Nível de serviço logístico da coleta de leite: estudo de caso em uma cooperativa agropecuária

Fabrício Oliveira Leitão, Daniel Luiz de Oliveira Cardoso

Resumo


O objetivo deste trabalho foi identificar qual nível de serviço logístico prestado por uma Cooperativa à seus associados, no que tange ao processo de coleta de leite, e verificar se este está condizente com o que os associados esperam receber  visando à redução de perdas e aumento da qualidade do leite. O estudo foi caracterizado como de natureza exploratória, bibliográfico, com abordagem qualitativa e quantitativa. Para a coleta de dados foi utilizado o método de observação direta participante. Como instrumento, entrevistas semiestruturadas. junto a 44 associados e 4 funcionários da cooperativa. Com a ajuda da ferramenta de priorização de problemas, Matriz GUT, foi possível concluir que os pontos críticos são: cumprimento do prazo de coleta; sistema de remediação de falhas; solução de reclamações/sugestões; e exatidão no preenchimento do pedido. Como conclusão, foi observado que há um pequeno gap entre o que a Cooperativa oferece no processo de coleta de leite, e o que realmente o associado espera receber.


Palavras-chave


Logística; Leite; Matriz GUT; Processo

Texto completo:

PDF

Referências


APPOLINÁRIO, F. Dicionário de metodologia científica: um guia para a produção do conhecimento científico. São Paulo: Atlas, 2004.

BALLOU, R. H. Logística empresarial: transportes, administração de materiais e distribuição física. São Paulo: Atlas, 1993.

BALLOU, R. H. Gerenciamento da cadeia de abastecimento: planejamento, organização e logística empresarial. 4ª ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.

BARROS, A. J. S.; LEHFELD, N. A. S. Fundamentos de Metodologia: Um Guia para a Iniciação Científica. 2 Ed. São Paulo: Makron Books, 2000.

BOWERSOX, D. J.; CLOSS, D. J. Logística empresarial: o processo de integração da cadeia de suprimentos. São Paulo: Atlas, 2001.

CAPUL - Cooperativa Agropecuária Unaí Ltda. Conheça a Capul (2016). Disponível em: . Acesso em: 19 de abril de 2018.

FARIA, A. C.; COSTA, M. de F. G. Gestão de custos logísticos: custeio baseado em atividades (ABC), balanced scorecard (BSC) e valor econômico agregado (EVA). São Paulo: Atlas, 2008.

FLEURY, P. F.; WANKE, P.; FIGUEIREDO, K. F. Logística Empresarial – A perspectiva Brasileira. São Paulo: Atlas, 2000.

FONSECA, J. J. S. Metodologia da pesquisa científica. Fortaleza: UEC, 2002. GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2007.

KEPNER, C. H.; TREGOE, B. B. O administrador racional. São Paulo: Atlas, 1981.

MELLO, R. Z. Nível de Serviço – uma questão vital. Revista Portuária – Economia e negócios, 2007.

MOREIRA, D. A. Introdução à administração da produção e operações. Administração da produção e operações. 2ª ed. São Paulo, Pioneira, 1996. Cap. 1, p.1-24.

OCB - Organização das Cooperativas Brasileiras. Agenda Institucional do Cooperativismo. Edição 2015. Disponível em: . Acesso em: 17 de setembro de 2017.

OCB - Organização das Cooperativas Brasileiras. Cooperativas de Leite no Brasil. Edição 2016. Disponível em: . Acesso em: 10 de maio de 2018.

SEBRAE - Serviço Brasileiro de Apoio de Micro e Pequenas Empresas. Cooperativa: o que é, para que serve, como funciona (2016). Disponível em: . Acesso em: 12 de abril de 2018.

STANK, T. P.; THOMAS, J.G.; SHAWNEE, K.V.; KATRINA, S. Logistics service performance: estimating its influence on market share. Journal of Business Logistics, 2003.

TRIVIÑOS, A. N. S. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.

WOOD, D. F.; WARDLOW, D.L.; MURPHY, P.R.; JOHNSON, J.C. Contemporary logistics. 7ª ed. New Jersey: Prentice Hall, 1998.




DOI: https://doi.org/10.5902/2359043234416

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. 

     

   

   

 

ISSN Eletrônico: 2359-0432

ISSN Impresso: 2446-7103