental, Santa Maria, v. 19, n. 3. p. 83-97, 2015.

REZENDE, J. F. C.; SINAY, M. C. F. Methodology for leading indicators on sustainable regional development. Rev. Adm. Pública, Rio de Janeiro, v. 50, n. 3, p. 395-423, 2016.

RIANI, F. Economia do setor público: uma abordagem introdutória. Rio de Janeiro: LTC, 2011.

ROLNIK, R.; KLINK, J. Crescimento econômico e desenvolvimento urbano. Por que nossas cidades continuam tão precárias? Novos estud. – CEBRAP, São Paulo, n. 89, p. 89-109, 2011.

SCOTTÁ, F. C. Análise da influência dos elementos do clima na vegetação campestre da depressão central, bioma pampa, utilizando dados de campo e de sensoriamento remoto orbital. Dissertação (Mestrado em Sensoriamento Remoto) Programa de Pós-graduação em Sensoriamento Remoto, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre. 2013.

SECRETARIA DA COORDENAÇÃO E PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL E URBANO DO RIO GRANDE DO SUL. Decreto Nº 35. 764, de 28 de dezembro de 1994. Regulamenta a Lei nº 10.283, de 17 de outubro de 1994, que criou os Conselhos Regionais de Desenvolvimento – CRDs. Porto Alegre, 28 dez. 1994. Disponível em: https://leisestaduais.com.br/rs/decreto-n-35764-1994-rio-grande-do-sul-regulamenta-a-lei-n-10283-de-17-de-outubro-de-1994-que-criou-os-conselhos-regionais-de-desenvolvimento-crds. Acesso em: 03 nov. 2021.

SECRETARIA DE PLANEJAMENTO, GOVERNANÇA E GESTÃO DO RIO GRANDE DO SUL. Planejamento estratégico dos Coredes. Plano Estratégicos de Desenvolvimento Regional 2015-2030. Ijuí: Editoria Unijui, 2017. ISBN 978-85-419-0236-6. Disponível em: https://planejamento.rs.gov.br/upload/arquivos/201710/09144312-plano-noroeste-colonial.pdf. Acesso em: 22 nov. 2021.

SILVA, C. S. G.; AGUIAR FILHO, V. A. Contribuições do zoneamento ambiental para o desenvolvimento sustentável dos núcleos urbanos. E-GOV, [S.l.], 2013. Disponível em: http://www.egov.ufsc.br/portal/conteudo/contribui%C3%A7%C3%B5es-do-zoneamento-ambiental-para-o-desenvolvimento-sustent%C3%A1vel-dos-n%C3%BAcleos-urbano. Acesso em: 29 nov. 2021.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Relatório mundial de envelhecimento e saúde. United States Of America, 2015. Disponível em: https://sbgg.org.br/wp-content/uploads/2015/10/OMS-ENVELHECIMENTO-2015-port.pdf. Acesso em: 25 nov. 2021.

Downloads

Published

2022-08-09 — Updated on 2022-09-23

Versions

How to Cite

Dal Moro , L. ., Soares, J. F. T., Casagranda, Y. G., Guadagnin , . A. ., & Mores, G. de V. . (2022). Strategic plan to achieve the SDGs in South Brazil: evidence from the Regional Development Council articulated with the 2030 Agenda. Ciência E Natura, 44, e42. https://doi.org/10.5902/2179460X70586 (Original work published August 9, 2022)