Percepções de estudantes de enfermagem referente à qualidade de vida na trajetória acadêmica

Aline Macedo Carvalho Freitas, Josele Farias de Rodrigues Santa Bárbara, Paulo Roberto Lima Falcão do Vale, Silas Santos Carvalho, Letícia Falcão de Carvalho, Givanildo da Silva Nery

Resumo


Objetivo: compreender as percepções dos estudantes de enfermagem relacionada à Qualidade de Vida (QV) durante a trajetória acadêmica em uma Universidade Pública Federal. Método:  estudo exploratório, qualitativo, realizado com 14 estudantes de uma Universidade Pública Federal, entre agosto e outubro de 2012. Os instrumentos de coleta de dados foram a entrevista semiestruturada e o diário de campo, com posterior análise de conteúdo. Resultados: Emergiram duas categorias: “A universidade... Entre promotora e não promotora da qualidade de vida” e “Estágio Supervisionado e Trabalho de Conclusão de Curso como causa dos problemas de saúde”.As dimensões promotoras da QV foram: atividades em grupo, interação entre comunidade científica-comunidade e, conhecimentos transformados na universidade. Quanto às não promotoras da QV percebe-se:alimentação inadequada; exigência dos docentes; extensa carga horária e demanda de tempo elevada; e atividades práticas das disciplinas. Conclusão: Infere-se a necessidade de adaptações na trajetória acadêmica para assegurar uma melhoria na QV.

Palavras-chave


Programas de Graduação em Enfermagem; Enfermagem; Qualidade de Vida; Estudantes de Enfermagem

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2179769225391