O impacto do digital sobre a escrita no jornalismo de moda contemporâneo: o que pensam os jornalistas brasileiros?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5902/2175497774395

Palavras-chave:

Tétrade de Mcluhan. Jornalismo de moda. Digital.

Resumo

Este artigo busca compreender o impacto do digital no jornalismo de moda, ou seja, como as novas rotinas adotadas com a inserção de tecnologias da cibercultura mudam o trabalho e o produto do jornalismo de moda. O objeto de análise foi baseado em entrevistas com jornalistas de veículos conceituados no ramo (revista Vogue, dos sites FFW e Business of Fashion e da editoria de moda dos jornais Folha de S. Paulo e O Estado de S. Paulo), publicadas em 2019 na plataforma FFW, especializada na cobertura no Brasil. Metodologicamente, a pesquisa faz uso da Tétrade de McLuhan (MCLUHAN; MCLUHAN, 1998), uma estratégia já sedimentada nos estudos que buscam investigar como as tecnologias interferem no sistema social. Conclusivamente, o estudo mostra como redes sociais causam reconfigurações na rotina, alterando, inclusive, textos sedimentados. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thaisa Bueno, UFMA

Doutora em Comunicação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), mestre em Letras pela Universidade Federal do Mato Grosso do Sul. Jornalista. Coordena o grupo de pesquisa em Comunicação e Cibercultura (Gciber), na Universidade Federal do Maranhão; e integra o grupo de pesquisa em Ciberjornalismo, numa parceria com a UFMS. Atualmente écoordenadora do Programa de Pós-Graduação Mestrado em Comunicação na UFMA de Imperatriz. 

Letícia Conceição Cardoso, UFMA

Doutora em Comunicação (2016) pela PUC-RS (bolsista da Capes). Mestre em Ciências Sociais (2008) pela Universidade Federal do Maranhão (bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Maranhão - FAPEMA). Graduou-se em Comunicação Social - Jornalismo (2004) na UFMA e em Letras (2003) na Universidade Estadual do Maranhão. Professora Adjunta do Departamento de Comunicação Social da UFMA, onde coordena o projeto de pesquisa "Metodologias de Pesquisa em Estudos Culturais: um olhar comunicacional sobre as culturas populares no MA", financiado pela FAPEMA (Edital Universal 2018) e com 2 bolsistas de iniciação científica (PIBIC). O projeto é ligado ao OBEEC - Observatório de Experiências Expandidas em Comunicação, certificado pelo CNPQ. Também é professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação/Mestrado da UFMA - Imperatriz. Autora do livro "O teatro do poder: cultura e política no Maranhão", publicado pela EDUFMA (2013; 2017). Tem experiência nos temas: comunicação e cultura; estudos culturais; identidades e representações; relações de poder, política e cultura; cultura popular; teoria das mediações; metodologia de pesquisa em comunicação; jornalismo; políticas públicas de cultura.

Referências

ALVES, L. M. Moda e midiatização: as revistas de moda nas redes digitais. XV Enecult, Salvador, Bahia, Brasil, 2019.

BARRICHELO, E. M. M. & AGNES, C. T. W. A tétrade Mcluhaniana como método para investigar as reconfigurações do jornalismo no ecossistema midiático. Revista Famecos. Porto Alegre, v. 6, p. 1-21, 2018.

BUENO, T.; DUARTE, Y. Textos Jornalísticos nas revistas de moda: um estudo das publicações usuais na Vogue e Harper´s Bazaar. Revista Cambiassu. São Luís, v. 16, n. 27, p. 65-84, 2021.

BUITONI, D. S. Imprensa Feminina. São Paulo: Editora Ática, 1990.

CANAVILHAS, J.; RODRIGUES, C. Jornalismo móvel: linguagem, gêneros e modelos de negócio. Livros Labcom, 2017.

CANAVILHAS, J.; DALL’AGNESE, C.; BARICHELLO, E. A tétrade de McLuhan na pesquisa em comunicação: revisão sistemática de aplicações no Brasil e em Portugal. Matrizes. São Paulo, v.14, n. 1, p. 221-239, jan./abr. 2020.

CIDREIRA, R. P. Jornalismo de Moda: crítica, feminilidade e arte. Recôncavos: Revista do Centro de Artes, Humanidades e Letras. v.1, n.1, p. 46-53, 2017.

ELEMAN, D. O discurso híbrido do jornalismo de moda: estratégias do jornalismo, da publicidade e da estética. 2017. 311 f. Tese. (Doutorado em Comunicação e Informação) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2017. Disponível em: https://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/157675. Acesso em: 28 fev. 2023.

FLORES, A. M. M. Jornalismo de moda made in Brazil: características da prática. Revista fronteiras estudos midiáticos. v. 20, n. 1, p. 41-51, 2018. Disponível em: http://revistas.unisinos.br/index.php/fronteiras/article/view/fem.2018.201.04/60746243. Acesso em: 28 fev. 2023.

