OS ARQUIVOS E A SÉTIMA ARTE

Fernanda Kieling Pedrazzi, Paulo Henrique Trennepohl

Resumo


Este trabalho apresenta uma forma pouco convencional de mostrar como são abordados os arquivos, através de um estudo feito de audiovisuais comerciais, relacionando o cinema e a arquivologia. Nesta pesquisa se apresenta a forma de como são apresentados ao grande público os arquivos e acervos documentais, ligados à temática da religiosidade. A escolha dos filmes analisados se deu a partir de uma listagem divulgada pelo APERS e como critério de seleção foram considerados filmes com maior incidência num dos mais conhecidos sites de busca da internet. Após foi utilizado como segundo critério de seleção a temática religiosa no que se optou por trabalhar com dois filmes “Anjos e demônios” e “O nome da rosa”. A análise foi feita abordando o arquivo, o acesso, a preservação e conservação de documento em ambos os filmes selecionados, mostrando a importância das temáticas e do profissional arquivista junto a uma organização. Através da pesquisa foi possível observar como são tratados os temas selecionados para a observação bem como foi possível constatar que o profissional presente junto ao acervo é de grande importância, mas que existe uma distorção das atribuições de um arquivista, havendo dúvida com relação à atuação de arquivistas e bibliotecários.


Palavras-chave


Análise; Arquivologia; Cinema; Religião

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2317175821793



 

Revista Sociais e Humanas (ISSN online 2317-1758)

Universidade Federal de Santa Maria | Centro de Ciências Sociais e Humanas

Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.

E-mail: revistaccsh@gmail.com | Telefone: (55) 32208522


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.