O diálogo entre a complexidade narrativa e a social TV no projeto XFRewatch da série The X-Files

Daiana Sigiliano, Gabriela Borges

Resumo


Conceituada por Mittell (2012,2015) a complexidade narrativa tem como característica central a alternância entre a fruição episódica e a seriada. Exibida pela emissora Fox, a série The X-Files alterna entre episódios com arco narrativo prolongado, que são focados na mitologia da trama, e episódios isolados, tais como o monstro da semana. Nesse contexto, o objetivo deste artigo é refletir sobre os aspectos da complexidade narrativa presentes nos comentários postados no Twitter durante o XFRewatch. Lançado pelo fã clube The X-Files News, o projeto dialoga com a social TV ao estimular os fãs da série a compartilharem em tempo real suas impressões sobre os episódios no microblogging, resgatando e potencializando a ritualização e a socialização em torno do conteúdo televisivo.

Palavras-chave


complexidade narrativa. social tv. The X-Files.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2175497723043 ';



 

Apoio

Universidade Federal de Santa Maria

Programa de Pós-graduação em Comunicação

Animus recebe apoio financeiro do edital

PRÓ-REVISTAS 2017 nº 11/2017

 

ANIMUS - Revista Interamericana de Comunicação Midiática

e-mail: revistaanimus@ufsm.br

Classificação Qualis-CAPES 2015: B1

Temática classificada CNPQ: Comunicação: 6.09.00.00-8

DOI: 10.5902/21754977

Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 


Indexada em:

Compartilhe Revista Animus