Livre, nasce o livro: reflexões sobre a ficcionalidade da memória da barbárie a partir de Uma menina está perdida no seu século à procura do pai, de Gonçalo M. Tavares

Constance von Krüger

Resumo


O presente artigo tem o objetivo de articular argumentação teórica sobre memória e ficção a partir de elementos comumente elencados no pós-guerra. O escopo teórico, em linhas gerais, parte da conceituação de catástrofe, para Walter Benjamin; da aporia fundamental sobre a feitura de poesia após Auschwitz, de Theodor Adorno; e da potência do ineditismo como forma de resistência, por Hannah Arendt. Para fim de comprovação da articulação teórica, reconhece-se a memória da barbárie como potência ética e estética nos dias contemporâneos, o que pode ser verificado pelo exemplo literário nesse artigo elegido: o romance Uma menina está perdida no seu século à procura do pai (2015), do autor português Gonçalo M. Tavares.


Palavras-chave


Literatura; Barbárie; Memória; Gonçalo M. Tavares

Texto completo:

PDF p. 15-26

Referências


ARENDT, H. A condição humana. Tradução de Roberto Raposo e revisão técnica e apresentação de Adriano Correia. 11a. ed. rev. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2010.

BENJAMIN, W. Experiência e pobreza. In: ______. Obras escolhidas. Vol. 1. Magia e técnica, arte e política. Ensaios sobre literatura e história da cultura. Tradução de Sérgio Paulo Rouanet. Prefácio de Jeanne Marie Gagnebin. São Paulo: Brasiliense, 1987, p. 114-119.

BENJAMIN, W. Infância em Berlim. In: ______. Rua de mão única. Tradução de Rubens Rodrigues Torres Filho e José Carlos Martins Barbosa. 3. ed. São Paulo: Brasiliense, 1987. p. 71-142. (Obras Escolhidas II).

BENJAMIN, W. O Narrador. In: ______. Obras escolhidas. Vol. 1. Magia e técnica, arte e política. Ensaios sobre literatura e história da cultura. Prefácio de Jeanne Marie Gagnebin. São Paulo: Brasiliense, 1987, p. 197-221. Tradução de Sérgio Paulo Rouanet.

BENJAMIN, W. Passagens. Tradução de Irene Aron e Cleonice Paes Barreto Mourão. Belo Horizonte: Editora UFMG; São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2006.

BENJAMIN, W. Pequenos trechos sobre Arte. In: ______. Rua de mão única. Tradução de Rubens Rodrigues Torres Filho e José Carlos Martins Barbosa. 3. ed. São Paulo: Brasiliense, 1987. p. 274-277. (Obras Escolhidas II).

BENJAMIN, W. Prólogo epistemológico-crítico. In: ______. Origem do drama trágico alemão. Tradução de João Barrento. Belo Horizonte: Autêntica, 2013. p. 15-47.

CANGI, Adrian. Imagens do horror. Paixões tristes. In: SELIGMANN-SILVA, Márcio (Org.). História, memória, literatura: o Testemunho na Era das Catástrofes. Campinas, SP: Ed. da Unicamp, 2003, p. 141-171.

GAGNEBIN, Jeanne-Marie. Narração e silêncio: O mutismo da literatura de testemunho (Réplica). Ilustríssima (Folha de São Paulo), 2001. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrissima/il1707201106.htm. Acesso em 14 nov. 2019.

HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. trad. de Beatriz Sidou. São Paulo: Centauro, 2006, p. 29-70.

ISER, Wolfgang. Das Fiktive und das Imaginäre: Perspektiven literarischer Anthropologie. Frankfurt a. M.: Suhrkamp, 1993.

MARTINS, Estevão C. de Rezende. O enigma do passado: construção social da memória histórica. Textos de História, v. 15, n. 1/2, p. 35-48, 2007. Disponível em: http://www.unb.br/ih/novo_portal/portal_his/pos_graduacao/arquivos/revista/volume_15_1_e_2/por_partes/textos_de_historia_3.pdf; Acesso em 08 jul. 2009.

MERCADO, Tununa. Testemunha, Verdade e literatura. In: GALLE, Helmut (et al.). (Orgs.) Em primeira pessoa: abordagens de uma teoria da autobiografia. São Paulo: Annablume; FAPESP; FFLCH-USP, 2009, p. 31-36.

SELIGMANN-SILVA, Márcio. Catástrofe, história e memória em Walter Benjamin e Chris Marker: a escritura da memória. In: Seligmann-Silva, Márcio (Org.). História, memória, literatura: o Testemunho na Era das Catástrofes. Campinas, Sp: Ed. da Unicamp, 2003, p. 391-417.

TAVARES, Gonçalo M. Uma menina está perdida no seu século à procura do pai. São Paulo: Companhia das Letras, 2015.

WARBURG, Aby. Der Bilderatlas Mnemosyne. In: ______. Gesammelte Schriften II-I. Editado por Martin Warnke e Claudia Brink. Berlim: Akademie Verlag, 2000. 2. Aufl. 2002. Versão castelhana (de Fernando Checa): Atlas Mnemosyne. Traducción de Joaquim Chamorro Melke. Madrid: Ediciones Akal, 2010.




DOI: https://doi.org/10.5902/1679849X42362

 

CONTATO:

E-mail: revista.la.ufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Prédio 16 - Centro de Educação - PPG Letras
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8477

Link: https://periodicos.ufsm.br/LA


ISSN: 1679-849X

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1679849X

Qualis/Capes: Linguística e Literatura B2


Periodicidade – Semestral

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

     

 

http://mjl.clarivate.com/cgi-bin/jrnlst/jlresults.cgi?PC=EX&Full=*Literatura%20e%20Autoritarismo

Resultado de imagem para DOAJ

https://doaj.org/toc/1679-849X

https://www.latindex.org/latindex/ficha?folio=19485

http://diadorim.ibict.br/handle/1/1018

 

 

http://oaji.net/journal-detail.html?number=6577

http://ezb.uni-regensburg.de/searchres.phtml?bibid=AAAAA&colors=7&lang=de&jq_type1=QS&jq_term1=Literatura+e+Autoritarismo

 

https://dbh.nsd.uib.no/publiseringskanaler/erihplus/periodical/info.action?id=491293

BASE Logo

https://www.base-search.net/

http://journalseeker.researchbib.com/view/issn/1679-849X

https://www.worldcat.org/title/literatura-e-autoritarismo/oclc/1002237522&referer=brief_results

https://scholar.google.com.br/citations?user=cnXbenUAAAAJ&hl=pt-BR

 

https://www.tib.eu/en/search/id/TIBKAT%3A894744321/Literatura-e-autoritarismo/

https://thekeepers.org/journals/1679-849X?page=1&query=Literatura+e+Autoritarismo

 

http://www.i2or.com/8.html (Nr. 763)

https://index.pkp.sfu.ca/index.php/browse/index/2374

http://miar.ub.edu/issn/1679-849X

https://clasificacioncirc.es/resultados_busqueda?_pag=1&_busqueda2=Literatura%20e%20Autoritarismo

https://reseau-mirabel.info/revue/6394/Literatura_e_autoritarismo