Naturalidade da paisagem do município de Luís Antônio, São Paulo

Karielle Ferreira da Silva, Mariana Dorici, Dayana Almeida, Lucas Sueishi Morales, Luiz Eduardo Moschini

Abstract


As ações antrópicas vêm causando danos severos ao meio ambiente, fazendo com que surgissem, como estratégia de conservação de áreas naturais, Unidades de Conservação como a Estação Ecológica de Jataí (EEJ), em Luís Antônio-SP. A EEJ protege um dos mais singulares fragmentos de Cerrado e de Floresta Estacional e ecotonal do estado, abrigando espécies endêmicas e ameaçadas de extinção e encontra-se inserida em um território de grandes pressões antrópicas. Nesse sentido, o presente trabalho teve como propósito diagnosticar a naturalidade da paisagem do município de Luís Antônio - SP mediante a aplicação do Índice de Urbanidade (IB). Foi analisada a dinâmica de uso e cobertura do solo para 2007 e 2017 e percebeu-se a diminuição de 45,52% da classe Água, a perda de 8,26% da Área de vegetação natural e um aumento expressivo de Áreas antrópicas agrícolas (5,39%) e Áreas antrópicas não agrícolas (6,42%). O município apresentou baixos níveis de naturalidade, sendo ocupado predominantemente pelas Classes 1, 2 e 3 (68,87%), a Classe 4 e 5 ocupam os outros 31,13%. Promover o entendimento da naturalidade da paisagem, é de suma importância no sentido de proporcionar a conscientização sobre os problemas ambientais e de identificar áreas relevantes para conservação.

Keywords


Índice de Urbanidade; EEJ; SIG

References


AGUIAR DA, SILVA WF, RUDORFF BFT, SUGAWARA LM, CARVALHO MA. Expansão da cana-de-açúcar no Estado de São Paulo: safras 2003/2004 a 2008/2009. In: Anais XIV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto [Internet]; 2009 Abril 25-30; Natal, Brasil, 2009 [cited 2018 Jun 12]. Available from: http://marte.sid.inpe.br/col/dpi.inpe.br/sbsr@80/2008/11.17.18.21/doc/9-16.pdf.

ANDRADE DC, ROMEIRO AR. Degradação ambiental e teoria econômica: algumas reflexões sobre uma “Economia dos Ecossistemas”. Revista Economia. 2011;12(1):3-26.

BALIM APC, MOTA LR, SILVA MBO. Complexidade Ambiental: o repensar da relação homem-natureza e seus desafios na sociedade contemporânea. Veredas do Direito. 2014;11(21):163-186.

CAVENDER-BARES J, POLASKY S, KING E, BALVANERA P. [A sustainability framework for assessing trade-offs in ecosystem services]. Ecology and Society [Internet]. 2015 [cited 2018 Jun 12];20:1-17. English. Available from: http://dx.doi.org/10.5751/ES-06917-200117.

CEREDA JUNIOR A. Análise de fragilidade ambiental com métodos multicritério - Críticas e proposta metodológica [thesis]. São Carlos: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Urbana/UFSCar; 2011. 147f.

COELHO VHR, MONTENEGRO SMGL, ALMEIDA CN, LIMA VER, NETO AR, MOURA GSS. Dinâmica do uso e ocupação do solo em uma bacia hidrográfica do semiárido brasileiro. Rev. bras. eng. agríc. ambient. 2014;18(1): 64-72.

COSTA CW, PIGA FG, DE MORAES MCP, DORICI M, SANGUINETTO EC, LOLLO JÁ, et al. Fragilidade ambiental e escassez hídrica em bacias hidrográficas: Manancial do Rio das Araras – Araras, SP. Revista Brasileira de Recursos Hídricos [Internet]. 2015 [cited 2018 Jun 12];20(4):946-958. Available from: 10.21168/rbrh.v20n4.p946-958.

DE GROOT RS, WILSON MA, BOUMANS RMJ. [A typology for the classification, description and valuation of ecosystem functions, goods and services]. Ecological Economics [Internet]. 2002 [cited 2018 Jun 12];41(3):393-408. English. Available from: http://dx.doi.org/10.1016/S0921-8009(02)00089-7.

DEBOLINI M, SCHOORL JM, TEMME A, GALLI M, BONARI E. [Changes in agricultural land use affecting future soil redistribution patterns: a case study in Southern Tuscany (Italy)]. Land Degradation & Development [Internet]. 2015 [cited 2018 Jun 12];26(6):574-586. English. Available from: https://doi.org/10.1002/ldr.2217.

DECRETO N.5.334 DE 6 DE JANEIRO DE 2005. Dá nova redação ao art. 21 e revoga o art. 22 do Decreto no 89.817, de 20 de junho de 1984, que estabelece as Instruções Reguladoras das Normas Técnicas da Cartografia Nacional. Diário Oficial da União (Brasília). 2005 Jan 07.

EHRLICH PR, MOONEY HA. [Extinction, substitution, and ecosystem services]. BioScience. 1983;33(4):248-254. English.

