Rodas de terapia comunitária: construindo espaços terapêuticos para idosos em comunidades quilombolas

Sanni Moraes De Oliveira, Jonas Oliveira Menezes Junior, Sergio Vital da Silva Junior, Maria Djair Dias, Maria Das Graças Melo Fernandes, Maria de Oliveira Ferreira Filha

Resumo


Objetivo: relatar a experiência de um projeto de extensão universitária sobre rodas de Terapia Comunitária Integrativa em quilombos, que ofertou aos idosos dessa comunidade um espaço terapêutico de escuta e fala na partilha de sofrimentos e descobertas. Método: participaram 16 pessoas, com idade entre 60 e 80 anos no período de maio de 2013 a janeiro de 2014, no Conde, Paraíba. Resultados: as histórias de vida relatadas nas rodas desenvolvidas foram marcadas pelo tema da luta pela terra, acesso à moradia, saúde, educação, geração de emprego e renda. Os sofrimentos revelados foram: preocupação com doenças, medo de tornar-se inútil frente ao envelhecimento e conflitos familiares. Considerações finais: constatou-se a relevância social dessa ferramenta, uma vez que a mesma oportunizou momentos de expressão da subjetividade ligados à cultura afrodescendente.

Palavras-chave


Grupo com ancestrais do continente africano; Enfermagem em saúde comunitária; Saúde mental

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/2179769220299



Licença Creative Commons
Este site está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.