“Novo pensamento”: a gênese do culto ao sucesso na literatura de autoajuda

Mayka Castellano

Resumo


Neste artigo, apresento uma breve gênese das ideias de sucesso e vida bem-sucedida que estão presentes, hoje, na literatura de autoajuda e em suas reverberações midiáticas. Para isso, realizo uma análise de discurso de inspiração pós-estruturalista em um livro do século XIX, Como alcançar o sucesso, de Orison Swett Marden, um dos clássicos do gênero, apontando rupturas e continuidades em relação ao que venho chamando de cultura da autoajuda contemporânea.


Palavras-chave


Autoajuda; Sucesso; Análise de Discurso; Cultura da Autoajuda

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2175497718630 ';



 

Apoio

Universidade Federal de Santa Maria

Programa de Pós-graduação em Comunicação

Animus recebe apoio financeiro do edital

PRÓ-REVISTAS 2017 nº 11/2017

 

ANIMUS - Revista Interamericana de Comunicação Midiática

e-mail: revistaanimus@ufsm.br

Classificação Qualis-CAPES 2015: B1

Temática classificada CNPQ: Comunicação: 6.09.00.00-8

DOI: 10.5902/21754977

Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 


Indexada em:

Compartilhe Revista Animus