FLORES, A. M. Jornalismo de Moda: características da prática no cenário brasileiro. In: Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, XXXIX, 2016, São Paulo. Anais eletrônicos [...] São Paulo: 2016, p. 1-13. Disponível em: https://www.portalintercom.org.br/anais/nacional2016/resumos/R11-0679-1.pdf . Acesso em: 28 fev. 2023.

HINERASKY, D. A. Jornalismo de moda no Brasil: da especialização à moda dos blogs. In: Colóquio de Moda, 2010. Anais eletrônicos [...] 2010, p. 1-16. Disponível em: http://pt.scribd.com/doc/32622943/Jornalismo-de-moda-no-Brasil-da-especializacao-a-moda-dos-blogs. Acesso em: 28 fev. 2023.

HINERASKY, D. A. Jornalismo de moda no Brasil: questionamentos da cena brasileira. In: Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, XXIX, 2006, Brasília. Anais eletrônicos [...] Brasília: 2006, p. 1-16. Disponível em: http://www.portcom.intercom.org.br/pdfs/95557153558942219470531530952779903516.pdf. Acesso em: 28 fev. 2023.

JOFFLY, R. Jornalismo e produção de moda. Nova Fronteira, 1991.

JÚDICE, N. ABC da Crítica. Publicações Dom Quixote, 2010.

LIPOVETSKY, G; SERROY, J. A cultura-mundo: resposta a uma sociedade desorientada. Sâo Paulo: Cia. das Letras, 2011.

MATTOS, Sérgio. A revolução digital e os desafios da comunicação. Cruz das Almas: EDUFRB, 2013. 208 p.

MEYROWITZ, J. Medium Theory. In: CROWLEY, D; MITCHELL, D. Communication Theory Today. Polity Press, 1994, p. 102-135.

MEYROWITZ, J. Multiple Media Literacies. In: Journal of Communication 43. New York: Summer, 1998, p. 96-108.

MEYROWITZ, J. Medium Theory: An alternative to the Dominant Paradigm of Media Effects. Sage: California (EUA), 2009.

MCLUHAN, M.; MCLUHAN, E. Laws of media: the new science. University of Toronto, 1988.

MCLUHAN, Marshall. Os meios de comunicação como extensões do homem. São Paulo: Cultrix, 1967.

MCLUHAN, E.; ZINGRONE, F. Essential Mcluhan. House of Anansi Press Lt., 1995.

MOERAN, B. Lançando a moda: o discurso das revistas. Comunicação e Sociedade. 2013, v. 24, p. 95 – 119.

NATANSOHN, G. (org.). Jornalismo de revista em redes digitais. Salvador: EDUFBA, 2013.

PALOMINO, Erika; PACCE, Lilian; WHITEMAN, Vivian; PETTA, Antonia; GRIMBERG, Jorge; YAHN, Camila. Qual o impacto do digital sobre o jornalismo e a crítica de moda?. FFW. jun., 2019. Disponível em: https://ffw.uol.com.br/noticias/moda/qual-o-impacto-do-digital-no-jornalismo-e-critica-de-moda/. Acesso em: 28 fev. 2023.

PAVLIK, J. Journalism and new media. Columbia University Press, 2001.

PEREIRA, V. A. Como antecipar os efeitos de uma tecnologia? Um modelo exploratório inspirado na Nova Ciência de McLuhan e aplicado ao Facebook. Intexto. Porto Alegre, n. 34, p. 535-552, dez. 2015. Doi:10.19132/1807-8583201534.535-552.

PEREIRA, F H.; ADGHIRNI, Z. L. O jornalismo em tempo de mudanças estruturais. Intexto. Porto Alegre, v.1, n.24, p. 38-57, jul. 2011. Disponível em https://seer.ufrgs.br/index.php/intexto/article/view/19208. Acesso em: 28 fev. 2023.

PIZA, D. Questão de gosto: ensaios e resenhas. Rio de Janeiro: Editora Record, 2000.

PIZA, D. Jornalismo Cultural. São Paulo: Editora Contexto, 2003.

POSTMAN, N. Tecnopólio, a rendição da cultura à tecnologia. São Paulo: Nobel, 1994.

QUINN, T. Digital magazines: news and a history timeline. Magforum. 2018. Disponível em: http://www.magforum.com/digital_history.htm#new. Acesso em: 28 fev. 2023.

SOUSA, J. Teoria do Meio: contribuições, limites e desafios. Brasília: UNB, 2009.

SVENDSEN, L. Moda: uma filosofia. Rio de Janeiro: Zahar, 2010.

Downloads

Publicado

01-12-2023

Como Citar

Bueno, T., & Cardoso, L. C. . (2023). O impacto do digital sobre a escrita no jornalismo de moda contemporâneo: o que pensam os jornalistas brasileiros?. Animus. Revista Interamericana De Comunicação Midiática, 22(49). https://doi.org/10.5902/2175497774395

Edição

Seção

Convergência e Distribuição Multiplataforma: reconfigurações da indústria criativa