FUNDAÇÃO FLORESTAL. Governo do Estado de São Paulo. Plano de Manejo Estação Ecológica de Jatai [Internet]. São Paulo: Governo do Estado de São Paulo, 2013. 333p. [cited 2018 Jun 12]. Available from: http://fflorestal.sp.gov.br/files/2017/02/Volume-Principal.pdf.

GÓMEZ-BAGGETHUN E., DE GROOT R. Natural Capital and Ecosystem Services: The Ecological Foundation of Human Society. In: Harrison RM, Hester RE, editors. Ecosystem Services. Royal Society of Chemistry, 2010. p. 105-121.

INSTITUTO AGRONÔMICO - IAC. Levantamento Pedológico Semidetalhado do Estado de São Paulo. Quadrículas: Araras (SF-23-Y-A-II), Descalvado (SF-23-V-C-IV) Ribeirão Preto (SF-23-V-C-I) e São Carlos (SF-23-Y-A-I). Escala 1:100.000, 1981.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE [Internet]. Brasília: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (BR) [cited 2018 Jun 12]. IBGE Cidades. Available from: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/sp/luis-antonio/panorama.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE. [Internet]. Brasília: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (BR) [cited 2018 Jun 12]. Censo 2010. Available from: https://censo2010.ibge.gov.br/.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE. Manual Técnico de Uso da Terra [Internet]. 3th ed. Rio de Janeiro (Brasil): IBGE, 2013 [cited 2018 Jun 12]. Available from: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv81615.pdf.

JAX K, BARTON DN, CHAN KMA, GROOT R, DOYLE U, ESER U, et al. [Ecosystem services and ethics]. Ecological Economics [Internet]. 2013 [cited 2018 Jun 12];93:260-268. English. Available from: http://dx.doi.org/10.1016/j.ecolecon.2013.06.008.

LEI N. 9.985 DE 18 DE JULHO DE 2000. Regulamenta o art. 225, § 1o, incisos I, II, III e VII da Constituição Federal, institui o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza e dá outras providências. Diário Oficial da União (Brasília). 2000 Jul 19.

MARTINE G, ALVES JED. Economia, sociedade e meio ambiente no século 21: tripé ou trilema da sustentabilidade? Rev. bras. estud. popul. 2015;32(3):433-460.

MEDEIROS R, PEREIRA GS. Evolução e implementação dos planos de manejo em parques nacionais no estado do Rio de Janeiro. Rev. Árvore. 2011;35(2):279-288.

MILLENNIUM ECOSYSTEM ASSESSMENT. Statement from the Board: living beyond our means – natural assets and human well-being. [Internet]. 2005 [cited 2018 Jun 12]. Available from: www.millenniumassessment.org.

O’NEILL RV, KRUMMEL JR, GARDNER RH, SUGIHARA G, JACKSON B, DEANGELIS DL, et al. [Indices of landscape pattern]. Landscape Ecology. 1998;l.1(3):153-162. English.

OST F. A natureza à margem da lei: a ecologia à prova do direito. 4th ed. Lisboa: Instituto Piaget, 1998.

PIRES JSR, SANTOS JE. [Preliminary analysis of environmental impacts applied to a rural area of São Paulo State (Luiz Antônio, SP, Brazil)]. International Association for Impact Assessment. 1996;2:969-974. English.

SANTOS JE, NOGUEIRA F, PIRES JSR, OBARA AT, PIRES AMZCR. [The value of the Ecological Station of Jataí's ecosystem services and natural capital]. Rev. Bras. Biol. 2001;61(2):171-190. English.

SANTOS M. Espaço & Método. 1st ed. São Paulo: Nobel, 1985.

SILVA DB. Sustentabilidade no Agronegócio: dimensões econômica, social e ambiental. Comunicação & Mercado/UNIGRAN. 2012;1(3):23-34.

TEIXEIRA AMG, SOARES-FILHO BS, FREITAS SR, METZGER JP. [Modeling landscape dynamics in an Atlantic Rainforest region: Implications for conservation]. Forest Ecology and Management. 2009;257(4):1219-1230. English.

TOPPA RH. Estrutura e diversidade florística das diferentes fisionomias de Cerrado e suas correlações com o solo na Estação Ecológica de Jataí, Luiz Antônio, SP [thesis]. São Carlos: Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Recursos Naturais/UFSCar; 2004. 127p.

TREVISAN DP, MOSCHINI LE, MELLO BM. Avaliação da naturalidade da paisagem do município de São Carlos, São Paulo, Brasil. Revista Brasileira de Geografia Física. 2017;10(2):356-370.

TURNER MG. [Landscape ecology: the effect of pattern on process]. Annual review of ecology and systematics. 1989;20(1):171-197. English.

UNITED STATES. United States Geological Survey (USGS) [Internet]. Imagens LANDSAT [cited 2018 Jun 12]. Available from: http://earthexplorer.usgs.gov/.

WRBKA T, ERB KH, SCHULZ NB, PETERSEILA J, HAHNA C, HABERL H. [Linking pattern and process in cultural landscapes: An empirical study based on spatially explicit indicators]. Land Use Policy. 2004;21:289-306.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2179460X33116

Refbacks

  • There are currently no refbacks.