Significado do Controle da Produção Científica na Universidade: o Caso da UFSM

Ivonisa Maria Castagna Abreu, Vitor Francisco Schuch Junior, Flavia Luciane Scherer, Débora Bobsin

Resumo


Este estudo teve como principal objetivo identificar o significado do controle da produção científica na UFSM, atribuída por seus pesquisadores, bem como verificar a interação do pesquisador com o sistema de informações da produção científica, identificando percepções, dificuldades e expectativas, buscando uma adequada conceituação de controle como um elemento do processo gerencial em uma organização participativa. A pesquisa por se tratar de um estudo do significado do processo de controle, envolveu uma abordagem qualitativa, realizando-se vinte e duas entrevistas com os pesquisadores selecionados. Para fins de analise, foram destacados as categorias de caracterização introdutória, caráter autoritário, caráter manipulativo, caráter burocrático, significado do controle e fechamento e sugestões. Os dados coletados permitiram concluir que o sistema de controle da produção cientifica da instituição é considerado complexo demais, de difícil acesso e extremamente burocrático. Os pesquisadores gostariam que existisse um controle qualitativo, dando maior credibilidade à mesma. Para tanto, a UFSM deveria desenvolver um programa eletrônico, único e interligado, onde cada pesquisador pudesse disponibilizar as informações referentes à sua produção científica, evidenciando para a sociedade todo o conhecimento produzido na instituição.


Palavras-chave


Universidade; Produção científica; Controle

Texto completo:

PDF




 

Revista Sociais e Humanas (ISSN online 2317-1758)

Universidade Federal de Santa Maria | Centro de Ciências Sociais e Humanas

Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.

E-mail: revistaccsh@gmail.com | Telefone: (55) 32208522


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.