POLÍTICA DIGITAL: AS MÍDIAS DIGITAIS COMO PALANQUE NA ELEIÇÃO MUNICIPAL DE BLUMENAU (SC)

Moisés Cardoso, Tarcis Prado Junior, Franco Iacomini Junior, Thaíse Schmitz

Resumo


As campanhas eleitorais no Brasil passaram por uma reforma eleitoral, determinado pelo TSE com a Lei 13.165, que afetaram o planejamento e a abordagem comunicacional dos partidos políticos. Este artigo propõe analisar o fluxo de conteúdo e as interações comunicacionais desencadeadas na rede social digital Facebook, durante as eleições de 2016 na cidade de Blumenau/SC. Para o cumprimento do objetivo proposto, utilizaram-se as teorias de Caseiro e Barbosa (2011); De Vries, Gensler e Leeflang (2012). As abordagens foram baseadas na coleta de dados de caráter qualitativo por meio da base quantitativa, realizada nas fan pages dos candidatos e na observação do ambiente digital bem como das estratégias. Os resultados apontaram que a mudança no cenário político tradicional impulsionou os candidatos a desenvolverem novos processos comunicacionais nas plataformas digitais.


Palavras-chave


Mídias digitais; Comunicação; Política

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2175497726014 ';





 

Apoio

Universidade Federal de Santa Maria

Programa de Pós-graduação em Comunicação

Animus recebe apoio financeiro do edital

PRÓ-REVISTAS 2017 nº 11/2017

 

ANIMUS - Revista Interamericana de Comunicação Midiática

e-mail: revistaanimus@ufsm.br

Classificação Qualis-CAPES: A3

Temática classificada CNPQ: Comunicação: 6.09.00.00-8

DOI: 10.5902/21754977

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.


Indexada em:

Compartilhe Revista Animus