The anti-authoritarian role of dystopias: reflections on Érico Veríssimo’s novel Incident in Antares

Guilherme Prado Roitberg, Fabiana Maria Baptista

Resumo


O objetivo do presente trabalho consiste em analisar a partir do romance Incidente em Antares de Érico Veríssimo a relevância das distopias na crítica ao autoritarismo. Após apresentarmos as principais características do pensamento utópico e da distopia enquanto gênero literário, investigamos de que maneira Veríssimo denunciou através de sua sociedade distópica as mais profundas contradições de um país historicamente assolado por golpes de Estado e ditaduras militares. O trabalho almeja demonstrar, por fim, a atualidade da crítica de Veríssimo frente à permanência do pensamento autoritário, das desigualdades sociais e das violações aos direitos humanos no Brasil.


Palavras-chave


Literatura; Distopias Literárias; Antiautoritarismo

Texto completo:

PDF p. 79-94 (English)

Referências


ADORNO, T.W. Educação e Emancipação. Tradução Wolfgang Leo Maar. 2ª ed. Rio de Janeiro/São Paulo: Editora Paz e Terra S.A. 2000.

ADORNO, T.W. Teoria da Semiformação. In: PUCCI, ZUIN E LASTÓRIA (orgs). Teoria Crítica e inconformismo: novas perspectivas de pesquisa. Campinas-SP: Autores Associados, 2010. pp.7-40.

BAUDELAIRE, C. Sobre Los Caprichos de Goya. In GLEDINNING, N. Goya y sus críticos. Madrid: Ediciones Taurus, 1982. pp-302-311.

BORDINI, M. da G. Criação literária em Erico Verissimo. Porto Alegre: LPM; EDIPUCRS, 1995.

CANDIDO, A. Entrevista com Antônio Cândido. In: PESAVENTO, S. et al. (Org.). Erico Verissimo: o romance da história. São Paulo: Nova Alexandria, 2011.

CAZUMBÁ, R. Ato desordenado: Por que a masturbação é pecado? Portal da Comunidade Canção Nova, 200-?. Disponível em: https://formacao.cancaonova.com/afetividade-e-sexualidade/dependencia-sexual/por-que-a-masturbacao-e-pecado/. Acesso em 04/01/2019.

COELHO NETTO, J.T. O que é utopia. São Paulo: Brasiliense, 1985.

FAUSTO, B. História do Brasil. 13ª ed. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2008.

GUDIOL, J. Goya. España: Ediciones Polígrafa, 2008.

MOREIRA, I.C.C.; MONTEIRO, C.F.S. A violência no cotidiano da prostituição: invisibilidades e ambiguidades. Revista Latino Americana de Enfermagem. set-out.2012. Disponível em http://www.scielo.br/pdf/rlae/v20n5/pt_18.pdf. Acesso em 04/01/2019.

PEREIRA, P. C. Educação sexual familiar e religiosidade nas concepções sobre masturbação de jovens evangélicos. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciencias e Letras (Campus de Araraquara), 2014.

PINTO, M.C. Prefácio de Fahrenheit 451. In BRADBURY, R. Fahrenheit 451: a temperatura na qual o papel do livro pega fogo e queima; trad. Cid Knipel. 7ª reimpressão. São Paulo: Editora Globo, 2009. pp.13-20.

PLATÃO. A República. 2ª Ed., São Paulo: Edipro, 2010a.

RODRIGUES, S.C. No labirinto do fantástico. Babilônia: Revista Lusófona de Línguas, Culturas e Tradução. [S.l.], n. 1, dec. 2010. pp.95-102. Disponível em: http://revistas.ulusofona.pt/index.php/babilonia/article/view/1776. Acesso em: 10 mar. 2019.

SANTOS, D. O projeto literário de Érico Veríssimo. Revista Estudos de literatura brasileira contemporânea, n. 44, p. 331-363, jul./dez. 2014. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/elbc/n44/a17n44.pdf. Acesso em 10/03/2019.

TIMM, A.R. Revista Sinais dos Tempos. Setembro de 1998, p. 29. In: A masturbação é pecado? Portal Biblia. 11 de abril de 2012. Disponível em: http://biblia.com.br/perguntas-biblicas/sexo/a-masturbacao-e-pecado/. Acesso em 04/01/2019.

VERÍSSIMO, E. Incidente em Antares. Prefácio de Maria da Glória Bordini. 1ª ed. Companhia de Bolso. 13ª reimpressão. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.




DOI: https://doi.org/10.5902/1679849X38302

 

CONTATO:

E-mail: revista.la.ufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Prédio 16 - Centro de Educação - PPG Letras
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8477

Link: https://periodicos.ufsm.br/LA


ISSN: 1679-849X

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1679849X

Qualis/Capes: Linguística e Literatura B2


Periodicidade – Semestral

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

     

 

http://mjl.clarivate.com/cgi-bin/jrnlst/jlresults.cgi?PC=EX&Full=*Literatura%20e%20Autoritarismo

Resultado de imagem para DOAJ

https://doaj.org/toc/1679-849X

https://www.latindex.org/latindex/ficha?folio=19485

http://diadorim.ibict.br/handle/1/1018

 

 

http://oaji.net/journal-detail.html?number=6577

http://ezb.uni-regensburg.de/searchres.phtml?bibid=AAAAA&colors=7&lang=de&jq_type1=QS&jq_term1=Literatura+e+Autoritarismo

 

https://dbh.nsd.uib.no/publiseringskanaler/erihplus/periodical/info.action?id=491293

BASE Logo

https://www.base-search.net/

http://journalseeker.researchbib.com/view/issn/1679-849X

https://www.worldcat.org/title/literatura-e-autoritarismo/oclc/1002237522&referer=brief_results

https://scholar.google.com.br/citations?user=cnXbenUAAAAJ&hl=pt-BR

 

https://www.tib.eu/en/search/id/TIBKAT%3A894744321/Literatura-e-autoritarismo/

https://thekeepers.org/journals/1679-849X?page=1&query=Literatura+e+Autoritarismo

 

http://www.i2or.com/8.html (Nr. 763)

https://index.pkp.sfu.ca/index.php/browse/index/2374

http://miar.ub.edu/issn/1679-849X

https://clasificacioncirc.es/resultados_busqueda?_pag=1&_busqueda2=Literatura%20e%20Autoritarismo

https://reseau-mirabel.info/revue/6394/Literatura_e_autoritarismo