A importância da implantação de arquivos públicos municipais: estudo de caso da Prefeitura Municipal de Dilermando de Aguiar (RS)

Fernanda Kieling Pedrazzi, Letícia da Silveira Pavão

Resumo


Este trabalho buscou, através de um estudo realizado na Prefeitura Municipal de Dilermando de Aguiar, verificar quais aspectos podem motivar a implantação de arquivos públicos municipais. Para desenvolver este estudo foi necessário verificar a realidade arquivística da Prefeitura de Dilermando de Aguiar, a fim de compreender os possíveis fatores que venham a apoiar o processo de criação de um arquivo municipal. Por esse meio foi possível alcançar os seguintes resultados: apresentar a percepção do representante do poder executivo quanto aos arquivos municipais, bem como através de uma entrevista com este identificar como se encontra a documentação produzida e custodiada na instituição; mostrar de forma detalhada as condições de preservação do arquivo existente na prefeitura, o qual guarda a documentação de valor secundário e; demonstrar as demandas arquivísticas necessárias e que poderão influenciar a implantação de um arquivo público municipal formalmente instituído, assim como, relatar os obstáculos existentes para a construção do mesmo. Com esta pesquisa pode-se concluir que com a falta de profissionais capacitados e de um ambiente adequado para receber os documentos, o arquivo da Prefeitura de Dilermando de Aguiar não recebe um coerente tratamento arquivístico. No entanto, conseguiu-se através das demandas pontuadas motivar a criação de um arquivo público para o município. Há um longo percurso a ser trilhado, mas este já se iniciou a partir do momento em que percebeu-se o interesse do executivo municipal em reverter essa situação.


Palavras-chave


Dilermando de Aguiar (RS); Executivo Municipal; Arquivo Público.

Texto completo:

PDF

Referências


BELLOTTO, H. L. Arquivos Permanentes Tratamento Documental. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2006. 320 p.

BERNARDES, I. P. Como avaliar documentos de arquivo. São Paulo: Divisão de Arquivo do Estado de São Paulo, 1998. 89p.

BORGES, I. 7 Funções arquivísticas. UnB, 2013. Disponível em: http://arquiivosecreto.blogspot.com/2013/06/7-funcoes-arquivisticas-por-ivi-borges.html. Acesso em: 08 de jun. 2016.

CONARQ. CONSELHO NACIONAL DE ARQUIVOS. Recomendações para a produção e o armazenamento de documentos de arquivo/ Conselho Nacional de Arquivos. Rio de Janeiro: O Conselho, 2005. 20p.

CONARQ. CONSELHO NACIONAL DE ARQUIVOS. Subsídios para a implantação de uma política municipal de arquivos: o arquivo municipal a serviço dos cidadãos/ Conselho Nacional de Arquivos. Rio de Janeiro: O Conselho, 2000. 21p.

DICIONÁRIO brasileiro de terminologia arquivística. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2005. 232p.

DI MAMBRO, G. R. Glossário básico de arquivologia. Juiz de Fora:UFJF, 2013. 27p. Disponível em: http://www.ufjf.br/arquivocentral/files/2013/09/di_mambro_glossa_130520.pdf. Acesso em 09 de junho de 2016.

DUARTE, Z. Arquivo e arquivista: Conceituação e perfil profissional. Porto: Revista da Faculdade de Letras CIÊNCIAS E TÉCNICAS DO PATRIMÔNIO - S.I, V. V-VI, 2006-2007. 141-151p.

GONÇALVES, J. Como classificar e ordenar documentos de arquivo.São Paulo: Arquivo do Estado, 1998. 37p.

LOPEZ, A. P. A. Como descrever documentos de arquivo: Elaboração de instrumentos de pesquisa. São Paulo: Arquivo do Estado e Imprensa Oficial do Estado, 2002. 64p.

LUCCAS, L. SERIPIERRI, L. L. D. Conservar para não restaurar: uma proposta para preservação de documentos em bibliotecas. Brasília: Thesaurus, 1995. 128p.

MACHADO, H. C; CAMARGO, A. M. A. Como Implantar Arquivos Públicos Municipais. 2ª. ed. São Paulo: Arquivo do Estado, 2000. 88p.

NETO, M. P. S. Tribunal de Justiça do Amazonas e as sete funções arquivísticas: bases teóricas, estratégia de aplicação e instrumentação. Tribunal de Justiça do estado do Amazonas, S/ano, 16p.

PAES, M. L. Arquivo: teoria e prática. 3ª. ed. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2004. 228p.

PORTO, D. M. História e evolução do arquivo: A exemplaridade da Torre do Tombo. Covilhã: UBI, 2013. 84p.

ROUSSEAU, Jean-Yves. COUTURE, C. Os Fundamentos da Disciplina Arquivística. (Trad. Magda Bigotte de Figueiredo). Lisboa: D. Quixote, 1998.

THE BRITISH LIBRARY. National Preservation Office. Preservação de documentos: métodos e práticas de salvaguarda. 2 ed. Salvador: EDUFBA, 2003. 137p.




DOI: https://doi.org/10.5902/2317175828115



 

Revista Sociais e Humanas (ISSN online 2317-1758)

Universidade Federal de Santa Maria | Centro de Ciências Sociais e Humanas

Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.

E-mail: revistaccsh@gmail.com | Telefone: (55) 32208522


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.