A vivência da gravidez na adolescência no âmbito familiar e social

Carolina Carbonell dos Santos, Laís Antunes Wilhelm, Camila Neumaier Alves, Luiza Cremonese, Crislen Malavolta Castiglioni, Larissa Venturini, Carolina Frescura Junges, Lúcia Beatriz Ressel

Resumo


Objetivo: analisar a vivência da gravidez na adolescência no âmbito familiar e social. Método: estudo qualitativo de caráter descritivo realizado em uma unidade básica de saúde. Os critérios de inclusão foram adolescentes gestantes, entre 10 e 19 anos, tendo participado da pesquisa oito gestantes. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa sob o número 00554512.0.0000.5346. A coleta de dados deu-se através da entrevista narrativa, entre março e junho de 2012, e os dados foram analisados por meio da técnica da análise temática. Resultados: percebeu-se que tanto as famílias quanto os parceiros das adolescentes, são apoiadores da gravidez mesmo que primeiramente a descoberta da gravidez cause dúvida e ansiedade às adolescentes. Considerações finais: o estudo forneceu contribuição para construção do conhecimento sobre a gravidez na adolescência, a participação familiar e sua importância nesse fenômeno como fonte de apoio.


Palavras-chave


Gravidez na adolescência; Família; Enfermagem; Cultura

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/217976929860



Licença Creative Commons
Este site está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.