A Abordagem Triangular como possibilidade educativa para o trabalho com Dança na Educação de Jovens e Adultos (EJA)

Renata Celina de Morais Otelo, Marcilio de Souza Vieira

Resumo


Este artigo apresenta a escrita e as reflexões a cerca do trabalho docente vivenciado com o componente curricular Arte, especificamente com a linguagem artística da Dança, com os estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA) do período noturno, da Escola Municipal Professor José de Patrocínio, localizada na zona norte de Natal, Rio Grande do Norte. O texto objetiva refletir a prática pedagógica em Arte/Dança de uma professora dessa modalidade de ensino da educação básica assim como apresentar possibilidades de abordar os conteúdos da Dança na EJA, a partir da Abordagem Triangular de Ana Mae Barbosa (2008). A metodologia utilizada é de natureza qualitativa descritiva tendo como método a ação participante, estudada a partir de THIOLLENT (184) e SILVA (1986). Este estudo concluiu que os conteúdos de Arte/Dança podem contribuir na construção do corpo social dos estudantes da EJA, extrapolando práticas estreitas que enfatizam apenas as Artes Visuais, verificando que é possível inserir a Dança junto a este público educativo.

 


Palavras-chave


Arte; Abordagem Triangular; Corpo; Dança; Educação de Jovens e Adultos

Texto completo:

PDF

Referências


ARROYO, Miguel Gonzáles. Educação de jovens-adultos: um campo de direitos e de responsabilidade pública. In: SOARES, Leôncio; GIOVANETTI, Maria Amélia; GOMES, Nilma Lino (Org.). Diálogos na educação de jovens e adultos. Belo Horizonte: Autêntica, 2005. p. 19-50.

BARBOSA, Ana Mae (Org.). Ensino da arte: memória e história. São Paulo: Perspectiva, 2008.

BRASIL. Lei 5.692, de 11 de agosto de 1971. Diretrizes e Bases para o ensino de 1° e 2º graus, e dá outras providências. Brasília, DF: 1971.

BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA/CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. Diretrizes Nacionais para a operacionalização do ensino de Música na Educação Básica. Brasília, 1973.

BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA. Secretaria de Ensino de 1º e 2º Graus. Educação artística: leis e pareceres. Brasília, 1982. Inclui Resolução CFE no 23/73.

BRASIL. Parecer nº 540/1977, do CFE sobre o tratamento a ser dado aos componentes curriculares previsto no Artigo nº 7º da Lei 5692/71 in documenta nº 195, Rio de Janeiro, fev. 1977.

BRASIL. MEC. Lei nº. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, DF: 20 de dezembro de 1996.

FERRAZ, Maria Heloísa Corrêa de Toledo; FUSARI, Maria Filisminda de Rezende e. Arte na Educação escolar. 4ed. São Paulo: Cortez, 2010.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Tolerância. 3ª Ed. São Paulo: Editora Paz na Terra, 2014.

MACHADO, Regina. Sobre mapas e bússolas: apontamentos a respeito da Abordagem Triangular. In: BARBOSA, Ana Mae Barbosa; CUNHA, Fernanda (Org.). Abordagem Triangular no ensino das Artes e Culturas Visuais. São Paulo: Cortez Editora, 2010. p 64-79.

MALTA. Arlene Andrade. A Aprendizagem na Educação de Jovens e Adultos: a emergência de diferentes saberes na ressignificação de práticas escolares. V Colóquio Internacional Paulo Freire – Recife, 19 a 22 setembro 2005.

MARQUES, Isabel. Ensino de Dança hoje: textos e contextos. 6.ed – São Paulo: Cortez, 2011.

MARQUES, Isabel. Linguagem da Dança: arte e ensino. 1ª ed. São Paulo: Digitexto, 2010.

PORPINO, Karenine. Dança é educação: interfaces entre corporeidade e estética. Natal, RN: EDUFRN, 2006.

SILVA, Maria Ozamira da Silva e. Refletindo a pesquisa participante. São Paulo, Cortez, 1986.

THIOLLENT, M. J-M. Aspectos qualitativos da metodologia de pesquisa com objetivos de descrição, avaliação e reconstrução. Cadernos de Pesquisa, nº 49, maio, 1984, p. 45-50.

VIEIRA, Marcilio de Souza. História das Ideias da Dança na Educação Brasileira. Relatório de pesquisa de Estágio Pós-Doutoral, UFPB. João Pessoa, 2018, 143 p.




DOI: https://doi.org/10.5902/1983734833530

 
 
 
DOI: Digital Object Identifier 10.5902/19837348

Qualis B1

Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 4.0 (CC BY 4.0).

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 (CC BY 4.0).

Acessos a partir de 17/09/2015

CopySpider - Software Anti-plagio